10 atores que tentaram ingressar no mundo musical

O mundo da música, assim como o cinema é muito concorrido, abrangendo os mais variados gostos, o que poucos sabem é que muitos destes artistas do cinema já tentaram ingressar nesta carreira também.

Não são poucas as celebridades que partem para o mundo da música, tendo talento musical ou não, e muitos destes lançamentos acabam se tornando um total fracasso, sequer saem das prateleiras, acabando por serem esquecidos.

Conheça algumas das celebridades que tentaram ingressar no mundo musical e poucos sabiam.

 

Jennifer Love Hewitt

Aos 3 anos Jennifer se apresentou pela primeira vez em público, cantando em uma exposição agrícola de sua cidade natal. Aos 5 começou a ter aulas de sapateado, jazz e balé. Aos 10 anos excursionou pela Europa com o grupo de dança Texas Show Team.

Antes de ficar mais conhecida como atriz, Jennifer queria seguir carreira de cantora. Gravou três CDs: Love Songs, em 1992, trilha sonora de um vídeo de ginástica inspirado na boneca Barbie e lançado no Japão; Let´s Go Bang, em 1995; e Jennifer Love Hewitt, em 1996. Seu trabalho mais conhecido como cantora é o álbum BareNaked, de 2002. Em 2006 lançou uma coletânea de sucessos anteriores a 2002 chamada Cool With You: The Platinum Collection, disponível somente na Ásia.

Seu primeiro trabalho como atriz foi na série de televisão Kids Incorporated, em 1984. Tornou-se conhecida por seu papel nas séries Party of Five e Ghost Whisperer. Em 1992 estreou no cinema com Munchie (br: Meu Amigo Munchie). Hewitt também estrelou os filmes de suspense I Know What You Did Last Summer (br: Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado) e I Still Know What You Did Last Summer (br: Eu Ainda Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado) . Seguiram-se outros papéis no cinema e, principalmente, na televisão americana.

Os mais recentes e conhecidos filmes em que a atriz participou foram "Garfield O Filme", "O Terno de Dois Bilhões de Dólares" e "O Julgamento do Diabo".

Foi personagem da série humorística Family Guy, no 19º episódio da terceira temporada.

 

William Shatner

Shatner começou atuando em peças e, nos anos 50, passou a fazer pequenos papéis em filmes canadenses. Foi para os EUA e passou a participar de dezenas de filmes, como The Intruder (1962) e Judgment at Nuremberg (1961). Também fez participações em diversos seriados, como Alfred Hitchcock Presents (em 1957 e 1960), The Twilight Zone (em 1960, no episódio Nick of Time, e 1963, no episódio Nightmare at 20000 Feet), The Other Limits (em 1964), The Man from U.N.C.L.E. (em 1964) e Emergência 911 (1989).

Shatner já trabalhou como escritor, produtor, diretor e músico. Já contracenou com o ator Leonard Nimoy em seis séries diferentes: The Man from U.N.C.L.E., Star Trek, Star Trek: A Série Animada, Mission: Impossible, TJ Hooker e Futurama. Shatner atuou em outra série como personagem principal, chamada T.J. Hooker (conhecida no Brasil como Carro Comando) de 1982 a 1986.

Em 1965 Jeffrey Hunter foi escalado para o papel de capitão Christopher Pike, da USS Enterprise no episodio piloto mas decidiu não continuar na serie; então William Shatner foi escalado para o personagem principal em um segundo episódio-piloto da série Star Trek para a NBC. O programa foi aprovado e em 8 de setembro de 1966 estreava Star Trek (Jornada nas Estrelas). Shatner interpretava James T. Kirk, o capitão da nave estelar USS Enterprise, e foi para este programa que Shatner criou essa trilha sonora.

Depois de apenas três temporadas, em 1969, o seriado foi cancelado, mas as reprises fizeram de Jornada nas Estrelas um sucesso e William Shatner, um astro. Logo, em 1973, dublou Kirk em Jornada nas Estrelas: A Série Animada e, em 1979 o interpretou no filme Star Trek: The Motion Picture.

Também fez Kirk em outros cinco filmes com o elenco da série clássica e em Star Trek: Generations (1994), com os elencos da série clássica e da Nova Geração. Em 1989, se arriscou na direção com Jornada nas Estrelas V: A Última Fronteira, mas não foi bem sucedido.

Kirk é até hoje adorado e considerado pelos fãs um dos melhores personagens de toda a franquia de Star Trek.

Depois de uma fase de decadência, Shatner retornou com sucesso à televisão interpretando o advogado Denny Crane, na série Boston Legal (conhecido no Brasil como Justiça sem Limites). Por esse papel foi indicado duas vezes ao Emmy, ganhando uma, em 2005.

