Cereais do barulho - Conheça suas propriedades

Esta gostosura crocante é fonte de fibras, carboidratos, vitaminas e minerais. Em outras palavras, dá o maior pique, sobretudo se fizer parte da principal refeição do dia, o café da manhã.

As crianças viraram fãs. As mães também e com toda razão: além de gostosos, são fáceis de servir. Do ponto de vista nutricional, não é exagero dizer que os cereais podem ser considerados um banquete de vitaminas e minerais. Sem falar nos carboidratos, que fazem deles um dos campeões entre os alimentos energéticos. Os de aveia, flocos de trigo e, claro, os integrais têm a vantagem extra de integrar o time dos bons de fibra, que facilitam a digestão e fazem o intestino funcionar como um reloginho.

Não se engane, porém: apesar das embalagens parecidas, os cereais em flocos diferem no teor de nutrientes. Em comum mesmo eles têm apenas a mistura básica da massa, feita de farinha, água e sal. No mais, variam também os ingredientes que enriquecem o alimento — frutas, castanhas e nozes, por exemplo. A granola, o musli e a aveia são parentes próximos, mas pertencem a uma categoria à parte. Agora, o mais importante: é bom prestar atenção no rótulo e reparar, por exemplo, se a fórmula contém açúcar, xarope de milho ou mel. Em caso positivo, o valor energético vai às alturas. E o acréscimo de calorias é um perigo para as crianças que estão com uns quilinhos a mais. Em caso de diabete, não tem jeito: é preciso controlar o consumo.

 

Um tipo para cada idade

Levante a mão quem nunca deixou o filhote botar no carrinho sua caixa preferida de cereais. As mãozinhas xeretas vão direto para as embalagens mais coloridas. Só que nem sempre é um bom negócio deixar a escolha por conta dele. “O cereal deve ser fácil de mastigar. Até os 2 anos, os melhores são os refinados, à base de milho ou arroz, que podem ser servidos de preferência com leite e alguns pedacinhos de fruta.

A partir dos 4 anos, quando a criança já consegue mastigar melhor, todos os tipos estão liberados. No caso da granola ou dos grãos integrais, mais durinhos, é aconselhável juntar leite ou iogurte para amolecer.
O tamanho das porções também varia bastante. Três colheres de sopa de cereais para crianças até 3 anos no café da manhã ou no lanche da tarde são mais do que suficientes. Para os mais grandinhos, a quantidade de colheradas pode dobrar.

 


Evite exageros

Se essas seis colheres parecem irrisórias perto do apetite voraz do pequeno guloso, puxe, sim, o freio de mão. Como a maioria dos alimentos industrializados, muitos cereais matinais pecam por conter em excesso ingredientes que merecem parcimônia, como o açúcar refinado. Dessa maneira, se você optar pelos previamente adoçados, nem pense em adicionar um grão de açúcar sequer à tigela do seu filho. Os fabricantes também forçam a mão no sódio, para realçar o sabor do produto e prolongar seu prazo de validade. Meia xícara de chá (40 gramas) de sucrilhos de banana da marca Kellogg’s, por exemplo, contabiliza nada menos do que 267 microgramas da substância, que correspondem a 11% das necessidades diárias.

Finalmente, tudo bem que as fibras sejam saudáveis, mas, em excesso, atrapalham a absorção de minerais importantes, como o ferro, o cálcio, o zinco e o magnésio, além de provocar gases, cólicas intestinais e até diarréia. Segundo o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, para calcular a necessidade diária de fibras em crianças maiores de 2 anos você deve somar a idade ao numeral 5. Ou seja, um baixinho de 5 anos precisa de, no máximo, 10 gramas de fibras por dia, o equivalente a três colheres de sopa cheias do alimento. Então, fique de olho na caixinha. E considere, ainda, que esse nutriente que põe o intestino para funcionar deve ser buscado principalmente nas frutas. Só para dar uma idéia, uma maçã média tem 3 gramas de fibras.

Se até hoje você não ofereceu nenhum tipo de cereal matinal ao seu filho, agora já lhe demos bons motivos para fazer um teste de consumo doméstico. Uma tigela de leite com cereais e frutas no café da manhã, por exemplo, é uma refeição mais saudável do que um copo de leite com café e um pão francês com manteiga. A primeira opção tem mais fibra e menos gordura.” Então, por que não experimentar amanhã de manhã?

 

Granola

 

Nome dado à mistura de mais de um cereal com frutas secas e castanhas, totalizando entre cinco e sete itens diferentes. Já o musli é uma granola incrementada com cerca de dez itens, alguns deles crus.

