Os maiores micos e mancadas dos artistas


Provavelmente a maioria das pessoas já passou por algum momento constrangedor. Não são apenas pessoas comuns que pagam micos. Muitas celebridades cometem gafes, mas com uma diferença: o besteirol tem repercussão mundial, estampando jornais e ganhando espaço nos tablóides e na televisão. Veja abaixo celebridades contando seus maiores micos.

Na TV

Na Copa de 74, o jovem locutor da Rádio Gazeta Galvão Bueno foi convocado para narrar videoteipes de alguns jogos pela TV da mesma empresa. No jogo Alemanha Oriental x Austrália, Galvão narrou vários minutos pensando que a partida era Bulgária x Suécia. Os uniformes eram parecidos com os de alemães e australianos, só que búlgaros e suecos só jogariam no dia seguinte...
REPERCUSSÃO - A Gazeta nunca teve grande audiência, por isso pouca gente acompanhou a gafe.


Brida termina com resumo da história (1998)
 

Depois de tentar de tudo para levantar a audiência da novela Brida - trocaram os roteiristas, inventaram novos papéis, turbinaram as cenas de sexo -, a Manchete optou por uma alternativa drástica: cortou a história no meio e botou um narrador contando o que aconteceria até o final
REPERCUSSÃO - Para não correr riscos, a Manchete reprisou o megasucesso Pantanal no horário de Brida. Mas não adiantou: a audiência continuou baixa e a emissora naufragou de vez alguns meses depois.


7. Vanucci come bolacha no ar (1998)
 
Para manter seu padrão de qualidade, a Globo mantém regras de conduta rigorosas nas suas dependências. O apresentador Fernando Vanucci resolveu desobedecer uma delas (proibido comer no estúdio), mas foi além: durante o Esporte Espetacular ele entrou no ar comendo uma bolacha.

REPERCUSSÃO - A bolacha foi a tampa da sepultura que Vanucci vinha cavando na Globo havia muito tempo (na Copa de 94, por exemplo, ele se queimou dizendo que não gostava de futebol). Depois de afastá-lo por alguns dias, a emissora resolveu demiti-lo, colocando fim a uma parceria de 26 anos..


Bial: "Isso é coisa de veado!" (1998)
 
As pessoas que viam a matéria sobre o Balé Kirov no Fantástico de 3 de maio ouviram, no meio da matéria, um comentário do apresentador Pedro Bial em alto e bom som: "Isso é coisa de veado!". Bial e sua parceira de estúdio Glória Maria continuaram o programa normalmente, mas os telefones da Globo começaram a tocar loucamente
REPERCUSSÃO - Dias depois, a Globo admitiu a falha em um relatório oficial, mas poupou Pedro Bial da culpa. Segundo a emissora, um equipamento tinha apagado a fita pela metade, deixando parte do áudio gravado em outra ocasião.




Galvão solta o verbo com Pelé (1994)
 
Novamente a Globo caiu na armadilha das parabólicas, que desta vez (durante a Copa de 94) captaram Galvão Bueno discutindo com algum diretor que reclamava dos comentários de Pelé:
"Só se eu matar ele [Pelé], cara! Ele mete a mão no microfone, abre e fala. Quem contratou, conversa, pô." Tudo no ar!
REPERCUSSÃO - O Brasil ganhou a Copa e tudo ficou em paz. Bastou a seleção faturar o caneco para Pelé e Galvão saírem abraçados gritando: "É tetra! É tetra!".



Casal bate boca no Jornal (1993)

Mais um dia, mais uma edição do Jornal do SBT. Nada de novo, até que a âncora Leila Cordeiro dá uma bronca no parceiro de estúdio e marido, Eliakim Araújo:
"Peraí, pára, pára tudo! Pô, assim não dá, Eliakim, você só fica reclamando! Pára um pouco!"
O programa era gravado, mas alguém botou no ar a fita errada e a mancada foi exibida
REPERCUSSÃO - O jornal saiu do ar e, longos segundos depois, voltou a ser transmitido desde o início, com a fita certa, claro.



Bispo chuta imagem de Nossa Senhora (1995)
 
Para mostrar que a Igreja Universal do Reino de Deus não cultua imagens de santos, o pastor Sérgio Von Helder deu socos e pontapés em uma imagem de Nossa Senhora Aparecida bem no dia da santa (12 de outubro). Enquanto aplicava os golpes - exibidos nos programas Despertar da Fé e Palavra da Vida - o bispo dizia: "Isso não é Deus coisa nenhuma"
REPERCUSSÃO - Com medo de perder fiéis, Edir Macedo, o poderoso chefão da Universal, pediu desculpas publicamente, quatro dias após a "santa surra".

