Chico Anysio (1931 - 2012)

Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, conhecido como Chico Anysio, nasceu em Maranguape no dia 12 de abril de 1931, é um humorista, ator, escritor, compositor e pintor brasileiro, notório por seus inúmeros quadros e programas humorísticos na Rede Globo, onde possui contrato até 2012.

Chico Anysio trabalhou ao lado, ou mesmo dirigindo, os maiores nomes do humor brasileiro no rádio ou na televisão, como: Paulo Gracindo, Grande Otelo, Costinha, Walter D'Ávila, Jô Soares, Renato Corte Real, Agildo Ribeiro, Ivon Curi, entre muitos outros brilhantes humoristas.

Chico Anysio mudou-se com sua família para o Rio de Janeiro quando tinha seis anos de idade. Iniciou no rádio na Rádio Guanabara, onde exercia várias funções: radioator, comentarista de futebol, entre outros.

Participou do programa Papel carbono de Renato Murce. Trabalhou, na década de 1950, nas rádios "Mayrink Veiga", "Clube de Pernambuco e Clube do Brasil. Nas chanchadas da década de 50, Chico passou a escrever diálogos e, eventualmente, atuava como ator em filmes da Atlântida Cinematográfica.

Na TV Rio estreou em 1957 o Noite de Gala. Em 1959, estreou o programa Só Tem Tantã, lançado por Joaquim Silvério de Castro Barbosa, mais tarde chamado de Chico Total. Além de escrever e interpretar seus próprios textos no rádio, televisão e cinema, sempre com humor fino e inteligente, Chico se aventurou com relativo destaque pelo jornalismo esportivo, teatro, literatura e pintura, além de ter composto e gravado algumas canções.

Desde 1968, encontra-se ligado a Rede Globo, onde conseguiu o status de estrela num "cast" que contava com os artistas mais famosos do Brasil; e graças também a relação de mútua admiração e respeito que estabeleceu com o executivo Boni. Após a saída de Boni da Globo nos anos 90, Chico perdeu paulatinamente espaço na programação, situação agravada em 1996 por um acidente em que fraturou a mandíbula.

Em 2005, fez uma participação no Sítio do Picapau Amarelo, onde interpretava o "Dr. Saraiva", participou da novela Sinhá Moça.

 
Família

É pai do ator Lug de Paula, do casamento com a atriz e comediante Nancy Wanderley; do também comediante Nizo Neto e do diretor de imagem Rico Rondelli, da união com a atriz e vedete Rose Rondelli; de André Lucas, que é filho adotivo; do DJ Cícero Chaves, da relação com a ex-frenética Regina Chaves; e do ator/escritor Bruno Mazzeo, do casamento com a ex modelo e atriz Alcione Mazzeo.

Também teve mais dois filhos com a ex-ministra Zélia Cardoso de Mello, Rodrigo e Vitória. É irmão da também atriz Lupe Gigliotti, com quem já contracenou em vários trabalhos na televisão; do cineasta Zelito Viana; e do industrial, compositor e ex-produtor de rádio Elano de Paula. Também é tio do ator Marcos Palmeira, da atriz e diretora Cininha de Paula e é tio avô da atriz Maria Maya, filha de Cininha com o ator e diretor Wolf Maya.

Foi casado com a empresária Malga Di Paula.

 

Curiosidades

  • Em 1960, o programa Chico Anysio Show, produção de Carlos Manga, passou a ser apresentado em videoteipe. Os comerciais do programa, que também eram "ao vivo", passaram a ser gravados.
  • Apaixonou-se pela demissionária ministra Zélia Cardoso de Melo quando ela fez uma aparição em seu programa humorístico.
  • No dia 15 de março de 2007, foi lançado no Casarão Cultural Cosme Velho, no Rio de Janeiro, o documentário "Chico Anysio", sobre os 60 anos de sua carreira.
  • Em homenagem aos 60 anos de carreira de Chico, Ziraldo reuniu vários cartunistas e criou um livro chamado "É Mentira, Chico?", reunindo caricaturas dos personagens do humorista, além de um DVD da Globo Marcas, com especiais dos programas do Chico, chamado Chico Especial!.
  • Em 2008, Chico Anysio recebeu uma homenagem de Rodrigo Scarpa e Wellington Muniz, com seus respectivos personagens Vesgo e Silvio, do programa humorístico Pânico na TV. Eles cobravam sua volta aos humorísticos da Globo com a campanha "Volta Chico!". Vários artistas participaram da campanha e conseguiram sensibilizar os diretores da Globo, pois Chico fez uma aparição.
  • Em 2009, Chico foi tema da escola de samba Unidos do Anil, do Rio de Janeiro, desfilando com o enredo "Chico Total! Sou Anil e Faço Carnaval".
  • Foi o dublador do protagonista "Carl", do filme Up - Altas Aventuras, longa de animação de 2009 da Disney & Pixar.
  • É torcedor fanático do Vasco e do Palmeiras.

