Por onde anda o elenco de "Betty: A Feia"

No ano de 99, a Colômbia estava passando por uma crise econômica e política, a emissora RCN obtinha o ibope em baixa, possivelmente estando o país com tantos problemas, como por exemplo: as FARCS, a população não tinha ânimo para acompanhar novelas, até que veio o grande fenômeno “Yo soy Betty, La Fea”.

Fernando Gaitán possuia uma história que escrevera em 1989, a qual terminara em 93, era o drama de uma mulher feia, a sinopse nunca fora aceita todo este tempo porque era inconcebível a ideia de uma protagonista feia.

Mas como seu talento já havia sido comprovado com o estrondoso sucesso de “Café com Aroma de Mulher”, o canal aprovou o projeto com a ressalva de que seria uma produção enxuta, sem externas e nem estrelas para fazer parte do elenco. Quase todos os atores escalados eram desconhecidos do grande público, a maioria iniciante, com exceção de Dora Cadavid que intrepretou o papel de Inecita, ela já era famosa como a Vovó de “Café” e só aceitou fazer parte de “Betty, a Feia” por ser amiga de Gaitán.

Poucos acreditavam no potencial da novela. Jorge Abello, o Armando, preferia integrar o casting de outra produção, porém como seu papel em “Betty” era o de protagonista, o salário era maior. Já Natália Jiménez, que interpretou a antagonista Marcela, disse em entrevista que ao ler os primeiros capítulos teve medo de que fosse um fracasso, pois era diferente de tudo que vira antes.

Em uma semana os índices de audiência cresceram de forma inesperada. Os atores que gravavam o dia inteiro em estúdio, cerca de 18 horas, não tinham nenhuma noção desse sucesso até começarem a gravar externas. A fama repentina atacou de forma grave a vida pessoal de Ana Maria Orozco, que vivia a personagem titulo, e também a de seu marido que interpretava o afetado estilista gay Hugo. Depois de fortes especulações da mídia em torno do casal, inclusive com boatos de que Ana o traíra com um fotógrafo e de que ele tinha ciúmes por ela fazer mais sucesso que ele, o casal se separou no segundo mês de exibição da novela, porém continuaram trabalhando juntos até o final da trama que levou dois anos.
“ Betty, A Feia” é considerada pelo Guiness Book como a novela mais bem sucedida do mundo, exibida em 98 países, dublada em 16 idiomas e com 22 versões, incluindo a série norte-americana Ugly Betty, da qual Gaitán chegou a ser produtor executivo.

No seu país de origem, “Betty” alcançou números incríveis, além de se tornar o programa mais visto na história da Colômbia, alguns fatos chamam a atenção. Durante sua transmissão, as FARCs deram uma trégua, pois nem mesmo os guerrilheiros deixavam de assistir, assim sendo o país ficou em paz durante este período. O comércio parava de funcionar no horário, os restaurantes ficavam em silêncio para acompanhar e até o presidente se envolveu. Em determinado momento do enredo, Betty iria aceitar suborno para prejudicar a empresa na qual trabalhava, então o presidente ligou para Gaitán para que isto não ocorresse, pois a Colômbia enfrentava um grave problema de corrupção e Betty se tornara uma metáfora do país, a narrativa transcendeu a ficção.

No Brasil, a novela foi transmitida pela Rede TV e também surpreendeu. Mesmo numa emissora nova e pequena, “Betty” conseguiu a proeza de chegar ao segundo lugar de audiência em alguns capítulos com médias de até 10 pontos. Foi a primeira vez que a Rede TV marcou dois dígitos.

Fernando Gaitán atingiu feitos impressionantes em seu país e fora dele. “Betty, a Feia” continuou como o programa de maior audiência até 2011 quando o ibope apontou que a nova novela de Fernando, “Corazón Abierto”, superou-a. Mais uma vez bateu seu próprio recorde, ou seja, as três maiores audiências da Colômbia pertencem a ele, apesar de haver divergências, pois alguns defendem que o ibope de “Betty” era maior se levado em conta que a medição do instituto sofreu algumas alterações.