 
Kelly Key
“Já fiquei menstruada durante uma gravação de tevê com uma calça branca em Portugal, no início da carreira. A sorte é que o programa era gravado e deu tempo de mudar o figurino.”
Negra Li
“Na entrega de um prêmio, entrei com um chiclete na boca na hora do discurso e, quando fui falar obrigada pelos aplausos, engasguei! Muita gente jura que eu falei ‘aprauso’, com R. Não tive nem a idéia de engolir o chiclete antes de entrar. Mais engraçado ainda quando vi no dia sequinte no Orkut as pessoas dizendo: ‘Como foi que ela foi falar aprauso?’, achando que eu era burra.”
Thaís Fersoza
“Um dia, fui picada por um carrapato durante as gravações, foi horrível! Ainda bem que estava lá o pessoal da saúde, ambulância, que deu toda a assistência pra mim. Eu tenho alergia, inflamou e me deram remédio, fizeram compressa de água fria, fiquei com a perna pra cima e blá-blá-blá…”
Thiago Fragoso
“Durante gravações, já tomei vários estabacos…
Mas já me aconteceu de tudo, rasguei calça…
Eu sempre rasgo minhas calças.”
Sthefany Brito
“Já tive vários micos… Um foi gravando “Páginas da Vida” . Eu tinha que sair correndo da sala, que era minha casa. Nisso, minha bolsa esbarrou num vaso enorme de flores e o vaso foi direto para o chão!
Continuei a cena como se nada tivesse acontecido, mas não teve jeito, tivemos que regravar, porque apareceu muito.”
Gustavo Leão
“Esse foi o maior mico da minha vida. Eu tava num shopping, numa lan house, jogando… e aí uma menina fenomenal passou e eu disse: ‘Nossa!’. Daí eu fui envergando uma cadeira, aquelas de rodinha, e eu tava na última poltrona que tinha um degrauzinho. A rodinha enroscou e eu caí pra trás, levei teclado, computador e mouse. E pensei: ‘O que pode ser pior?’, mas o pior estava por vir. A menina veio me ajudar a levantar e disse: ‘Tá tudo bem?’. E eu falei: ‘Tá ,foi mais pra amaciar o chão que tava meio duro!’.
Detalhe: depois encontrei com a menina de novo, e ela ficou rindo da minha cara!”
Grazi Massafera
“Levei um tombaço na passarela. No sapato que se usa no desfile, geralmente botam uma fita crepe embaixo, para não sujar a sola, pois são sapatos de produção e são devolvidos depois. No meu não era fita crepe, era um outro material que deixou mais liso e escorregadio. Eu pisei, fui com tudo e caí em público. Numa situação dessas, a melhor coisa é dar risadas de si mesmo e levantar.”
Sabrina Sato
“A maior loucura foi o tiro que eu levei. Você levar um tiro de 38 e confiar em um colete a prova de balas, geralmente, você quebra uma costela, mas comigo não aconteceu nada.”
Sabrina já pagou vários outros micos no programa “Pânico na TV”, da Rede TV. Por exemplo:
  • Tomou banho num lava-rápido de automóveis
  • Serviu de parachoque enquanto um homem cego dirigia
  • Foi lançada numa cachoeira enrolada com plástico bolha para flutuar
  • Apostou corrida em cima de um avestruz (e se machucou)
  • Cruzou uma ponte suspensa no ar a pé
  • Enroscou num edifício ao flutuar apenas presa por bexigas
  • Participou de uma corrida dentro de um caixão.

Silvio Santos
Quando a licença para interpretar o apresentador do SBT “Sílvio Santos” estava acabando, a dupla “ O repórter Vesgo e o Silvio (Ceará) do programa “Pânico na TV”  foram a Los Angeles e pediram ao Silvio Santos que liberasse o “Ceará” para continuar interpretando o personagem. Eles até convenceram Silvio a fazer a “Dança do siri”.


