Peeling de frutas

Refrescantes, revitalizantes e rejuvenescedores, procedimentos à base de frutas ganham força e invadem os espaços de beleza na temporada de temperaturas mais baixas. Não há nada pior do que pele ressecada e cheia de manchas. Neste inverno, não aceite menos que uma pele de pêssego.

As frutas mais indicadas para realização dos peelings são as ricas em vitamina C. A vitamina C é um dos mais preciosos elementos para nossa pele. E os benefícios não param por aí. Existem sais minerais e alfa-hidroxiácidos, isto é, ácidos naturais que promovem uma esfoliação suave. Algumas frutas, como o mamão, ainda contêm enzimas que podem ser usadas nos peelings suaves.

 

Efeitos indesejáveis

Logo depois de uma sessão o que você vai ter é uma pele estranha e vermelha. Isso acontece porque a maioria dos peelings promove uma limpeza na derme, eliminando as células mortas. Normalmente há uma leve descamação e a pele fica mais sensível.

Cuidados pós-peeling

Se não forem seguidas as regras básicas, o paciente poderá ganhar manchas escuras na pele e até cicatrizes profundas. Cuidados com o sol e aplicação de produtos específicos são algumas considerações. Temos que ter cuidado com a vitamina C, pois ela é extremamente sensível ao sol. Portanto, segure a precipitação e haja racionalmente. Muita ansiedade para ficar linda pode te render uma pele manchada e bem diferente da que você tanto queria.

 

Receitas caseiras

Todo cuidado é pouco também ao aplicar receitas caseiras. Elas não podem ser usadas com total segurança. Nunca sabemos o que o consumidor irá fazer na verdade ou como ele irá interpretar as informações contidas no modo de uso e aplicação. Tem gente que aplica a fruta e sai no sol e neste caso acaba indo parar no hospital com deformação da pele, às vezes irreversível.

Mas não é só em casa que o tratamento merece cuidado prévio. É recomendado passar por uma avaliação, independente do tratamento. Não se generaliza nenhuma aplicação com vitaminas, seja do tipo que for, depende da pessoa. Existem algumas que são alérgicas à vitamina C. Então, antes de utilizar qualquer produto, ou mesmo a fruta in natura, consulte um dermatologista.

 

Tratamentos de pele à base de frutas para o inverno

 

O peeling de kiwi promete regenerar a textura da pele. Vitamina C, potássio, magnésio, ferro e cálcio se unem para nutrir, fortalecer e uniformizar a derme, prevenindo o envelhecimento. O tratamento provoca uma leve esfoliação deixando a pele bem suave ao toque e, ao mesmo tempo, brilhante, devido à presença abundante da vitamina C.

   

O tratamento com a laranja gera um efeito de lifting que pode durar até dez dias. É ideal para deixar a pele bonita para uma festa, por exemplo. Esse peeling possui ação esfoliante, auxilia na remoção das células mortas, além de evitar os pelos encravados que podem surgir decorrentes dos processos pós-depilatórios.

   

O mamão é uma das frutas mais indicadas para peelings. Ele é rico em enzimas, como a papaína, que estimulam todo o processo natural de renovação celular. Alguns cuidados devem ser tomados na aplicação. O mamão deve permanecer sobre a pele por apenas 20 minutos e depois ser enxaguado completamente. Em seguida, o consumidor deverá aplicar um protetor solar com FPS 30 antes de se expor ao sol, caso contrário poderá haver queimaduras graves.

   

O peeling de maçã vermelha remove as células mortas, promovendo uma renovação celular, suaviza ruguinhas, reduz a dilatação dos poros, clareia manchas, ajuda no combate à flacidez e dá um efeito de lifting. Já o damasco é usado para esfoliar delicadamente a pele e revelar suavidade e maciez.

   

A uva contém substâncias antioxidantes em sua casca. Por isso, o peeling da fruta afasta os radicais livres - responsáveis pela degeneração da pele - e tem efeito anti-inflamatório. É bom reiterar que, quanto mais vibrante a cor da casca da uva, maior seu poder antioxidante, ou seja, uvas roxas são bem mais poderosas.

   

O delicioso morango contém o poder do ácido glicólico, excelente para combater os poros dilatados e indesejáveis cravinhos. O tratamento com a fruta é capaz de suavizar a pele, clarear manchas e estimular a firmeza da pele.

   

A expressão “pele de pêssego” não é à toa. A fruta é rica em alfa-hidroxiácidos, responsáveis pelo brilho aveludado da pele após aplicação. Ele facilita  a penetração de hidratantes e restaura o viço perdido.

   

Feito com as sementes, o peeling de maracujá ameniza os efeitos relacionados à irritação, inflamação e vermelhidão da pele. Ele pode ser aplicado nos consultórios médicos ou nas clínicas de estética na versão plus. Mas dá para fazer o tratamento em casa mesmo, com a versão home. Essa formulação é uma exclusividade das farmácias de manipulação.

   

O coco é um superaliado da beleza. A parte interna da fruta, misturada a uma base de gel, propõe a remoção das células mortas com suavidade. Além disso, ameniza manchas, sardas e ajuda a amenizar foliculites e acnes. E também protege a pele contra as agressões do meio ambiente como a poluição. O procedimento pode ser realizado todos os dias, inclusive no verão.

   

A mistura de mamão com o abacaxi é bem recomendada, pois o abacaxi é rico em enzima – a bromelina - que dissolve as células mortas da pele. Mas, nada de fazer o mix em casa. É sempre recomendável que as aplicações sejam feitas por uma esteticista da sua confiança, pois ela saberá retirar completamente as frutas da superfície da pele e aplicar um FPS adequado.

   

O Fruitpeel é uma combinação de ácidos extraídos da maçã, da laranja, do limão, do leite e da cana-de-açúcar e consiste num creme de esfoliação superficial da pele que elimina a camada de células mortas e estimula a produção de colágeno. O peeling ajuda a amenizar manchas e diminuir os poros, além de contribuir para o controle da oleosidade. Outra vantagem é a suavidade, já que não há descamação e nem vermelhidão após o procedimento. Pode ser realizado no verão também, sem riscos de manchas. Como todos os outros peelings, é indicado fazer de três a quatro sessões inicialmente e uma a cada dois meses para manter o resultado.

 

Preços

Ambos os tratamentos de KIWI e LARANJA têm preços salgados, em média, a partir de R$ 300 cada sessão. E só uma aplicação não faz milagre. Pode ficar ótimo desde a primeira aplicação, mas com a continuidade do tratamento é que chegará ao objetivo desejado.

Em clínicas especializadas uma sessão de peeling de coco custa, em média, R$300 e para conseguir um resultado satisfatório os especialistas recomendam quatro aplicações.

Quem está com o orçamento apertado também pode se beneficiar. Por ser tão suave, o tratamento pode ser feito em casa. O coco tem sido transformado em raspinhas, igual àquelas que usamos para fazer doces em casa, e a orientação é esfregar essas raspas sobre a pele antes do banho.

Fonte: www.bolsademulher.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...