 

Ana María Orozco Aristizábal (Betty)

É uma atriz colombiana de cinema e televisão. Nasceu em Bogotá, maior cidade da Colômbia, no dia 4 de julho de 1973. Seu pai é Luis Fernando Orozco, um ator, sua mãe é Carmenza Aristizábal, uma locutora de rádio. Ana Maria tem duas irmãs, Juliana e Verônica Orozco, que também é atriz. Em 1999, ela se casou com o ator Julián Arango, mas o casamento durou apenas 10 meses. É casada desde 2005 com o músico argentino Martín Quaglia. O casal tem uma filha de nome Lucrécia. Atualmente eles residem na Argentina. Seu primeiro trabalho na televisão foi no ano de 1983 na minissérie Pequeños Gigantes, quando tinha apenas dez anos de idade.

Recentemente a atriz mostrou seus atributos físicos na TV ao participar da minissérie “Mi problema con las mujeres”, produzida pela Telefé, na Argentina. Em 2008, a colombiana participou ainda da versão para a Colômbia e o Equador da série “Desperate housewives”, rebatizada como “Amas de casa desesperadas”.

Mãe de Lucrécia, que nasceu em 2004, Ana María hoje está com 37 anos e vive na Argentina. Para este ano, a atriz tem projetos no teatro argentino e pretende ainda voltar ao ar na TV numa nova temporada da série “Cine para enamorarse”, do canal Cosmopolitan TV.

 

 

Jorge Enrique Abello (Armando)

Jorge Enrique Abello Moreno é um ator colombiano, que nasceu em 28 de fevereiro de 1968 na cidade de Santa Fé do Bogotá, na Colômbia. 

Ele é filho de Alberto Abello de Sucre e Heidi Moreno, sendo o mais novo de quatro irmãos, Jorge Enrique não era esperado pelos pais, sendo dez anos mais novo que o último de seus irmãos. 

Seus irmãos são Alberto Eduardo (morto em um acidente de avião em 1992), Juan Manuel e Maria Inés. Ele ainda é descendente de Antonio José de Sucre, um militar venezuelano que foi um dos heróis da Independência do Equador e Perú.
Jorge Enrique estudou Comunicação Social, formando-se como licenciado, atraindo-se muito pela produção de Televisão Educativa.
No entanto na parte profissional ele foi bem eclético trabalhando tanto por trás das câmeras como na frente delas, onde ele ganhou maior destaque e reconhecimento.
Ele já atuou em peças de teatro, novelas, séries e filmes, sendo seu primeiro papel em uma peça de teatro chamada “Miringa, Mironga, La gata candonga”, um conto de Rafael Pombo, onde interpretou o protagonista.

Novelas ele trabalhou em várias, sendo a mais conhecida Betty, a Feia que ganhou grande repercussão pelo mundo, e por sua excelente atuação até ganhou o prêmio de Melhor Ator de Novelas em 2001.

O ator também  ganhou outros prêmios na mesma categoria em outros anos em virtude de seus papéis nas novelas “A Corazón Abierto” e “Caballos de Fuego”, sendo também indicado como Melhor Ator de Reparto na novela “Perro Amor”, onde Ana Maria Orozco também atuou.


Apesar de sua grande bagagem em atuação Jorge Enrique também demonstrou grande interesse na direção, sendo que já trabalhou com diretor de vídeos institucionais e musicais, sendo assistente de produção em programas de televisão antes de se tornar ator.
Um lado pouco conhecido dele também é seu interesse pela escrita e leitura, sendo que aos 19 anos (em 1987) escreveu uma peça de teatro inédita chamada “Cuando La murte soño ante el espejo” e artigos para revistas, como “La Estatua de La Libertad, por favor?” para a Revista Gatopardo e “Mi nombre ES nadie” para a revista Rolling Stone em 2003.
Ele também já narrou documentários exibidos na Colômbia como “Los secretos Del Código da Vinci”, “Evangelio proibido de Judas”, ambos em 2006 e “Pecados de mi Padre” em 2009. Ele também se destacou em produções de televisão, na elaboração da apresentação da série “Amores como el nuestro”.
Além disso, Jorge Enrique já recebeu muitos reconhecimentos em diversas áreas sociais, sendo que em 1985 (aos 17 anos) foi selecionado entre os melhores 100 estudantes de espanhol pela Real Academia de La Lengua, recebeu medalha de honra do Museu Nacional em 1991, já foi imagem de campanhas e projetos em prol das crianças e adoção de cães sem raça definida em 2003 e embaixador da UNICEF (Fundo das Nações Unidas Pela Infância) na Colômbia em 2004 e agente da paz na campanha da Instituição AM Israel.

