Revestimento de parede feito com pallets e tábuas usadas

O uso de madeira de demolição em revestimentos de parede já caiu faz tempo no gosto de decoradores e seus clientes. Quem não gostaria de ter um painel de madeira para a TV ou simplesmente para dar aquele toque ao ambiente? E se a madeira de demolição fica fora do nosso alcance, um alternativa bem charmosa e acessível são os pallets usados. Qualquer um pode ter e fazer sozinho.

A parede da sala acima foi feita pela Katy do Mom and her Drill com pallets desmontados. Ela conta que seus pallets não tinham nenhum tipo de tratamento contra cupins, mas é aconselhável aplicar um bom cupinicida antes de iniciar um projeto desse tipo.

Pode-se optar por parafusar as ripas de madeira na parede. No caso da Katy ela preferiu utilizar uma cola de madeira com alta resistência, pois não queria que os parafusos ficassem aparentes. Para ler mais detalhes sobre como ela fez o projeto, clique Mom and her Drill. Use o tradutor do Google para ler o texto que é originalmente em inglês.

Nesse outro espaço a sugestão foi usar madeira de piso usada, para criar um detalhe decorativo na parede. Conseguir madeira desse tipo requer paciência para sair e garimpar saldos em lojas do ramo ou em demolidoras. Mas vale à pena tentar.

Reparem que algumas das ripas de madeira receberam pintura, para obter um efeito mais suave e alegre no conjunto. O resultado é bastante interessante.

A madeira de piso normalmente vem com encaixe macho/fêmea, o que facilita a instalação, além da qualidade da madeira, que é muito superior.

A dica pode ser usada com pallets, mas se quiser uma aparência mais lisa nas tábuas, lembre de lixar bastante para retirar todas as asperezas comuns da madeira de pallet.

Uma outra maneira de utilizar o pallet para criar um efeito decorativo na parede, é simplesmente fixa-lo com uma disposição que aproveite bem a dimensão da parede. Veja abaixo como os pallets se destacaram sobre o fundo colorido e ganharam utilidade como prateleira e suporte para as bikes. Acho que essa proposta realmente transforma o pallet em algo a mais.

Qualquer que seja sua inspiração e opção lembre que é preciso ter boas ferramentas para realizar esses projetos de modo bem acabado. E não esqueçam de uma boa camada do produto Stain, para valorizar a cor da madeira.

Pra quem não sabe, Vernizes e stains são dois produtos que têm somente um ponto em comum e, justamente, o mais evidente: servem para acabamento de madeiras. Há os stains preservativos de madeira, como o Osmocolor da Montana Química, que têm proteção fungicida comprovada e o devido registro no Ibama. Há também stains apenas para acabamento, sem qualquer proteção contra fungos.

Os conceitos são diferentes, embora voltados a uma mesma finalidade. Verniz é um acabamento de “poro fechado” formador de filme, que cria uma película de proteção espessa e esconde os veios da madeira sob uma camada encorpada do produto.

Os stains são impregnantes de madeira que apresentam acabamento de “poro aberto”. Penetram nas suas fibras e as nutrem com agente fungicida, têm baixa formação de filme e acompanham os movimentos naturais da madeira sem formar trincas ou descascar.

A ilustração a seguir mostra como a película de verniz tampa os microporos e altera a textura natural da madeira, enquanto o stain acompanha o relevo da superfície do material, mantendo sua textura original.

A dica para se conseguir pallets é procurar em sua cidade quem fabrique ou revenda esse material. Na internet existem muitos comerciantes especializados nisso, experimentem. Outro jeito é se plantar numa transportadora ou atacadista e tentar comprar aqueles pallets que já estão sem uso.

 

Porque revestir as paredes com madeira

Os revestimentos de madeira podem ser escolhidos por diversas razões. A madeira pode ser usada por questões decorativas, para esconder algum acabamento. Pode também ser escolhida por razões de isolamento acústicos de modo a isolar o som e pode ser usada por questões de isolamento térmico, combatendo a perda de calor. Por vezes, o revestimento tem uma qualidade estrutural, por exemplo, quando faz parte de uma parede de vigas, devendo-se, nesse caso, ter em mente todas as três qualidades.

