Opções de tratamento da sensibilidade dentária e Causas da hipersensibilidade dentinária

A sensibilidade dentária tem sua origem na exposição da dentina (parte do dente que recobre o nervo), devido à perda do esmalte ou à retração gengival. As mudanças de temperatura e certos alimentos (ácidos ou doces) podem causar hipersensibilidade.

A dor geralmente desaparece depois de algum tempo. A dentina tem um grande número de poros ou tubos microscópicos (túbulos) que vão da face externa do dente até a polpa gengival, no centro. Quando a dentina está exposta, esses túbulos podem ser estimulados por mudanças de temperatura ou certos alimentos.

Abaixo está uma ilustração dos túbulos dentinários vistos em um microscópio:

A melhor maneira de descobrir a causa da sensibilidade dentária é pedir ao dentista que examine seus dentes. O dentista vai observar sinais de exposição da dentina e realizar testes para determinar a causa real da sensibilidade.

Por vezes, a sensibilidade tem sua origem em cárie dentária ou doenças gengivais. Essas duas causas podem ser tratadas. Outras vezes, a sensibilidade é provocada pelo desgaste do esmalte, seja por abrasão ou erosão, ou, ainda, pela retração gengival, que deixa exposta a raiz do dente.

 

O que se pode fazer?

Se a sensibilidade for causada por cárie, pode-se restaurar o dente. Se a causa for gengivite, o dentista pode fazer uma profilaxia completa da área afetada. Contudo, se a causa for a exposição da dentina, o tratamento para a redução da sensibilidade requer vários procedimentos tanto em consultório como em casa.

 

Procedimentos em consultório:

  • Aplicação de verniz de flúor nas áreas expostas para ajudar a mineralizar o esmalte e a dentina
  • Aplicação de espuma ou gel de flúor , por meio de moldes bucais, durante 3 a 5 minutos, proporcionando alta concentração de flúor para ajudar as áreas sensíveis
  • Aplicação de agente fixador (material usado para fixar restaurações) para impermeabilizar a superfície da dentina ajudar os estímulos que causam a sensibilidade

 

Em casa:

  • Use uma escova de cerdas muito macias
  • Escove corretamente, mas não em demasia
  • Use creme dental especialmente formulado para ajudar a sensibilidade dentária
  • Use creme dental com alta concentração de flúor (dado pelo dentista) para ajudar fortalecer a superfície do dente

 

Há um grande número de tratamentos disponíveis. Seu dentista pode ajudá-lo a encontrar aqueles que funcionam melhor no seu caso. Consulte sempre o dentista. Não tente diagnosticar o problema você mesmo, pois ele pode ser sinal de algo mais sério.

Somente um dentista pode esclarecer o questão.

 

Qual é a causa da hipersensbilidade dentinária? 

  • A exposição da dentina por ocorrer devido a vários fatores. Os fatores mais comuns são:
  • Retração gengival devido à idade ou escovação inadequada
  • Bebidas ácidas (como refrigerantes) que causam a erosão do esmalte e a exposição da dentina
  • Bruxismo – que, na verdade, faz com que todos ou a maior parte dos dentes tornem-se sensíveis
  • Escovação com creme dental muito abrasivo, escovação incorreta e/ou escovação em um número de vezes maior do que três
  • Gengivite, que pode causar retração gengival
  • Dente lascado ou fraturado, com exposição da dentina

 

Além disso, alguns tratamentos dentários podem causar sensibilidade. Sabe-se que alguns tratamentos como o branqueamento, a profilaxia em consultório, a colocação de aparelhos ortodônticos ou restauração dentária podem causar sensibilidade durante ou depois do procedimento.

Fonte: saude.terra.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...