Quanto à sua vida pessoal o ator foi casado com Marcela Salazar Jaramillo, com quem teve uma filha em 12 de fevereiro de 2002 chamada Candelaria Abello Salazar, separando-se no ano de 2006.

Através de fotos e reportagens que vemos sobre o ator, ele tem um grande amor por sua filha, parece ser um pai bem dedicado.

E atualmente, segundo fontes na internet, o ator está em um novo relacionamento com Maria Isabel Gutierrez, afirmando perante os paparazzi, mas sem dar maiores detalhes, pois sempre foi bem discreto quando se trata de sua vida pessoal.
Em sua vida profissional, o ator se encontra participando de comerciais e atuando em filmes. Como o filme "Lejos del mundo" que estreia neste ano.

 

Natalia Ramírez (Marcela)

Ele nasceu em Bogotá, Colombia no dia 3 de agosto de 1967. Chegou a atuar por meio da música , sua paixão, depois de participar de vários programas de fãs, incluindo "Telectrónico Musical" (1982) sobre o mundo da TV.
Entre a música e a atuação se dedicou a aprofundar seus estudos e trabalhar, executando jingles publicitários para a programação da televisão .
Seu primeiro trabalho foi no sabão Quiescent Margarita (1988 ), que ganhou o papel .
Se formou em publicidade, e começou a trabalhar como executiva de contas para uma agência de publicidade.
No mesmo ano, ele participou de The Secret Life of Hadrian Espelette.
Em 1992, depois de estrelar minha única verdade , fez uma pausa em sua carreira para seguir sua vida pessoal. Ele casou-se e mudou-se para Milão (Itália) , retornando mais tarde para se preparar para o nascimento de sua filha Gabriela .
Ela é mais conhecido por seu papel como " Marcela Valencia em Betty a feia, mas já participou de outras produções como: O passado não perdoa (1990), Lucero (1994), O amor é mais forte (1998), e solterita a ordem (2001) , The Edge of the Law (2005), amor à morte (2005) e Noiva para Dois ( 2008) .
Atualmente, você pode vê-la em amor do cão, todas as tardes em Galavision .

 

Lorna Paz (Patrícia)

Lorna María Cepeda Jiménez, mais conhecido como Lorna Paz, é uma atriz colombiana. Ela nasceu em 18 de novembro de 1970, na cidade de Cartagena, na Colômbia. Mais conhecido por seu papel na famosa Soap Opera colombiana Yo soy Betty, la fea (eu sou Betty, a feia. Lorna Paz começou no show business em Barranquilla com 16 anos. Começou como modelo na academia do Biasse. Em 1993, ela conheceu Ruiz Viena, Irma Aristizabal e Tony Marquez, que eram os donos da Stock Models Agency.
Eles previram boas perspectivas para seu trabalho em Bogotá. Um ano depois, Lorna mudou-se para uma nova etapa de sua vida, trabalhou em Bogotá até 1997. Neste ano, ela começou a estudar para se tornar atriz. Sua primeira aparição foi no seriado "Pais e Filhos" interpretando Magaly. Ela também participou da comédia "Martírio Doce", onde ela assumiu o papel principal. Na série "Hoje o dia" ela interpretou Catarina. Em 1998, Lorna Paz se juntou ao elenco de "House of Cards". Em "O amor é mais forte", ela foi Natalia e Juliana em "Amor em forma". "Betty a feia" aumentou sua popularidade em 1999 e realmente lhe trouxe fama. Ela é a irmã da atriz Angie Cepeda também.

 

Luis Mesa (Daniel Valencia)

Luis Mesa nasceu no dia 9 de novembro de 1967, em Envigado (Antioquia) é um ator colombiano reconhecido.