 

Tipos de revestimento

O revestimento pode ser feito de derivados de madeira como o aglomerado, o contraplacado e a madeira dura. Também pode ser de madeira maciça com união de macho e fêmea ou em V, tendo perfis, espessuras e larguras diferentes.

 

Colocar ripas na parede

Faça furos piloto nas ripas para os pregos de alvenaria, uma vez que isto vai evitar que a madeira se lasque, se for fina. Coloque o prego de alvenaria numa das extremidades. Nivele a ripa com o nível de bolha de ar e pregue a outra extremidade. Termine colocando mais pregos ao longo da ripa. Se a parede não estiver em bom estado, será preferível fixar as ripas com parafusos e buchas. Deixar as ripas bem pregadas é essencial para a qualidade do trabalho.

 

Apoio de pé

Usar dois pedaços de madeira como apoio de pé, colocados em cruz um sobre o outro, simplifica a tarefa de manter um painel levantado do chão, para o fixar. Pode usar calços, mas não são tão práticos.

 

Cuidados ao utilizar uma serra

Se utilizar uma serra manual, mantenha a superfície decorada virada para cima e corte no sentido descendente, para limitar as hipóteses de a danificar. Com uma serra eléctrica, vire a superfície decorada da madeira para baixo. Certifique-se de que o revestimento está apoiado numa superfície firme e nivelada. Antes de usar a serra, marque cuidadosamente a linha de corte usando uma régua como guia. Se tiver de deixar uma margem completamente direita numa folha cortada, no local onde se encosta à outra folha, coloque um grampo a segurar a régua à folha para servir de guia para a serra. Depois de cortar, use uma lixa fina embrulhada à volta de um bloco de madeira ou de cortiça para alisar as arestas mais salientes.

 

Requerimentos básicos para revestimento de paredes em madeira

A qualidade do material de revestimento deverá ser igual à das grades de ripas às quais se prega, pelo que será conveniente, antes de colocar o revestimento, forrar a parede de ripas sólidas ou verificar se as que existem se encontram em bom estado. O correto posicionamento das ripas e das vigas, ambas vertical e horizontalmente, é fundamental quando se usam folhas de derivado de madeira com dimensões padrão. Cada folha deve terminar a meio de uma ripa para permitir que a folha ao lado fique encostada a esta e também sobre a mesma. Não se esqueça das posições de cabos ou fios, se existirem. Recomenda-se que qualquer revestimento de parede fixo à parte interior de uma parede exterior deve ser colocado com uma barreira de papel de revestimento e de material de isolamento, como a fibra de vidro.

 

Tipos de madeira

Há diversos tipos de paredes de madeiras usadas, além da tábua já usada em outras contruções, entre elas estão a ecorresina, painel em MDF, laminado, madeira acolchoada, madeixa lixada.

 

Ecoresina

Trata-se de um material de madeira feito de matéria-prima reutilizada, com vários tipos de desenhos e acabamentos envernizados, coloridos ou personalizados. Pode ser usada principalmente para dividir espaços externos e internos e para limpa-los é só passar um pano de limpeza umedecido, evitando água sanitária e outros.

 

Painel em MDF

Moderno e requisitado por profissionais da área, pode ter diversos desenhos e cores, como dobraduras na vertical ou horizontal, dando maior destaque em paredes de vários ambientes. Sua instalação é feita em um encaixe na parede, por isso, é uma peça feita sob medida e a tua limpeza é feita com pano seco ou umedecido com água.

 

Madeira acolchoada

É uma  maneira moderna de decorar a parede do ambiente, deixando o local mais aconchegante e descolado. Este trabalho é feito com marcenaria laqueada e tecidos em diversas cores, formatos e desenhos, criando um jogo de luz. É usado em áreas internas e é limpo com pano e água.

Usar a madeira como revestimento e na decoração de ambientes externos e internos traz mais modernidade, beleza e aconchego ao ambiente.

Fonte: www.viladoartesao.com.br / www.comopintar.com.br / www.facavocemesmo.net / www.zun.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...