Gianne Albertoni
“Mico é o que não falta na minha vida, pra falar a verdade! Especialmente com relação a linguas estrangeiras. A primeira vez que eu fui pra Nova York, não entendi o que eles estavam falando, achei que o prédio estava pegando fogo e não era. Foi um teste de incêndio. E eu lá na rua, desesperada, de pijama, achando que estava pegando fogo e não estava. Acho que esse foi o maior mico de todos.”
Bruno Garcia
“Eu gosto muito de ser divertido no set de gravação. E, em “Bang Bang”, reencontrei um câmera que fez a série “Sexo Frágil” comigo. Na hora, falei com ele como se fosse a Wilminha. Dei dois beijinhos nele. O set silenciou e ai lembrei que estava de “Ben Silver”. Na verdade, foi um mico maior pra ele do que pra mim. “
Deborah Secco
“Eu caio muito. Mas o tombo mais marcante foi na minha novela de estréia, “A Próxima Vitima”. No meu primeiro dia de gravação, caí e sujei o figurino inteiro. Não foi um mico, foi uma trajédia mesmo.
KLB
Pra não correr o risco de se atrasarem, os meninos do KLB chegam bem adiantados nas festas. Pelo menos, dois deles confessam que já fizeram isso:
“Teve uma vez que fui a uma festa com um amigo meu e, quando cheguei no local, não tinha festa! Era só dali á uma semana! Fiquei com vergonha das pessoas que sabiam que eu tinha ido na data errada”, conta Bruno.
O Kiko tem uma história parecida: “Fui a festa no dia errado também. Eu e meu pai. A festa era uma entrega de prêmio, muito chique, a genta estava de black-tie e tudo. Chegamos ao hotel onde ia ser a festa e os seguranças ficaram olhando pra nossa cara… Perguntei se eles não estavam sabendo da festa e falaram que sabiam sim, mas ia ser dali a um mês só!”, lembra.

Agora veja alguns micos de artistas que preferem nem lembrar

Justin Timberlake
O cantor Justin Timberlake disse abertamente que cuida de sua dieta e nunca come junk food, "as pessoas deviam tomar conta de seus corpos e comer muitos vegetais e frutas frescas". Até aí, nada de mais. O problema é que Justin havia assinado um contrato milionário para se tornar o novo garoto-propaganda da rede da multinacional de lanchonetes McDonald?s, conhecida por seus sanduíches altamente calóricos.
Mais do que uma mancada, Timberlake se mostrou profissionalmente anti-ético e não confiável.
Alanis Morissette
A cantora cometeu um engano um tanto quanto engraçado. Ela terminou um show para 14 mil pessoas em Lima, capital do Peru, com a frase "Thank You Brazil". Para piorar o mico, mais tarde Alanis disse para a imprensa que estava alcoolizada e não sabia o que estava fazendo.
Madonna
Na coletiva de imprensa de lançamento do livro infantil "As Rosas Inglesas", escrito por Madonna, uma jornalista perguntou à cantora se ela pretendia ser a nova Enid Blytron. A popstar prontamente fez a pergunta: "Quem é ela? É boa?". Detalhe: Enid Blyrton é a autora britânica de livros infantis mais bem sucedida do século XX, que vendeu mais de 100 milhões de livros pelo mundo.
Michael Jackson
O rei do pop Michael Jackson foi alvo de brincadeira no Video Music Awards 2003. A organização fez uma piada com a gafe do músico em 2002, quando o cantor achou que recebera o prêmio de "artista do milênio" e havia sido homenageado com um troféu pelo seu aniversário de 44 anos. O artista americano Jack Black entrou no palco ao som de "Black or White", música de Jackson, e fez a seguinte declaração: "Se um dia me dissessem que eu iria ganhar o prêmio ?gênio do milênio?, eu não acreditaria. Mas ganhei". A brincadeira divide opiniões, para alguns foi de mal gosto e para outros válida. O fato é que mesmo depois de um ano do ocorrido, Michael foi ridicularizado pela sua gafe.
Britney Spears
A popstar estrelava um comercial para o refrigerante Pepsi e foi fotografada por um jornal australiano tomando uma Diet Coke, do grupo Coca-Cola, que é concorrente direto da marca. Pior do que isso foi a saia-justa no Rock in Rio, quando Britney foi vaiada e acusada de ter feito sua apresentação com playback. Spears esqueceu o microfone ligado enquanto se preparava no intervalo dos shows, nos bastidores, e lançou um monte de nomes e referências mal-educadas para o público, causando a ira de algumas pessoas.









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...