Ele começou a atuar aos 15 anos , quando fez parte de um grupo de teatro em sua cidade natal ,sua primeira conquista foi para entrar no elenco de " Maria" (1992).
Apenas um ano depois de estrelar em "Notas da Paixão " (1993) e " Wait for the End " (1993) de produção no qual ele interpretou Alejandro Morales , o personagem que lhe rendeu o reconhecimento público . Ao fazer este papel , também retratado Juan Pablo Escobar, jornalista antiético em "The Scorpion Alternativa " (1993) .
Naquela época, mesmo estando indo muito bem na televisão colombiana, Louis escolheu ir para Nova York para estudar teatro , dirigindo e produzindo documentários . Em seu retorno à Colômbia esperando o papel de Michelangelo Matiz, um jovem escritor , que se apaixonou e manteve uma relação com uma mulher muito mais velha , personificado por Judy Henriquez consagrado na controversa produção " Lady Isabel " (1993)
Mais tarde, encarnou Damian, o caráter enigmático de " águas calmas " produção em que dividiu o set de gravação com Victoria Gongora . Nesta produção , seguido da novela " The Fountainhead " (1996 ), fez par com a estrela venezuelana Astrid Carolina Herrera.
Neste ponto da sua carreira Luis decidiu parar novamente , desta vez para viajar para a América do Sul e os Estados Unidos , dando algo como um ano sabático. Teve o papel de um professor, mais conhecido como o "matemático Francisco" (1999) , permitiria uma reunião bem sucedida mais tarde com os telespectadores colombianos.
Na mesma época encanou Luis Daniel Valencia na lendária produção colombiana "Yo soy Betty , la fea" (1999). Seu personagem foi caracterizado como um executivo de culto , amante do poder, e usado para obter facilmente o amor das mulheres e o ódio de seus rivais. Como se isso não bastasse Luis também registrou , na cidade de Miami a telenovela "Eu morreria por você ", dirigido por Pepe Sánchez .
Suas próximas aparições ocorreu em novelas como " La saga, negócio de família " (2005) , " O Leitor " (2002 ) e " Da cabeça aos pés " . Após isso, ele atuou na ópera "Neighbours" sabão (2008) , em que ele estrelou ao lado de atrizes Flora Martinez e Sara Corrales, e também com Robinson Diaz, telenovela que teve grande sucesso na telinha, não só na Colômbia , mas internacionalmente . Após esta e outras produções de sucesso Luis Mesa tornou-se um Galan da tv.
No cinema se interessou por filmes como " Eu vou te amar em silêncio " (2003) , " Onde é que Solitude" (2000) e internacionalmente no filme venezuelano "Diário de Bucaramanga" estreou em 2013 e no qual ele interpreta o personagem de Santander.


Luis Mesa atualmente está dirigindo um documentário sobre a transformação do ensino público na cidade de Medellín nos últimos anos.

 

Julián Arango (Hugo Lombardi)

Julián Arango nasceu em Bogotá, Colômbia em 06 de outubro de 1968, é ator e comediante colombiano com uma longa carreira no cinema, televisão e teatro, e tem sido visto em várias comédias stand-up em seu país. É reconhecido em muitos países por seu papel como Hugo Lombardi na novela Betty a feia. Foi casado por 10 meses com Ana Maria Orozco, estrela de Betty a feia.

Ganhou o prémio Miami GES Award de Melhor Ator Principal por sua atuação em O colombiano Useless. também ganhou o prémio Simon Bolívar de Melhor Ator por Perro Amor.
Publicitário, criou uma campanha publicitária para um banco, com o slogan, se você não é, você está no lugar errado, e depois de muitos anos ele ainda é usado por essa entidade.

Seu último trabalho foi numa série de televisão "Infiltrados" produzida pela TV BE e transmitido pela Caracol TV desde agosto de 2011. É a primeira série policial de investigação criminal e produzida na Colômbia.

 

Ricardo Vélez (Mario Calderón)

Ricardo Velez nasceu em Londres, Inglaterra no dia 06 de outubro de 1963. Ele também é ator britânico-colombiana e já trabalhou na televisão e no país estrangeiro.

Após completar seus estudos na Escola Nacional de Teatro, em 1988, e depois de ter participado em várias novelas viajou para a Europa onde participou de algumas produções da BBC e Antena 3, na Espanha.

Em 1996, ele voltou para a Colômbia e teve uma participação constante da produção nacional em diferentes peças.

Seu último trabalha foi em 2012 na série "Escobar, el patrón del mal" como Miguel Rodríguez Orejuela. também em 2012 fez a novela "La Traicionera"  como El Almirante e La Mariposa interpretando um Politico.

