15 dicas para você aproveitar ao máximo os recursos de seu smartphone

O nome "smart" não foi dado à toa. Ele significa esperto, inteligente e classifica os aparelhos celulares que vão além das ligações por voz e troca de mensagens. Se você entrou para o clube dos "espertos" saiba que o aparelho que carrega no bolso pode fazer muito por você. Conheça neste post algumas das funções mais bacanas de um smartphone.

 

1 - Aumente a produtividade

Uma das coisas mais úteis de um smartphone são os aplicativos que visam aumentar sua produtividade. Nas lojas das principais plataformas (iPhone, Android ou Blackberry) é possível encontrar desde aplicativos que armazenam pequenas notas e sincronizam com o computador, até outros complexos, capazes de quantificar os gastos financeiros do cotidiano e deixar a conta bancária sempre em dia. Para os marceneiros amadores, os aplicativos revelam ferramentas muito práticas, como réguas e medidores de níveis.

 

2 - Fale 'de graça'

A aparente sensação de não pagar nada na ligação pode ser uma armadilha. Para usar os aplicativos que trocam mensagens instantaneamente é preciso um plano de dados generoso. Outra opção é sempre conectá-los a partir de uma rede Wi-Fi. Instale alguns dos aplicativos mais populares e converse por áudio, vídeo ou mesmo mensagens instantâneas com seus amigos sem pagar nada mais por isso. Se você possui acesso a redes Wi-FI em casa ou no trabalho, não perca tempo e economize bastante na conta do celular.

 

3 - Vire um fotógrafo de primeira

A câmera de seu smartphone não precisa ser uma câmera comum. Existem centenas de aplicativos que adicionam funcionalidades muito divertidas a ela. Utilize filtros e texturas, transforme seus amigos em gibis, compartilhe seus álbuns e ganhe opções dignas de máquinas fotográficas profissionais.

 

4 - Receba alerta de e-mails

Uma das funcionalidades mais clássicas de um smartphone é receber e enviar e-mails em qualquer lugar. No entanto, receber notificações assim que as mensagens são recebidas exige conhecimento médio do sistema. Tanto o iPhone quanto o Android ou Blackberrys possuem a opção nativa para sincronizar uma ou mais contas de e-mail. Isso quer dizer que não é necessário baixar aplicativos para a tarefa. O uso de alertas de e-mail consome bateria em demasia, por isso mantenha um equilíbrio entre o fluxo da caixa de entrada do seu e-mail e a frequência com que o aparelho busca por novas mensagens.

 

5 - Abuse da realidade aumentada

A câmera do seu smartphone não serve apenas para tirar fotos. Ela também funciona como um portal para realidade. Já existem aplicativos que conseguem captar contornos de letras, formas, cores e conseguem interagir com o que faz parte do mundo físico. Por exemplo: é possível focalizar uma placa com dizeres em Francês e converter a imagem em tempo real para outro idioma. Também é possível utilizar as lentes da câmera para captar o código de barras de um boleto bancário.

 

6 - Sincronize o calendário

Que tal receber notificações sobre seus compromissos e ainda sincronizá-los com seu Gmail, Hotmail ou Outlook? Seu smartphone pode faz isso com maestria. Os principais sistemas (iOS, Android e Blackberry) oferecem a opção de baixar informações de seus calendários pessoais nativamente, da mesma forma como faz com as contas de e-mail. Também existem centenas de aplicativos que realizam a mesma tarefa e ainda notificam o usuário.

 

7 - Esqueça os gadgets dedicados

Quem antes gastava dinheiro com afinadores de violão ou calculadoras científicas, por exemplo, agora possuiu outra opção. Por preços relativamente modestos (alguns até gratuitos), aplicativos fazem as vezes de todo o tipo de gadgets outrora populares.

 

8 - Deixe o GPS na gaveta

Grande parte dos smartphones do mercado oferece sistema de GPS integrado. Isso quer dizer que é possível estabelecer a localização do usuário habilitando a respectiva função no aparelho. Para ter uma experiência quase idêntica aos GPS automotivos, as lojas de aplicativos oferecem opções de navegadores bastante atraentes, muitas das quais produzidas pelas mesmas empresas especializadas em PNDs (aqueles GPS que grudam no para-brisas). Alguns têm o preço bastante elevado, portanto, analise o custo-benefício antes da compra.

 

9 - Abuse da Geolocalização

Você pode até achar invasão de privacidade quando o celular identifica onde você está, mas a funcionalidade pode ser muito útil. Existem diversos aplicativos que, ao reconhecerem a região, indicam pontos de interesse, como cinemas, bancos ou restaurantes. Alguns mais abusados entregam as posições dos radares de velocidade espalhados pelas cidades. Existem também ferramentas como o Foursquare, uma rede social cujo foco principal é troca de mensagens sobre pontos de interesse e referência.

 

10 - Deixe os livros em casa

Ler na tela do celular não é uma das coisas mais confortáveis que existem, mas pode ser um bom improviso no ponto do ônibus ou na sala de espera do dentista. Diversas livrarias, nacionais e internacionais, já oferecem lojas virtuais para que as obras sejam adquiridas por meio de qualquer dispositivo móvel, incluindo os celulares.

 

11 - Aposente o pendrive

Os usuários de smartphones têm a opção de utilizar a memória do celular como unidade de armazenamento para qualquer arquivo. Nos dispositivos Blackberry e Android, para que o sistema operacional do computador reconheça o celular como um pendrive, é necessário ativar a função de armazenamento no menu do aparelho. No caso do iPhone a tarefa é um pouco mais complicada. Existem softwares que transformam o iPhone em pendrive, mas exigem que sejam instalados em todas as máquinas com as quais o usuário pretende abrir os arquivos. O jeito é apelar para aplicativos como Dropbox (todos os sistemas), que permitem, por meio de sinal Wi-Fi, armazenar qualquer informação na memória do aparelho.

 

12 - Esqueça os guias de viagem

Além do mapa, presente em praticamente todos os aparelhos, existem aplicativos que deixam os velhos livrinhos de bolso no chinelo. Os guias de viagem digitais têm a vantagem de serem atualizados com mais frequência e podem tirar proveito do hardware do aparelho, oferecendo, por exemplo, restaurantes típicos de acordo com a localização do usuário. Isso sem falar na opção de criar roteiros interativos, saber de antemão o clima e adicionar locais como favoritos.

 

13 - Passe reto pelas filas de Check-in

Praticamente todas as companhias aéreas possuem aplicativos pelos quais é possível saber horários de voos, atrasos e principais notícias. A maioria dos aplicativos também oferece a opção de fazer o check-in apenas aproximando o aparelho dos terminais eletrônicos, disponíveis nos aeroportos.

 

14 - Ouça rádios do mundo todo

Nada de chiados e interferências. Os smartphones já contam com centenas de aplicativos capazes de captar rádios do mundo todo por meio do plano de dados e com alta qualidade de áudio. Esse tipo de aplicativo exige um plano de dados 3G generoso. Portanto, fique atento com sua conta antes de tentar "sintonizar" qualquer estação.

 

15 - Divirta-se à beça

Os smartphones são verdadeiras centrais de entretenimento. São milhares de opções de jogos e utilitários que, além de garantir horas de diversão, soltam a imaginação de adultos e crianças. Cuidado para não viciar!

Nenhum comentário:

id='comment-post-message'>

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...