Atores que interpretaram pessoas reais no cinema ou na TV

 

Muitos atores já interpretaram pessoas reais na TV ou no cinema. Relembre as histórias mais famosas que foram reproduzidas na ficção.

Naomi Watts apareceu com um dos looks mais icônicos usados pela princesa Diana na primeira imagem oficial do filme "Diana", que tem estreia prevista para 2013.

 

Lindsay Lohan viverá Liz Taylor no filme "Liz and Dick", que será produzido para o canal Lifetime. O longa vai contar a história do relacionamento amoroso entre a atriz e Richard Burton.

 

Em "Game Change", filme produzido pela HBO, Julianne Moore interpreta a ex-candidata a vice-presidência dos EUA, Sarah Palin. O filme retrata a vida da ex-governadora do Alasca durante as eleições de 2008.

 

Em "A Dama de Ferro", Meryl Streep interpreta a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher. A atuação garantiu o Oscar e o Globo de Ouro de melhor atriz para Meryl.

 

Deborah Secco virou assunto nacional ao dar vida a Raquel Pacheco no filme "Bruna Surfistinha". A história conta a vida da garota que sai de casa aos 17 anos para se prostituir.

 

A atriz Michelle Williams deu vida ao ícone dos anos 50 Marilyn Monroe. O filme, que se chama "Sete dias com Marilyn" mostra um curto período da vida da atriz.

 

O ator James Franco, mostra a história real do alpinista Aron Ralston. Em "127 Horas" o personagem fica preso entre rochas cinco dias e precisa amputar o próprio braço para sobreviver.

 

Kristen Stewart vive Joan Jett no cinema. No filme "The Runaways", a atriz interpreta a líder de uma banda feminina famosa na década de 1970.

 

A atriz Kate Holmes viveu, em 2011, Jacqueline Kennedy em seriado americano. Em "The Kennedys", ela interpretou a esposa do ex-presidente norte-americano John Kennedy, assassinado em 1963.

 

O ator porto-riquenho Benicio Del Toro deu vida ao líder revolucionário cubano Che Guevara, no filme "Che".

 

Outro ator que interpretou Che Guevara nos cinemas foi Gael García Bernal. "Diários de Motocicleta" mostra o jovem Ernesto Guevara antes de se tornar o revolucionário "Che".

 

Em 2002, Nicole Kidman viveu a escritora Virginia Woolf. Para atuar em "As Horas" a atriz precisou usar um nariz falso e abusar da maquiagem para ficar semelhante a sua personagem.

 

A história da renomada pintora do México Frida Kahlo virou história de cinema com interpretação da atriz, também mexicana, Salma Hayek.

 

O renomado ator de Hollywood Morgan Freeman interpreta o ex-presidente da África do Sul e ganhador do Nobel da Paz, Nelson Mandela. O filme "Invictus" conta a história do país e da Copa do Mundo de Rúgbi de 1995.

 

Na minissérie global "Dercy de Verdade", Heloisa Périssé atuou como Dercy Gonçalves. A atriz mostrou como foi a juventude e o começo de carreira da humorista.

 

Em "Dercy de Verdade" quem interpretou a artista na vida adulta, já reconhecida nacionalmente, foi Fafy Siqueira.

 

Colin Firth garantiu o Oscar de Melhor Ator, por sua interpretação em "O Discurso do Rei" (também vencedor do Oscar 2011 de Melhor Filme). O filme mostra a luta de George VI para vencer a gagueira e se tornar rei e líder no ínicio da 2ª Guerra Mundial.

 

Atuando como a cantora brasileira da década de 30 Dalva de Oliveira, Adriana Esteves participou da minissérie "Dalva e Herivelto: Uma Canção de Amor".

 

Na mesma minissérie, Fábio Assunção deu vida ao outro protagonista da série: Herivelto Martins, que era marido de Dalva.

