Qual a forma correta de se barbear

Embora fazer a barba faça parte da rotina dos homens, muitos cometem pequenos erros que podem favorecer irritações, pelos encravados, foliculites e até mesmo cortes.

"Não usar os produtos certos e prolongar o tempo de vida da lâmina são os principais deslizes do público masculino".

É melhor fazer a barba após o banho porque a higiene facial melhora a lubrificação da pele, reduzindo o risco de ferimentos. Além disso, a água morna dilata os poros, promovendo um melhor barbear.

 

Cuidado com as espinhas

Pessoas que sofrem com espinhas devem tomar cuidado para não cortar os pontos inflamados, favorecendo, assim, dispersão das bactérias presentes nessas microlesões para outras áreas da pele. Deixe para barbear as regiões com acne por último e não reutilize a lâmina. Também é melhor substituir a loção pós-barba por produtos com propriedades antissépticas, adstringentes e anti-inflamatórias.

 

Usando o barbeador elétrico

Os barbeadores elétricos são mais utilizados por quem tem pressa ou costuma se cortar ao fazer a barba, apesar de serem menos eficazes. Eles não possibilitam o corte rente dos pelos, mas, por outro lado, é uma boa indicação para evitar foliculite ou pelos encravados. Outra vantagem é o fato de dispensarem o uso de cremes, géis, mousses ou água.

 

Use os produtos adequados

Nada de sabonete. Para um bom barbear, é fundamental usar os cosméticos certos. A espuma do sabonete pode causar irritação, ardência e vermelhidão, principalmente em peles mais sensíveis. O melhor é usar espuma em gel, creme ou mousse, que deixa os pelos ficam mais maleáveis e diminui o risco de lesões. A espuma tipo gel é indicada para homens com pele oleosa. Já o tipo mousse funciona melhor para pessoas com pele normal. O creme, por sua vez, é recomendado para tanto para peles secas ou quanto normais.

 

Como se barbear

O barbear deve começar pelas laterais do rosto - costeletas, bochechas e maxilar -, onde a pele é menos sensível. Deixe o queixo por último, pois os pelos desta região costumam demorar mais para amolecer. A lâmina não deve ser muito pressionada contra o rosto ou passada várias vezes na mesma área, pois isso aumenta o risco de traumas. Ela ainda deve acompanhar o sentido de crescimento dos pelos. Embora o corte no sentido oposto seja mais rente, ele aumenta o risco de irritações, foliculite e pelo encravado.

 

Evite passar a lamina contra o sentido do pelo

Esse tipo de método de barbear é chamado de escanhoar. Por deixar o corte mais rente, ele é usado pela maioria dos homens. No entanto, é aconselhado apenas para aqueles que já procuraram um dermatologista e não apresentam tendência a ter pelos encravados chamados de pseudofoliculite.
Tomar cuidado para não encravar os pelos facilita o próximo barbear, além de prevenir contra irritações e inflamações na pele do rosto. Por isso, quem tem propensão a esse problema, não deve escanhoar.

 

Troque a lâmina regularmente

Lâminas gastas podem machucar a pele e provocar cortes. Por isso, use uma mesma lâmina no máximo três vezes. Desta maneira, não é preciso passar o aparelho na mesma região repetidamente. Após o barbear, lembre-se de lavar e enxugar bem antes de guardá-lo.

 

Lave o rosto com água fria

Após o barbear, lave o rosto com água fria. Isso restabelece a dimensão dos poros que ficaram dilatados com a água morna. Além disso, há uma contração dos vasinhos, evitando sangramentos. Verifique apenas se suas mãos estão limpas antes de colocá-las em contato com o rosto.

 

Use loção pós-barba

Muitos homens dispensam este produto, mas ele é fundamental para um bom barbear. A loção pós-barba ajuda a fechar os poros, alivia irritações provocadas pela lâmina e age como cicatrizante. Esses produtos contêm propriedades adstringentes, anti-inflamatórias e hidratantes. Evite, entretanto, as opções que apresentam álcool na composição. Elas podem irritar, ressecar a pele e ainda causar ardor.

A pele masculina costuma ser mais espessa e oleosa que a feminina, mas o principal problema enfrentado é a agressão das lâminas de barbear. Por isso, após fazer a barba, é importante usar um produto que reduza a irritação da pele e a vermelhidão. Sim, estamos falando do pós-barba.

Há três versões mais usadas desse produto: gel, loção e bálsamo. Vamos conhecer cada uma delas e ver as diferenças?