 

Trajetória Artística

Televisão
  • 1973/80 - Chico City .... vários personagens
  • 1982/90 - Chico Anysio Show .... vários personagens,Redator Final e Supervisor de Criação
  • 1984 - Os Trapalhões .... Convidado Especial de Reestreia da Temporada do Programa
  • 1989 - Que Rei Sou Eu? .... Taji Namas
  • 1990/02 - Escolinha do Professor Raimundo .... Professor Raimundo,Redator Final e Supervisor de Criação
  • 1990/91 - Os Trapalhões .... Supervisor de Criação
  • 1991 - Estados Anysios de Chico City .... vários personagens e Supervisor de Criação
  • 1995 - Chico Total .... vários personagens, Redator e Supervisor de Criação
  • 1995 - Engraçadinha, Seus Amores e Seus Pecados .... vendedor de caixões
  • 1999/02 - Zorra Total .... Alberto Roberto/Professor Raimundo/Dr. Rosseti
  • 1999 - Terra Nostra .... Barão Josué Medeiros
  • 1999 - O Belo e as Feras .... vários personagens
  • 2002 - Brava Gente .... Detetive Brito/Cego
  • 2004 - A Diarista .... Rúbio
  • 2005 - Sítio do Pica-Pau Amarelo .... Dr. Saraiva
  • 2006 - Sinhá Moça .... Everaldo
  • 2007 - Pé na Jaca .... Cigano
  • 2008 - Cilada .... Dep. Sandoval
  • 2008 - Guerra e Paz .... Padre Santo
  • 2009 - Caminho das Índias .... Namit Batra
  • 2009 - Chico e Amigos - Popó/Azambuja/Santelmo/Gastão/Raimundo/Justo Verissimo/Bento Carneiro/Aroldo/Painho/Salomé/Silva/Bozó/Coalhada/Lord Black/Tavares
  • 2009/10 - Zorra Total .... Alberto Roberto/Justo Veríssimo/Bento Carneiro
Cinema
  • 1981 - O Mundo Mágico dos Trapalhões .... Narrador
  • 1996 - Tieta .... Zé Esteves
  • 2009 - Se Eu Fosse Você 2 .... Olavo
  • 2009 - Up - Altas Aventuras .... Carl Fredricksen (dublagem)
  • 2010 - Uma Professora Muito Maluquinha .... Monsenhor Aristides
 
Saúde

O humorista foi internado no dia 2 de dezembro de 2010, quando deu entrada no hospital devido a falta de ar. Na avaliação inicial, detectou-se obstrução da artéria coronariana, assim, foi submetido à angioplastia. Chico Anysio ficou 109 dias internado, recebendo alta apenas no dia 21 de março de 2011. Neste período, o humorista, na maior parte do tempo, na UTI.

Em 23 de abril de 2011, Chico Anysio retornou ao programa "Zorra Total" interpretando a personagem Salomé. No quadro, Salomé conversa de mulher para mulher com a presidente Dilma Rousseff.

No dia 30 de novembro de 2011, foi internado novamente, devido a uma infecção urinária. Recebeu alta 22 dias depois, em 21 de dezembro de 2011, mas já no dia seguinte voltou a ser internado, com hemorragia digestiva. Em fevereiro de 2012 foi diagnosticado com uma infecção pulmonar. Apresentou uma piora nas funções respiratórias e renal em 21 de março de 2012.

Com a saúde cada vez mais debilitada, veio a morrer no dia 23 de março de 2012.

Visite o site oficial de Chico Anysio para conhecer suas obras.

Fonte: pt.wikipedia.org

Nenhum comentário:

id='comment-post-message'>

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...