 

David Hasselhoff

Aos sete anos, começou a ter lições de dança e de interpretação. Aos 18 anos, conseguiu arranjar um pequeno papel numa peça da Broadway e em breve chegou a director de coreografia. Impressionou as audiências femininas com um papel de médico na telenovela The Young and the Restless (1975-1982). As suas primeiras incursões cinematográficas foram discretas e em filmes que foram fracassos comerciais: Revenge of the Cheerleaders (1976) e Starcrash (1979).

Foi com o seu papel de combatente do crime Michael Knight, em Knight Rider (A Super Máquina, 1982), que Hasselhoff se tornou uma estrela mundial. Em 1988, conheceu Jack White, produtor discográfico alemão que o convenceu a gravar um álbum: Looking for Freedom, que vendeu centenas de milhares de cópias por toda a Europa. Depois deste vieram outros álbuns mas nenhum que fizesse David se destacar e se firmar no mundo musical.

De regresso aos Estados Unidos, foi convidado a protagonizar a série Baywatch (SOS Malibu, 1989-2000), que permaneceu em exibição durante onze temporadas. A partir daí, continuou a ser presença constante em séries televisivas e telefilmes, enquanto travava uma batalha paralela contra o alcoolismo, tendo chegado a ser internado numa clínica de desintoxicação em 2002. Em 2006 fez uma participação especial no filme animado Bob Esponja - O Filme e o filme Click, ao lado de Adam Sandler e Kate Beckinsale. Em 2008 estrelou o telefilme Anaconda 3. De 2006 a 2009 foi jurado do programa de televisão americano America's Got Talent.

 

Lindsay Lohan

Começou a carreira como modelo infantil, antes do seu primeiro filme, Operação Cupido. Lohan ganhou uma fama maior ainda ao protagonizar filmes de grande sucesso de bilheteria, sendo eles Sexta-Feira muito Louca, Meninas Malvadas e Herbie, Meu Fusca Turbinado.

Sua carreira foi interrompida em 2007, depois de ter sido pega duas vezes dirigindo alcoolizada e ter se internado três vezes em clínicas de reabilitação, acabou prejudicando sua carreira no cinema e na música. Sua carreira retomou ao participar da terceira temporada do seriado Ugly Betty, em 2008, e mais tarde, a comédia Meu Trabalho é um Parto. Na carreira de cantora, Lohan já lançou dois álbuns de estúdio, sendo eles Speak, lançado em 2004 e A Little More Personal (Raw) em 2005.

Em 1999, Lindsay começou a dar seus primeiros passos como cantora, dedicando-se à nova carreira até 2002. Descoberta como cantora pelo produtor Emilio Estefan Jr, Lindsay assinou um contrato de cinco álbuns em 2002. Segundo Emilio: No minuto em que eu a ouvi cantar, eu percebi que ela era capaz de cantar qualquer tipo de música.

Assim como sua referência, Ann Margaret, Lindsay começou a mostrar suas habilidades de cantora através de seus filmes. Em 2003, no filme Freaky Friday, Lindsay canta como tema do filme a música Ultimate, música que se tornou um hit.

Em Confessions of a Teenage Drama Queen, Lindsay grava parte da trilha sonora do filme, além da música-tema That Girl, seu primeiro single oficial, e com um videoclipe. A música logo entrou para as paradas das rádios, fazendo Lindsay ser conhecida, além de atriz, como cantora teen.

Lindsay gravou dois álbuns que tiveram aceitação moderada pelo público graças as canções que entraram em filmes. Algumas músicas se destacaram nas rádios, mas logo foram esquecidas devido a grande concorrência de outras cantoras do mesmo gênero.

 

Jamie Foxx

Artista incrivelmente versátil, adotou o sobrenome "Foxx" em homenagem ao famoso comediante Redd Foxx, atendeu à aulas de piano clássico na Juilliard, participou do programa de comédia In Living Color, teve seu próprio programa de TV, a aclamada comédia The Jamie Foxx Show, além de ter sido indicado à dezenas de prêmios por suas mais recentes interpretações no cinema.

Foi o terceiro negro a ganhar um Oscar de Melhor Ator (por sua excepcional atuação de Ray Charles no filme "Ray") e a primeira pessoa a ser triplamente indicada num Globo de Ouro no mesmo ano - Melhor Ator (pelo mesmo Ray), Melhor Ator em Filme para TV (Redemption) e Melhor Ator (coadjuvante/secundário) (Collateral), além de ser o segundo homem - e primeiro negro - a entrar na seleta lista de indicados a melhor ator/atriz (coadjuvante/secundário) no mesmo ano. Para completar, foi a quarta pessoa à ganhar um Oscar e atingir o no.1 de vendas na parada musical da Billboard, e a primeira à fazê-lo no mesmo ano - por Gold Digger, cantada ao lado de Kanye West.