 

Mario Duarte (Nicolás Mora)

Mario Duarte nasceu em Bogotá no dia 17 de junho de 1965, é cantor colombiana e ator.

Um nativo de Santandereanos. Seu pai, Eliseo Duarte, é um pastor evangélico da Igreja Pentecostal Unida da Colômbia.
Mario Duarte só foi conhecido no mundo dos roqueiros de Bogotá, depois de seu primeiro sucesso "Shadows" e "Ay que dolor, que dolor, que dolor".

No entanto, esta faceta terminou vários anos após a separação de sua banda The Right, porque seu irmão mais novo Joshua, o baterista, se mudou para os Estados Unidos. Ele começou sua carreira de ator na novela A mãe (1998). Participou da série "Francisco Matemática" Mais tarde, no sucesso colombiana "Betty la Fea".

Ele cantou no capítulo 156, mas com trajes diferentes. (No show após o primeiro lançamento por Beatriz Ecomoda como presidente da empresa.

Em 2011, o grupo reuniu-se novamente e estão atualmente na Colômbia para promover seu álbum "tu és pó".

 

Kepa Amuchastegui (Roberto Mendoza)

Kepa Amuchastegui é ator e diretor, nascido em 1941 em Bogotá, Colombia.

Estudou arquitetura. Do grupo de teatro veio para a faculdade e, em seguida, tornou-se diretor. Foi trabalhar em Paris e só retornou ao país no final de 1968 e fundou o teatro La Mama. Trabalhou na Royal Shakespeare Company, em Londres e retornou em 1971. Entrou na TV como ator em casco do Diabo, em 1983, e desde então tem desenvolvido uma extensa carreira.

Têm no seu curriculum 26 trabalhos televisivos, entre eles, "Betty a feia" como Roberto Mendoza, pai do protagonista e dono da Eco Moda, e 17 como diretor.

Na tv seu último trabalho foi na novela Colombiana "La Hipocondríaca" de 2013.

 

Talú Quintero (Margarita Sáenz De Mendoza)

Talu Quintero nasceu em Bogotá, e embora sua vida tenha sido ligada à arte, a sua profissão como atriz começou há 22 anos.
Sempre produziu retábulos em que pintava paisagens com fragmentos de poesia. Mas o talento artístico que herdou de sua mãe e que a levou para o exercício da profissão de atriz. É psicóloga e mãe de Ana Lucia, sua única filha. Começou na peça Romeu e Julieta, em seguida, começou a estudar teatro, mas no filme Maria Cano, onde começou sua carreira de atriz. Em sua carreira, a atriz trabalhou em "Eu amo Valeria, Puerto Amor, Se amanhã eu estiver vivo, a alternativa Scorpion, A outra listra do tigre, a outra metade do sol, Eu sou Betty, a feia, e Rauzan, entre outros.

 

Celmira Luzardo (Catalina Ángel)

Celmira Luzardo é atriz colombiana, reconhecida internacionalmente por sua participação na telenovela Eu sou Betty, a feia, desempenhando o papel de Catherine Angel.

Nascida em 31 de março, em Bogotá, estudou na faculdade Refous. Estudou Engenharia da Universidade dos Andes, depois viajou para Londres, onde estudou no Instituto Nacional de Cinema .
Em seu retorno , ela se casou com 19 anos com o historiador Juan Escobar Lopez e estrelou a telenovela "Volverás a mis brazos" com Peter Montoya, a personagem era uma bailarina.

A partir daí fez vários trabalhos em séries de tv, a última foi Eco Moda, uma pequena extensão da Betty a feia. Depois disso não encontramos registros da atriz.

 

Jorge Herrera (Hermes Pinzón Galarza)

Jorge Herrera é ator colombiano nascido em Cali, Valle del Cauca, em 1948.
Ele já trabalhou em muitas telenovelas dos canais Caracol e RCN entre alguns. O mais conhecido é em Betty, a feia, onde ele interpreta o pai de Betty.
Também em (2006) na novela "En los tacones de Eva" tocou "Domingo" melhor amigo "Juan Camilo", que foi desenvolvido por Jorge Enrique Abello.

