Usando o Auto-Tune de forma criativa

Auto-Tune é um software criado para corrigir pequenos defeitos na voz de um artista, sendo que passou a ser usado também para distorcer e dar um revestimento robótico e metálico aos vocais, criando um efeito que é usado até hoje. Hoje, quem não usa nenhum tipo de correção vocal é exceção.

E isso não é necessariamente ruim, pois o programa pode ser um aliado da criatividade. E é o que esta postagem vai mostrar. O Auto-Tune permite tornar afinada qualquer cantoria. É como se fosse uma espécie de estelionato musical: pessoas incapazes de acertar uma nota pode, de repente, se apresentar como cantor.

O interessante é quando isso é usado em, digamos, momentos inusitados. O americano Antoine Dodson, por exemplo, não poderia imaginar que falar sobre o estupro de sua irmã, Kelly, na televisão daria tanta repercussão. As frases e os trejeitos engraçados do rapaz se tornaram um dos primeiros memes da internet, e não demorou até que uma dupla chamada Gregory Brothers, que se tornaria conhecida pelo canal do YouTube chamado Auto-Tune the News, transformasse o "desabafo" de Dodson em música.

É, até hoje, um dos virais mais lembrados da história:

Criado no ano passado pelo DJ Faroff, codinome de Leonardo Bursztyn, 29 anos, o vídeo fazia uma espécie de "mash-up" (quando se misturam duas músicas diferentes) entre a faixa Chop Suey, do grupo americano System of a Down, e um discurso de Dilma durante a campanha eleitoral de 2010. Há até uma participação especial do presidente Lula:

Não demorou até que o conceito de Auto-Tune the News, o canal do YouTube que usa o programa de correção de voz para fazer humor, chegasse ao Brasil. O treinador de futebol Joel Santana foi uma das primeiras vítimas desse desembarque divertido. Os criadores do vídeo, anônimos, usaram uma entrevista de Santana feita na época em que ele dirigia a seleção da África do Sul e falava à imprensa com um inglês macarrônico.

O resultado é hilário:

Outra travessura dos Gregory Brothers, o vídeo de uma excêntrica senhorinha que dava testemunho a uma emissora de TV local sobre um assalto que havia presenciado a uma loja de conveniência de um posto de gasolina, nos Estados Unidos, acabou se tornando um clipe musical com direito a coreografia:

O depoimento do ator Werner Schunemann, logo após sofrer um acidente de trânsito em Porto Alegre, não era dos mais felizes. Entre outras coisas, o artista dizia que "cinto de segurança é da época das carroças" e que não se deveria mais fabricar carros sem airbags. Uma turma bem-humorada, no entanto, conseguiu transformar a bobajada em um vídeo engraçado:

O próximo Auto-Tune foi feito pelo Rafael Nelvam e inspirado nos Gregory Brothers. Depois de várias brigas e ataques, José Serra e Dilma Rousseff, em pleno debate político, resolvem se declarar e finalmente selar a paz. Se todos os horários políticos fossem assim, você não iria perder nenhum:

Outro Auto-Tune de autoria do Rafael Nelvam inspirado nos Gregory Brothers. Dessa vez você vai ver o bêbado que causou um acidente embriagado. O vídeo ficou muito bem produzido, o refrão não vai sair da sua cabeça:

Raciocínio Racional. Somente quem vive em sua existência existencial é que entende a verdadeira profundidade da mensagem deste vídeo:

Até o discurso do presidente Barack Obama já virou Auto-Tune, e em homenagem ao Brasil:

Fonte: veja.abril.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...