Alimentos cozidos no vapor são mais saudáveis

Você tem o hábito de comer alimentos cozidos no vapor? Saiba que esta é uma maneira muito saudável de preparar comidinhas. Nesse tipo de preparo, o tamanho, a forma e a composição nutricional dos alimentos pouco se alteram, pois não sofrem ganhos ou perdas de água como acontece em outras formas de cocção, como a fritura e a fervura.

As preparações ao vapor não deixam escapar vitaminas e minerais sensíveis a altas temperaturas ou que são facilmente dissolvidas em água, como o potássio, encontrado em grande parte das verduras e legumes, as vitaminas do complexo B, presentes em vegetais escuros, e a vitamina C achada no pimentão, na batata e no brócolis.

Atenção! Não precisa abandonar as inúmeras receitas e as dicas herdadas de suas avós. A ideia é estimular e acrescentar um novo sabor e uma nova alternativa na sua vida. Cozinhar ao vapor é mais saudável, menos calórico e prático de fazer.

 

Como é feito o cozimento

Na cozedura a vapor o alimento é cozido pelo intenso calor húmido do vapor que o envolve; a comida não contata com a água , que desgasta fisicamente o alimento desfazendo-o e endurecendo-o.A comida é colocada em recipientes por cima da água dentro da panela e esta fica tapada para não deixar o vapor escapar. Como há uma camada de água a ferver no fundo da panela enquanto o topo permanece mais fresco, este é o método ideal para cozinhar diversos alimentos, . Para que a cozedura tenha êxito, é importante que o vapor circule livremente na panela e que o líquido nunca toque na comida ? já que isso pode dar um súbito aumento de calor ? nem ferva sem água. Acrescente água quando esta evapora; isso também ajudará a manter a temperatura.

 

Quer tentar? Dê uma olhadinha nessas dicas que irão ajudá-la nas preparações dos pratos:

Qual é a melhor panela? A vapor de inox ou alumínio, ou a tradicional de bambu. Geralmente, as de metais são mais fáceis para limpar, mas as de bambu são mais charmosas para servir as visitas.

Hoje temos no mercado panelas a vapor elétricas e até com controles digitais com 2 ou 3 andares e estes recipientes são interligados entre sí, aproveitando a energia gerada pelo vapor nos diferentes recipientes que podem conter alimentos com diferentes tempos de cozimento.

 

Conheça alguns modelos:

• E os temperos? Jogue na água louro, alecrim, tomilho, alho ou sal. Você também pode fazer um mix com todos eles. Se o prato for frutos do mar, use pimenta-do-reino, sal ou limão.

• Respeite o tempo de cozimento! O dos peixes e frutos do mar é de 15 a 20 minutos. Já o de legumes e verduras leva, em média, 10 minutinhos. Procure não misturar alimentos com estruturas diferentes, como batata e cenoura.

 

Veja algumas dicas de como cozinhar alguns alimentos.

Cozer legumes a vapor - Não junte sal pois pode descorar os legumes e retirar-lhes a humidade. Quando os legumes estão tenros, retire-os por instantes do vapor, refresque sob água fria corrente, volte a aquecer e tempere.

Cozer mexilhões a vapor - Ao contrário de outros mariscos, os mexilhões são cozidos directamente num líquido aromatizado - normalmente vinho branco com ervas. Depois do líquido de cozedura estar quente, juntam-se os mexilhões limpos e bem fechados e deixa-se cozer no vapor. Abrirão depois de cozidos em vapor e podem ser servidos juntamente com o líquido em que cozeram depois de coado e reduzido.

Cozer peixe a vapor - Não há forma melhor de cozinhar peixe delicado - cozer a vapor é indicado para peixes inteiros, bifes e filetes, bem como para vieiras e camarão. Também conserva a cor de certos peixes, como a castanhola. Cebolinhas-verdes e cenouras podem ser servidas como acompanhamento.

Cozer pudins a vapor - Várias sobremesas tradicionais são cozidas a vapor, sendo a mais famosa de todas o Pudim de Natal. Cozer o pudim a vapor torna-o mais húmido, macio e pesado do que se cozido no forno. Tradicionalmente, é colocado num recipiente e colocado no interior da panela e deixar cozer a vapor de modo identico ao arroz.


Tempo de cozedura de alguns alimentos

Brócolos: 8 minutos
Couves-de-bruxelas: 10 minutos
Couve: 10 minutos
Cenouras: 10 minutos
Couve-flor: 8 minutos
Feijão-verde: 8 minutos
Ervilhas: 2-3- minutos
Batatas, novas: 12 minutos
Espinafres:1-2 minutos
Abóbora/cabacinha riscada: 5 minutos
Filetes: 3-4 minutos
Peixe inteiro: 6-8 minutos até 34 g (12 -15 minutos até 1 kg)

Fonte: mdemulher.abril.com.br

Nenhum comentário:

id='comment-post-message'>

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...