 

Joaquim Phoenix interpreta o cantor norte americano Johnny Cash no filme "Johnny e June", de 2005.

 

Ainda no mesmo filme, Reese Witherspoon dá vida para June Carter, também cantora e esposa de Johnny Cash. Juntos, os dois gravaram músicas e dividiram o sucesso.

 

Robert Pattinson mostra a juventude do pintor espanhol Salvador Dali ao atuar no filme "Little Ashes".

 

Larissa Maciel deu vida a cantora brasileira Maysa Matarazzo em "Maysa: Quando Fala o Coração". A minissérie global,escrita por Manoel Carlos, retratou a vida da cantora desde sua infância até sua morte em 1977.

 

Na mesma minissérie, Mateus Solano teve seu primeiro destaque na tela da Globo. Interpretou Ronaldo Bôscoli, compositor de Bossa Nova, que teve um romance com a cantora Maysa.

 

Helen Mirren interpretou a rainha Elizabeth II no filme norte-americano "A Rainha". Em 2007, a atuação garantiu a ela o Oscar de Melhor Atriz.

 

Em 2006, o ator Wagner Moura deu vida ao ex-presidente do Brasil Juscelino Kubitschek. A minissérie da Globo "JK" mostrou trechos da vida de um dos importantes nomes da política brasileira.

 

Márcio Kieling atuou como Zezé de Camargo - jovem e adulto - no filme brasileiro "Dois Filhos de Francisco".

 

Também no longa-metragem que conta a história da dupla sertaneja, Thiago Mendonça interpretou Luciano.

 

Ainda no filme baseado na vida da dupla Zezé de Camargo e Luciano, Paloma Duarte vive Zilú Camargo, mulher de Zezé.

 

Audrey Tautou atuou como a estilista Gabrielle Chanel no cinema. O filme "Coco Antes de Chanel" mostra a vida da personagem antes do sucesso.

 

Em 2004 foi a vez de Daniel de Oliveira viver um grande nome da música brasileira. No filme "Cazuza - O Tempo não Para", o ator mostrou como foi a vida do cantor Cazuza.

 

Selton Mello foi o protagonista do filme "Jean Charles", que conta a vida de um brasileiro, morto em Londres pela polícia depois de ser confundido com um terrorista.

 

Já em "Meu Nome não é Jhonny", de 2006, Selton Mello interpreta a vida de João Estrella, um jovem carioca preso por tráfico de drogas.

 

A atriz americana Jennifer Love Hewitt interpretou, em 2000, a também atriz Audrey Hepburn. O filme "A Vida de Audrey Hepburn" mostra a tragetória de vida do grande ícone do cinema.

 

Will Smith viveu o boxeador Muhammad Ali, em 2001, nos cinemas. O filme "Ali" conta um pouco da vida desse esportista.

 

Mesmo sendo cantora, Madonna se arriscou como atriz no musical "Evita". O filme conta a história da ex-primeira dama da Argentina, Eva Péron, idolatrada em todo o país.

 

No filme biográfico "Olga" de 2004, Camila Morgado interpreta Olga Benário Prestes, uma alemã, judia e comunista.

 

O cantor e ator Jared Leto em 2007 deu vida a um dos grandes ícones da música, Jared teve que engordar bastante para fazer o papel de Mark Chapman, o assassino de John Lennon. O filme conta os três dias que Mark David Chapman esperou por John Lennon, até assassiná-lo com tiros de revólver em frente ao Edifício Dakota em Nova Iorque, residência do cantor.

 

Patrícia Pillar interpretou em 2006, Zuleika Angel Jones, conhecida como Zuzu Angel, no filme de mesmo nome, uma estilista brasileira, mãe do militante político Stuart Angel Jones e da jornalista Hildegard Angel. Zuzu teve seu filho torturado e assassinado pela ditadura militar.

Fonte: mdemulher.abril.com.br

Nenhum comentário:

id='comment-post-message'>

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...