E em fevereiro de 2010, foi o apresentador do video "We are the world 25 for Haiti", uma campanha semelhante a campanha anterior, USA for Africa de 1985, mas dessa vez com foco no desastre ocorrido no Haiti.

Jamie Foxx é também um bem-sucedido cantor e compositor. Começou ainda novo a tocar piano, e chegou a ter aulas de piano clássico enquanto estava na faculdade. Em 1994, Foxx lançou seu primeiro álbum, pela Fox. O álbum se chamava Peep This, mas obteve um sucesso apenas mediano. Em 2001, Foxx apresentou o Video Music Awards da MTV. O ator e cantor assinou contrato com a Arista Records pertencente ao grupo Sony BMG.

Sua carreira musical recomeçou, de forma chamativa, em 2004, quando participou da música "Slow Jamz", do rapper Twista, contando também com a participação de Kanye West. A música alcançou o primeiro lugar na lista de singles norte-americanos Billboard Hot 100, e terceiro lugar na lista do Reino Unido. Foxx colaboraria com Kanye West por uma segunda vez, na música "Gold Digger", dessa vez cantando inspirado pela forma como Ray Charles cantava. A música debutou diretamente no primeiro lugar do Top 100 da Billboard e permaneceu nessa posição por 10 semanas seguidas.

Em 2005, no Grammy, Foxx cantou, junto de Alicia Keys e Quincy Jones "Georgia on My Mind, como tributo à Ray Charles. No ano seguinte, Foxx seria indicado à Melhor Performance Masculina de R&B, por "Creepin".

Undpredictable é o segundo álbum de estúdio de Jamie Foxx, vendendo mais de 598,000 cópias na sua primeira semana, mas falhou em atingir a primeira posição de vendas nos Estados Unidos.

Após esse começo na segunda posição, Unpredictable acabou subindo para o topo da parada de álbuns pop da Billboard na sua segunda semana, com vendas de mais de 200,000 cópias nos Estados Unidos. O álbum alcançaria a nona posição na parada de álbuns do Reino Unido.

Unpredictable é o primeiro álbum à conseguir tal feito - subir à primeira posição sem ter debutado nela - desde Fevereiro de 2005, quando Genius Loves Company, de Ray Charles, conseguiu tal feito. Conseguindo a primeira posição da Billboard, Foxx se tornou o quarto artista a ganhar um Oscar por sua atuação e ter um álbum na primeira posição de vendas. (Sendo os outros três a conseguir tal façanha Frank Sinatra, Bing Crosby e Barbra Streisand.)

O primeiro single do álbum, a faixa-título "Unpredictable" entrou para o top 10 do Billboard Hot 100 e para o Top 20 da parada de vendas do Reino Unido. O segundo single norte-americano foi "DJ Play A Love Song", que reuniu mais uma vez Jamie Foxx com Twista para uma colaboração. No Reino Unido, entretanto, o segundo single do álbum foi "Extravanganza" (por vezes chamado de "One Night Extravaganza"), que reunia Jamie Foxx com outro artista importante para sua carreira: Kanye West.

Jamie conseguiu se destacar na música com algumas canções, principalmente por terem sido feitas em parceria com artistas mais conhecidos pela mídia. Mas lugar de destaque mesmo Jamie só conseguiu como ator.

 

Naomi Campbell

Naomi Campbell iniciou a carreira de manequim aos 15 anos, quando foi descoberta no parque de Covent Garden por um agente da Elite Model estadunidense, John Casablancas. Quando passava nas imediações da prestigiada escola de arte Italia Conti onde Naomi aprendia dança clássica, Casablancas não pôde deixar de reparar na beleza da jovem que misturava traços jamaicanos e chineses. Começou aí a sua meteórica ascensão até a fama, que levou um grande impulso em agosto de 1986, ao aparecer na capa da versão britânica da revista de moda Elle. Mudou-se então para Paris, com o intuito de desenvolver a sua imagem.

Em 1988, quando já era muito solicitada por diversos costureiros, como Versace (o seu maior impulsionador) e Ralph Lauren, foi a primeira mulher negra a aparecer nas capas das revistas Vogue francesa e inglesa e ainda na TIME. Mudou-se no ano seguinte para Nova Iorque, onde passou a viver, não demorando muito tempo a aparecer na capa da Vogue norte-americana. Em 2008 surpreendeu ao posar com os seios à mostra para a edição de dezembro da Vogue russa.

Em 1991, surgiu junto com Eva Herzigova numa campanha para a marca Guess?.

A marca de pneus Pirelli, que todos os anos escolhe uma top model para ilustrar os seus famosos calendários, optou por Campbel em 1995. Nesse mesmo ano, a modelo inglesa gravou um CD intitulado "Babywoman", que vendeu mais de um milhão de cópias. Álbum este que nem mesmo Campbel deve lembrar que gravou. Ainda em 1995 lançou o livro Swan, que conta uma história de suspense envolvendo cinco manequins e as suas viagens à volta do mundo. Publicou também um livro ilustrado com as suas melhores fotos.

