Como tratar e evitar as varizes - Conheça a origem do problema e os hábitos para prevenir o aparecimento

Em algumas partes do corpo, como panturrilha e coxa, é possível ver mais claramente as veias e os vasos por onde correm o sangue. Quando há uma dilatação ou alteração na parede do vasinho, ele fica mais aparente e é chamado de variz. O cirurgião vascular Celso Ricardo Bregalda Neves explica que essa dilatação ocorre devido ao aumento da pressão interna da veia ou por fraqueza na parede da veia.

Celso lista os principais fatores de risco que contribuem para o desenvolvimento de varizes:

  • Predisposição genética;
  • Posição ortostática: ficar em pé ou sentada com muita frequência;
  • Sedentarismo;
  • Obesidade;
  • Muitas gestações;
  • Avanço da idade;
  • Uso de hormônios por meio externo como pílula anticoncepcional;
  • Trombose venosa prévia.

“O uso de saltos muito altos, acima de sete centímetros, também podem contribuir para o aparecimento de varizes em pacientes predispostos, pois impedem a movimentação adequada e completa da panturrilha que é o principal mecanismo de retorno venoso dos membros inferiores”

completa o cirurgião.

 

Como saber se é ou não é variz

A melhor maneira de identificar é por meio do exame clínico realizado por um especialista vascular. Mas, se você está percebendo o aparecimento de veias mais destacadas na região das pernas, procure um médico para um diagnóstico.

“Se for necessário, pode-se solicitar exames complementares como o ultrassom doppler”

aponta Celso.

Fique ligada: o exame é muito importante, pois pessoas mais branquinhas podem confundir varizes com veias normais apenas pelo fato de estarem mais aparentes na pele. As pessoas que mais apresentam varizes são aquelas com maior predisposição genética em primeiro grau, ou seja, de mãe para filha.

 

Prevenção e Tratamento

Para evitar que as varizes apareçam, o cirurgião garante que é essencial manter hábitos de vida saudáveis.

“De maneira geral, ter uma vida ativa e saudável, praticar exercícios físicos, controlar e tratar todas as doenças que possuir, manter-se hidratada, não fumar, evitar o excesso de peso e realizar avaliação médica periódica”

indica.

Celso revela que nenhum processo clínico tem o poder de desaparecer com as varizes para sempre, porém algumas técnicas são capazes de amenizar o aspecto. Como, por exemplo:

 

Compressão elástica

Controla e diminui os sintomas, mas não trata as varizes em definitivo.

 

Cirurgia, laser, microespuma ou radiofrequência

São métodos diferentes, mas com o mesmo objetivo, retirar ou ‘destruir’ a veia doente.

 

Dica do cirurgião: descanse e eleve os membros inferiores acima do nível da bacia para amenizar a dor e o inchaço de origem venosa!

 

Fonte: papofeminino.uol.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...