Cereal Matinal, Good Light - Calorias: 160 (7%); carboidratos: 28 g (7%); gordura: 3,5 g (5%); fibras: 2 g (7%); sódio: 0.
Croqui Júnior, Feinkost - Calorias: 170 (7%); carboidratos: 26 g (7%); gordura: 6 g (9%); fibras: 4 g (13%); sódio: 0.
Kellness Müslix Banana, Kellogg’s - Calorias: 150 (6,5%); carboidratos: 29 g (7,5%); gordura: 2 g (3%); fibras: 2 g (20%); sódio: 170 mg (7%).
Nutron, Nutrimental - Calorias: 140 (6%); carboidratos: 28 g (7%); gordura: 1 g (1,5%); fibras: 2,7 g (7%); sódio: 320 mg (13%).
Original Müesli, Bio-Familia - Calorias: 147 (6%); carboidratos: 27g (7%); gordura: 3 g (4,5%); fibras: 3 g (10%); sódio: 0.

 


Flocos de milho

São obtidos do grão do milho, que é cozido, prensado e tostado. O acréscimo ou não da cobertura açucarada se dá no final do processo de fabricação.

Corn Flakes Natural, Nutrifoods - Calorias: 133 (6%)*; carboidratos: 32 g (8%); gordura: 0; fibra: 1,3 g (2%); sódio: 113 mg (4,5%).
Flocos de Milho com Açúcar Mascavo, Mãe Terra - Calorias: 507 (22%); carboidratos: 35 g (9%); gordura: 0; fibra: 1,2 g (4%); sódio: 267 mg (11%).
Nescau Cereal Radical, Nestlé - Calorias: 160 (7%); carboidratos: 35g (9%); gorduras: 1,3 g (2%); fibras: menos de 1 g (3%); sódio: 160 mg (6,5%).
Sucrilhos Banana, Kellogg’s - Calorias: 147 (6%); carboidratos: 36 g (9%); gordura: 0; fibra: 1g (3%); sódio: 267 mg (11%).

 


Aveia

O processo industrial é o mesmo dos flocos de trigo.

Aveia em Flocos, Ferla - Calorias: 150 (6%); carboidratos: 23 g (6%); gordura: 4 g (6%); fibras: 4 g (13%); sódio: 0.
Frusli, Feinkost - Calorias: 140 (6%); carboidratos: 4 g (6%); gordura: 3 g (4%); fibras: 4 g (13%); sódio: 0.
Mais Sabor Castanha de Caju e Mel, Quaker - Calorias: 150 (6%); carboidratos: 25 g (6,5%); gordura: 3,5 g (5%); fibras: 3 g (10%); sódio: 0.
Neston Aveia em Flocos, Nestlé - Calorias: 140 (6%); carboidratos: 21 g (5,5%); gordura: 3,5 g (5%); fibras: 5 g (16%); sódio: 0.

 


Flocos de arroz

Podem ser processados de duas formas: pela hidratação do grão, seguido da prensagem e da tostagem, e por meio do processo de extrusão, que consiste em moer o arroz com os demais ingredientes.

Café com Chocolate Nutry, Nutrimental - Calorias: 140 (6%)*; carboidratos: 23 g (6%); gorduras: 2 g (3%); fibras: 4 g (13%); sódio: 0.
Choco Crispis, Kellogg’s - Calorias: 147 (6%); carboidratos: 36 g (9%); gordura: 0; fibras: 0; sódio: 160 mg (6 %).
Crunch Cereal, Nestlé - Calorias: 173 (7,5%); carboidratos: 32 g (8%); gorduras: 3 g (4,5%); fibras: menos de 1 g (3%); sódio: 80 mg (3%).

 


Flocos de trigo

Depois de retirada a casca, o grão do trigo é hidratado, prensado e tostado.

All Bran, Kellogg’s - Calorias: 100 (4%); carboidratos: 18 g (5%); gordura: 1 g (1%); fibras: 12 g (39%); sódio: 120 mg (5%).
Chokos, Kellogg’s - Calorias: 153 (7%); carboidratos: 32 g (8%); gordura: 1g (1%); fibras: 1g (3%); sódio: 133 mg (5%).
Fiber Bran, Trio - Calorias: 110 (4%); carboidratos: 17 g (5%); gordura: 1,5 g (2%); fibras: 12 g (39%); sódio: 50 mg (2%).
Fibrinhas sem Açúcar, Mãe Terra - Calorias: 110 (4%); carboidratos: 17 g (5%); gordura: 1,5 g (2%); fibras: 12 g (39%); sódio: 50 mg (2%).

Fonte: saude.abril.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...