Ganhou o prémio de melhor diretor de teatro visitante nos Estados Unidos e de melhor ator pelo filme Todos tus muertos.

Seu último trabalho na tv foi em "Los Canarios" como Papa de Flor em 2011. E na série "Escobar, el patrón del mal" como Magistrado Gustavo Zuluaga Serna.

 

Adriana Franco (Julia Solano Galindo de Pinzón)


Adriana nasceu em Narodila no dia  4  de setembro 1954. Começou sua carreira na tv em La Historia de Tita em 1980. Em 1999 interpretou a mãe de Betty e seu último trabalho na tv foi em 2011 com a novela "La reina del sur: Juego de suerte".

 

Júlio César Herrera (Freddy Stewart Contreras)

Júlio César Herrera nasceu em 11 de julho de 1969, em San Gil Santander, na Colômbia, é um ator colombiano.
Ele já trabalhou em telenovelas líderes, mas foi revelado na novela Betty a feia, interpretando Freddy Stewart, funcionário da Ecomoda e apaixonado pela secretária Aura Maria.

Ganhou o prémio de melhor ator revelação por sua atuação em Betty a feia.
Tem trabalhos no cinema, teatro e sua última novela foi "La hipocondríaca" como Mario Herrera de 2013

É casado com Aida Cristina Bossa, apresentadora de televisão e atriz.

 

Dora Cadavid (Inés "Inesita" Peña de Gómez)

Dora Cadavid nasceu em Medellín no dia 23 de novembro de 1937, é um radialista e atriz colombiana.
Ele já participou de mais de 45 trabalhos na tv e teatro, teve sua estréia aos 10 anos. Com 60 anos de experiência, possivelmente, seu desempenho mais famoso foi na telenovela Betty a feia.

Ele começou sua carreira como um recitadora de " La Voz de Antioquia " , um programa de rádio local. Certa vez, enquanto declamava , Fausto Cabrera, um produtor a chamou imediatamente . Assim, ele montou sua própria estação em Medellin chamado "Waves Feminino". Ela também é conhecida por ser a primeira mulher a fazer um comercial de TV ao vivo, que foi feito para Sobremesas reais.
Em 1954, ela teve seu primeiro papel em novelas , em uma novela chamada "Ghosts" . Durante a execução continuou em seu papel trabalhando para RCN Radio Announcer . Suas primeiras performances incluíam "O clube de cozinha" e "Baviera convida".
Em 1958 gravou seu primeiro álbum com etiqueta Sonolux musical, mas depois de dois meses foi proibido pela Igreja por heresia aparente.
Em 1970 ela foi para o México para estudar teatro . Aproveitando sua estadia gravou seu segundo álbum com o musicólogo Tongi Cambell . Em 1980 ele voltou para a Colômbia, voltando a fazer um programa para televisão chamado Rasputin , que estava prestes a ir para Rússia.

Seu último trabalho foi na novela juvenil "Grachi!".

 

Stefanía Gomez (Aura María Fuentes)

Stefania Gomez nasceu em 19 novembro de 1976 em Ibagué, na Colômbia, é atriz colombiana.

Não têm muitos trabalhos televisivos e sua carreira, entre séries e novelas totalizam 7 trabalhos, entre eles Betty a feia, onde ficou mais conhecida como Aura Maria, e a série Ecomoda (pequena continuação de Betty).

A última novela foi "El Clon" como Vicky em 2010.

 

Paula Peña (Sofía de Rodríguez)

Paula Peña nasceu em Bogotá em 27 de outubro de 1954, vem de uma família originária de Antioquia e Boyacá é uma atriz colombiana lembrada poe interpretar Renata Vargas na série "Dejémonos de vainas", "Georgina Pajares", em "La casa de las dos palmas", a senhora Elvia na série "Don Chinche", e Sofia em "Yo soy Betty, la fea".

Seu último trabalho foi em "Padres e hijos" de 2007 como a sogra de Daniela.

 

Luces Velásquez (Bertha Muñoz de González)

Sua carreira na televisão começou em 1986, na novela "Os donos do poder". Depois foi para a série "Los pecados de Inés de Hinojosa" em 1988. Tem mais ou menos 10 trabalhos na tv, entre eles, a secretária Bertha de "Betty a feia", depois com o mesmo personagem em "Ecomoda".