- Gel: o pós-barba em gel é ideal para peles oleosas, já que não estimula o aumento da oleosidade, é refrescante e ajuda a regenerar a pele. É também uma boa opção para os dias quentes.

- Loção: a loção refresca a pele e a deixa livre de bactérias. É recomendável usar aquelas que são livres de álcool, pois ele causa grande incômodo em contato com a pele irritada.

- Bálsamo: a versão em bálsamo é uma ótima opção para quem tem pele sensível, já que é extremamente suave, trazendo sensação de alívio e conforto.

Ficou na dúvida sobre qual produto escolher? Observe bem o seu rosto para descobrir qual é o seu tipo de pele, se é mais oleosa ou seca. É importante verificar também como é a região em que você mora, se é quente e exige um pós-barba refrescante ou se é fria e pede um produto que prometa hidratação.

Para ajudar ainda mais a sua escolha, veja algumas opções de pós-barba:

Loção Pós-barba Abyssal: Com intensa refrescância e energia. Notas verdes, pimenta e lima. A loção pós-barba Abyssal contém complexo mineral que ajuda a fechar os poros, alivia irritações provocadas pela lâmina e age como cicatrizante. Contêm propriedades adstringentes, anti-inflamatórias e hidratantes.

Complexo Facial 5 em 1 FPS 15 - Fotoprotetor de uso diário, também utilizado com pós barba. Fórmula multifuncional com ação refrescante..

Bálsamo Sensitive Nivea: previne a irritação causada pelo barbear e mantém as defesas naturais da pele. Sua fórmula é muito suave, a fragrância é leve e não possui álcool.

Após fazer a barba e aplicar o produto mais indicado para sua pele, continue com o processo de cuidado e use um protetor solar. Assim, a chance da sua pele ficar irritada diminui consideravelmente.

 

Gel pós-barba Nivea For Men

Efeito 2 em 1: refresca e hidrata a pele. fórmula leve e de rápida absorção com agentes refrescantes e guaraná. hidrata a pele intensamente após o barbear.dermatologicamente testado.

 

 

Espuma de barbear nivea for men extreme

Para um barbear mais rente e confortável.possui extrato de licorice e camomila em micro cápsulas (micro tec), que proporcionam um barbear eficiente e confortável em qualquer direção. dermatologicamente testado.

 

Como manter a pele lisinha por mais tempo

  • Antes de qualquer coisa, é preciso se programar para fazer a barba. O barbear feito com pressa e sem cuidado nunca dura bastante. Por isso, não deixe para fazer a barba em cima da hora ou sem pensar.
  •  
  • Mesmo que pareça exagero, colocar uma toalha quente em contato com a pele durante 30 segundos, antes e depois do barbear, é uma boa forma de manter a barba curta por mais tempo. Ela abre os poros, deixa os pelos mais fáceis de serem cortados e ainda torna a pele mais macia.
    Depois de fazer a barba, ela serve para tirar todo o creme de barbear, os pelos e outras substâncias que podem causar inflamações e irritações na pele.
  • Assim com usar a toalha quente, um bom modo de abrir os poros e conseguir um barbear mais rente e durável é fazer a barba após um banho quente. Além dos poros abertos, da pele mais macia e dos pelos fáceis de raspar, é depois do banho que nossa pele está livre de impurezas e oleosidade que podem causar inflamações no pós-barba.
  • Depois de passar creme ou gel de barbear, faça movimentos circulares no rosto, de baixo para cima. Essa massagem rápida ajuda a deixar os pelos mais fáceis de serem cortados.
  • Lavar o rosto com água fria é a única forma de fechar os poros e dar mais brilho e maciez à pele. Com os poros fechados e com a pele macia e limpa, os pelos demoram um pouco mais a crescer e o rosto fica com aparência limpa por mais tempo.
  • Deixar a pele se recuperar é um bom jeito de fazer o barbear durar mais. Cada vez mais, ter a pele sem barba é importante na sociedade. Mas não é por isso que devemos fazer a barba sempre. Esse hábito acaba irritando a pele, deixando o barbear mais difícil, principalmente para as pessoas que fazem isso com lâminas.
    Cada pele tem um tempo para se recuperar, por isso, é importante ficar atento a sinais como irritações, coceiras e inflamações. Se esses três sintomas forem percebidos, é um sinal de que a pele do rosto precisa de mais tempo para se recuperar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...