Campbell apareceu em vários videoclipes de artistas famosos: aos 7 anos fez uma ponta em Is this Love? de Bob Marley; em 1982, apareceu sapateando em I'll Tumble 4 Ya, da banda Culture Club; em 1990, em Freedom 90, de George Michael e em 1992, em In the Closet, de Michael Jackson e Erotica, de Madonna.

 

Paris Hilton

Conhecida pela série de televisão The Simple Life, Hilton também fez aparições em vários filmes com papéis pequenos, sendo mais notável no filme de terror House of Wax (A Casa de Cera). Em 2004 publicou uma autobiografia tongue-in-cheek. Em 2006, lançou seu álbum de estreia Paris.

Em 2004 Hilton fundou sua própria gravadora, a Heiress Records, uma sub gravadora da Bang Bros. Records, e em 22 de Agosto de 2006 lançou seu álbum Paris sob aquela gravadora. O álbum alcançou a 4ª posição na parada de álbuns do Canadá, e a 6ª posição na parada de álbuns americana Billboard 200 e na parada mundial, o álbum ganhou notoriedade graças ao single "Stars Are Blind", e vendeu pouco mais de 2,3 milhões de cópias ao redor do mundo. No geral, as críticas foram divididas. Em julho de 2007, Hilton havia confirmado estar trabalhando em um novo álbum com o produtor Scott Storch. Paris Hilton pode não ser a melhor cantora de todos os tempos, mas sua forma de fazer música já atraiu a todos.

Teve uma breve participação como compositora no seu primeiro single, intitulado como "Turn It Up", do álbum Paris, lançado em 2006 pela sua gravadora.

 

Shaquille O'Neal

Mais chamado de Shaq, é um ex-jogador de basquetebol.Com 2,16 m de altura e 147 kg, o super-pivô é um dos melhores jogadores da história da NBA e consta na lista dos 50 maiores jogadores da liga em todos os tempos. Shaq tem 4 títulos da NBA, o mais recente veio em 2006, jogando pelo Miami Heat. O'Neal também tem carreira na música e no cinema, tendo gravado alguns álbuns e participado de vários filmes.

Shaq ganhou diversos prêmios como o melhor jogador da NCAA em 1991 e bateu recordes da Liga, como os 17 tocos dados em um único jogo, no dia 3 de dezembro de 1990. Atualmente, o pivô faz parte do hall da fama da Universidade de Luisiana. Atualmente aposentado. Além de jogar ao lado de lendas do basquete como Michael Jordan e Scottie Pippen. Foi também na temporada de estréia que O'Neal quebrou duas tabelas da NBA durante jogos e os vídeos desses lances fazem muito sucesso até hoje na internet.

Apesar de O'Neal ser bastante conhecido e até ter números expressivos de vendas de álbuns, é desconhecido de muita gente que ele tenha lançado mais de um disco.

 

Bruce Willis

O retorno de Bruno é um álbum lançado pelo ator Bruce Willis em 1987, com músicos de apoio, incluindo Booker T. Jones, Ruth Pointer e The Temptations. Cada canção é um cover, com exceção de "Jackpot (Bop Bruno)", para o qual Willis recebe um crédito de co-escrita com o produtor Robert Kraft.

O álbum alcançou a posição 14º na parada de álbuns Billboard 200. O single leadoff "Respect Yourself" chegou ao 5º posição na parada de singles Billboard Hot 100 e número 7 no Reino Unido. jà os singles "Young Blood" e "Under the Boardwalk" não se sairam tão bem, atingindo um máximo de 68º e 59º, respectivamente. No entanto, na Grã-Bretanha "Under the Boardwalk" foi um enorme sucesso, alcançando 2º posição nas paradas.

Mesmo com um número considerável de vendas o álbum acabou sendo esquecido e Bruce percebeu que seu lugar é mesmo nas telas do cinema.

 

James Franco

O ator James Franco (mais conhecido pelo seu papel no filme "O homem aranha") lançou seu primeiro e talvez o último álbum intitulado "Turn It Up", no dia 12 de julho de 2011. Um EP em parceria com a drag queen Kalup Linzy, e foi colocado para download e em edição limitada em vinil.

O disco incluiu duas músicas, "Rising (Both Sides Now)" e "Turn It Up (So We Can Turn It Out)". A dupla também gravou uma terceira canção, "Fly Away", e pretende fazer clipes para as três faixas, de acordo com o site Pitchfork. Da música "Rising" já existe um videoclip.

James Franco e Kalup Linzy se reuniram pela primeira vez numa gravação da série de televisão "General Hospital".

Nenhum comentário:

id='comment-post-message'>

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...