Como Surgiu o Alfajor?

A história do Alfajor, o doce mais tradicional da Argentina, tem origem na cozinha árabe. O doce nasceu em Andaluzia, e seu nome vem de Al-hasu, que em árabe significa recheado. Originalmente produzido com amêndoas, mel e avelãs, chamou-se também Alaju, e chegou às ruas espanholas como Alfajor (é por isso que muitos pensam que ele foi foi originalmente criado na Espanha).

Á partir daí, sua receita sofreu várias alterações, até chegar à composição atual que usa farinha, açúcar, ovos, essência de limão e amêndoas, recheada de doce de leite e coberta de chocolate ou açúcar. Possui duas ou três camadas de massa, que após assadas devem ser levemente crocantes e macias, quase esfarelando, mas firmes.

No século XVIII, em Córdoba, nos conventos e casas religiosas, mãos habilidosas preparavam, entre outros doces, um biscoito de formato quadrado, unidos entre si por doce de leite e cobertos de açúcar. Esse biscoito era chamado de Tableta e era muito parecido com o Alfajor.

O pioneiro dos alfajores argentinos foi, em 1869, D. Augusto Chammás, um químico francês que inaugurou uma pequena indústria familiar dedicada à confecção de doces e outros confeitos. Todos acham uma delícia e o mais famoso é aquele produzido pela marca Havanna.

 

Receita

Cobertura:

  • 200 g de chocolate meio amargo picado
Massa:
  • 1 xícara de chá de manteiga em temperatura ambiente
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • 3 gemas
  • 2 colheres de chá de essência de baunilha
  • 1 colher de sopa de raspas de limão
  • 1 colher de sopa de conhaque
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 2 xícaras de chá de maizena
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 6 colheres de sopa de leite gelado
Recheio:
  • 300 g de doce de leite cremoso
  • 2 colheres de chá de essência de baunilha

Modo de preparo:

  1. Ligue o forno à temperatura média
  2. Misture em uma tigela a manteiga (reserve 1 colher de sopa), o açúcar, as gemas, a baunilha, as raspas de limão e o conhaque até ficar cremoso e homogêneo
  3. Junte, aos poucos, a farinha peneirada com a maisena e o fermento, simultaneamente com o leite
  4. Se necessário, junte mais farinha
  5. Transfira para uma superfície lisa e sove até desgrudar das mãos
  6. Deixe descansar por 15 minutos
  7. Abra a massa numa superfície enfarinhada até obter 1 cm de altura
  8. Corte em 32 círculos de 5 cm de diâmetro, e coloque-os em assadeiras, untadas com a manteiga reservada
  9. Leve ao forno por 15 minutos, ou até dourar
  10. Retire do forno, desenforme e deixe esfriar
  11. Una os círculos com o doce de leite misturado com a baunilha, formando os alfajores
Cobertura:
  1. Derreta o chocolate em banho-maria e banhe os alfajores, um a um
  2. Coloque-os numa fôrma forrada com papel-alumínio e leve à geladeira por 20 minutos, ou ficar firme
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...