Seu último trabalho foi na novela "Escobar, el patrón del mal" de 2012. Clique aqui para ver uma entrevista com a atriz contando sua trajetória artista, sua vida pessoal, inclusive de já ter vivido aqui no Brasil por tempo para estudar cinema e teatro, está em espanhol, mas dá para entender bem.

 

Marcela Posada (Sandra Patiño ("A Girafa"))

Marcela é colombiana e nasceu no dia 10 de Fevereiro de 1971, hoje está com 42 anos. Não encontramos histórico de seus trabalhos como atriz. Hoje vive para os filhos, luta contra o aborto dando apoio a mães solteiras como ela. Clique aqui e veja uma entrevista emocionante da atriz em um programa colombiano.

 

María Eugenía Arboleda (Mariana Valdéz)

Maria Eugenia nasceu em Cali, na Colômbia, e começou a desenvolver seu talento artístico na escola primária. Aos 13 anos, ela começou sua educação entrando formalmente a cultura popular, artes instituto IPC, e se juntar ao grupo, Cena Livre, liderado por Orlando Cajamarca a participar em vários festivais de teatro nacionais. Depois de se formar na escola dramática, ela viajou para Bogotá e estudou teatro por cinco anos no Teatro colombiano Corporation (CCT) com o diretor Santiago Garcia, o início de sua vasta experiência em teatro, televisão e cinema. Depois ela continuou sua formação na Europa, com workshops com The Tron Theatre em Glasgow e do Studio de pânico em Londres. Maria Eugenia tem desenvolvido um trabalho abrangente, bem sucedido, e com reconhecimento profissional apreciada por sua atuação na sua extensa carreira.

Tem mais de 30 trabalhos na tv e cinema. É também dançarina e comediante. Dança Jazz, Hip Hop, Disco, Clube / Freestyle, Salsa. Pratica Yoga, Aeróbica, Boxe, Ginástica, Natação.

 

María teve seu primeiro filho em 2011. Atualmente a atriz está interpretando uma mãe de Caridade na novela "La Selección".

 

Martha Isabel Bolaños (Jenny García, ("A Demonstradora" ou "A Puputchurra")

Martha Isabel Bolaños nasceu em Cali, Colômbia no dia 28 de dezembro de 1973, é atriz e modelo colombiana.

Tem mais ou menos 20 novelas em sua trajetória, trabalhou nos principais canais de tv colombiana como Caracol, Telemundo e RCN. Em 2001 ganhou o prêmio de atriz revelação com seu papel em Betty a feia. Sua última novela foi "Pobres Rico" como Lily. Também fez uma participação na novela "Rafael Orozco, El Ídolo" como La Vecina.

 

Scarlet Ortiz (Alejandra Zingg)

Hevis Scarlet Ortiz Pacheco nasceu em Caracas em  2 de março de 1974, é atriz e ex-miss venezuelana.

Scarlet Ortiz no ano de 1992, representou estado de Sucre no concurso Miss Venezuela, e 2 anos mais tarde começou sua carreira artística no programa infantil Nubeluz, programa que anteriormente era gravado no Peru mas que naquela época mudou toda sua equipe de produção paraCaracas. Em 1996, ela renúncia ao Nubeluz e empreende sua carreira como atriz como a protagonista da telenovela Llovizna, produzida por Marte TV para RCTV em 1996. A telenovela conseguiu um moderado sucesso local. mas conseguiu uma excelente recepção no estrangeiro.

Para finais de 1997, faz o único papel como antagonista de sua carreira na telenovela Niña mimada, produzida integralmente por RCTV; depois no final de 1998 obtém outro papel protagónico na RCTV com Luisa Fernanda, que foi uma versão muito livre da exitosa telenovela Abigaíl, feita 10 anos antes pela RCTV. Não foi muito exitosa mas teve melhor recepção no estrangeiro consolidando a carreira de Scarlet.

Depois dessa telenovela ela se afasta da televisão até o ano 2000 onde regressa de novo como protagonista a telenovela Mis tres hermanas, junto a Ricardo Álamo e Roxana Díaz. A telenovela foi um grande sucesso e reivindicou a RCTV como produtora de telenovelas, depois de um longo período de fracassos. Teve muito boas vendas, e depois desta telenovela, vence-se seu contrato com RCTV e ela vai para Colômbia e realizar uma importante participação na exitosa telenovela de RCN no ano de 1999 Yo soy Betty, la fea, a qual marca seu primeiro passo para a internacionalização de sua carreira.

