Dicas para usar joias em ocasiões especiais

Formatura, casamento, festa, não importa qual é a ocasião, a produção tem de ser impecável e as joias são aliadas mais do que especiais nesse quesito. Aqui você poderá tirar dúvidas importantes para não fazer feio neste grande dia e descobrir como misturar pedras.

Agora você não tem mais desculpas para deixar as joias para última hora.

 

As joias precisam combinar com a cor da roupa? Como acertar nessa combinação?

Não é necessário que a cor da joia seja a mesma da roupa ou dos outros acessórios, mas é importante que haja um conjunto harmonioso. Uma joia de cores fortes e marcantes, como as que têm esmeraldas ou rubis, funcionam muito bem com roupas de cores neutras, como preto, branco ou nudes. Já quando a roupa tem cores vibrantes, recomenda-se o uso de tons mais sutis, com pedras translúcidas e, em especial, os diamantes. Não há restrição quando às tonalidades do ouro.

Os conjuntinhos estão em alta para as roupas. No caso das joias, a combinação também é uma boa opção?

De fato, os conjuntos são uma boa possibilidade e simplifica as escolhas. No entanto, não é obrigatório que a mulher use um conjunto. É bastante usual misturar peças de coleções variadas que se complementem, seja pela pedra, pelo design ou pelo tom do ouro.

 

Vale misturar materiais diferentes? Qual a melhor maneira de fazer esse mix sem errar?

Temos joias com um tom de ouro exclusivo, o Ouro Nobre, que combina muito bem tanto com peças de ouro amarelo, quanto às de ouro rosé ou branco. Pode-se misturar os tons quando as joias têm o predomínio das pedras e o ouro é uma base mais discreta. ou se deseja fazer, propositalmente, um jogo de contrastes entre cores.

 

Qual a melhor forma de misturar diferentes tipos de ouro?

O jogo entre texturas de ouro é livre. É muito bonito o efeito contrastante entre o brilho de uma peça de ouro polido e a superfície acetinada do ouro fosco, por exemplo.

 

Com relação ao tamanho da joia, é preciso escolher apenas uma peça grande ou tudo pode ser maxi? 

As peças que ficam mais próximas umas das outras, como brincos e colar, o ideal é fazer o contraponto. Se um é grandioso, recomenda-se que o outro seja mais delicado. Mas, quando as joias estão mais afastadas, não há problemas em combinar um brinco grande e um bracelete grande, ou um belo anel com um colar grandioso. Só não funciona bem a combinação de muitas peças grandes — brinco, anel, colar e pulseira — para que a beleza da própria mulher não se ofusque.

 

Colares ficam bem com qualquer tipo de decote?

Ficam melhores em decotes mais abertos, pois destacam-se mais. Quanto mais fechado for o decote, melhor que se opte por colares mais delicados ou coleiras coladas ao pescoço.

Fonte: revistacriativa.globo.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...