Depois de realizar seu trabalho Scarlet é chamada pelo canal Venevision para protagonizar uma telenovela em Miami junto ao galã peruano-venezuelano Jorge Aravena, Secredo de Amor, que foi produzida pela Venevisión em julho de 2001, resultando em um grande sucesso a nível mundial. Este é, até a data, o maior sucesso como protagonista de sua carreira.

Em 2002 é chamada por Luis Llosa para protagonizar uma telenovela no Peru Todo sobre Camila com Iguana Produções sob a distribuição de Venevisión International, que foi um sucesso no horário do meio dia pela Univision. Depois dessa telenovela, ela regressa a Colômbia para realizar outro sucesso em sua carreira, Todos quieren con Marilyn, para RCN junto a outro ator venezuelano Jorge Reis.

Em 2006 regressa ao com a telenovela Mi vida eres tu, junto a Jorge Aravena, para Venevision Productions. No entanto, esta telenovela foi um grande sucesso no horário vespertino da Univision mas foi melhor no estrangeiro. Depois desta telenovela, é novamente chamada por Luis Llosa e Jorge Félix para protagonizar uma telenovela na República Dominicana junto ao mexicano Víctor González e José Luis Rodríguez, também para Iguana Produções e Venevision International a telenovela Trópico, que foi um sucesso em dito país e teve aceitáveis resultados no horário.

Em 2007 é chamada pelos executivos para fazer parte do elenco da versão latina de Desperate Housewives junto a Gabriela Vergara, Lorna Paz, Julieta Rosen e Ana Serradilla. Foi transmitida às 22:00h por Univision em 2008 com resultados aceitáveis sem ser um grande sucesso.

Para finais de 2008 regressará às telenovelas com uma nova história do escritor de Alberto Gómez com Venevision Productions, junto a José Ángel Llamas, intitulada Alma Indomable, com um elenco em que também participam Karina Mora, Lisette Morelos, Lilibeth Morillo, Víctor González e Luis José Santander.

Seu último trabalho foi na novela mexicana "Rafaela" onde interpreta Rafaela.

 

Artistas que interpretaram eles próprios em participações especiais:

  • Adriana Arboleda
  • Andrea Serna
  • Armando Manzanero
  • Cecilia Bolocco
  • Franco De Vita
  • Gisela Valcárcel
  • Gloria Calzada
  • Laura Flores
  • Ricardo Montaner
  • Taís Araújo

 

Ecomoda

Os fãs fieis da novela “Betty, a Feia”, aqueles que sempre garantem à novela da RedeTV! o seu ponto garantido no ibope, estão usando as redes sociais para convencer a emissora a exibir o seriado “Ecomoda”, continuação direta da novela.
Desde a primeira exibição da feia aqui no Brasil se fala desse bendito seriado, supostamente nunca exibido aqui por causa do seu elevado preço para os padrões da emissora. Como talvez agora o seriado deva ter desvalorizado no mercado (ao contrário do tomate) em sua terceira reprise, os fãs de “Betty, a Feia” decidiram retomar o levante exigindo a exibição da continuação da novela.

“Ecomoda” começou a ser exibida em 2001 pelo canal RCN da Colômbia, o mesmo que transmitiu com muito êxito “Yo Soy Betty, la Fea” em 1999. O seriado é composto de uma temporada de 26 episódios e conta com o retorno de todos os personagens da novela original. Quer dizer, menos Patrícia e Marcela devido ao fim que as personagens levaram na trama…

O seriado é bem divertido, mas é pouco provável que a RedeTV vá atrás dele. Ao contrário de “Betty, a Feia”, “Ecomoda” ainda precisa ser dublada… e de preferência pelo elenco original da novela. E só nisso já traz uma nova dificuldade, pois alguns dubladores não andam trabalhando na área (um exemplo é Walter Breda, que dublou o Hermes e que trabalhou na novela “Salve Jorge”).

De qualquer forma, torço para que a emissora se esforce e compre os direitos do seriado também. Veja a abertura:

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...