Benefícios de se ter uma horta em casa

 

Quem vive na cidade vive basicamente de produtos industrializados, até mesmo os produtos naturais como frutas, verduras e legumes, são comprados no supermercado, existem também feirinhas, mas até mesmo elas possuem alimentos quase que praticamente industrializados.

 

Como assim hortaliças industrializadas?

 

Estou falando dos produtos químicos que são usados em grandes plantações, encontramos verduras e legumes graúdas no mercado e julgamos ser de boa qualidade, mas eles estão bonitos e graúdos assim por conta dos aditivos químicos que são usados de forma descontrolada nas lavouras com o intuito de faze-los crescer mais rápido. Você, como todo brasileiro sabe que o comércio não pode parar, tudo tem que ser feito e produzido de forma rápida e em grande escala.

Mas o que pode ser feito para mudar essa situação, o que podemos fazer para continuar comendo verduras, frutas e legumes de qualidade e gastando pouco.

 

É aí que entra a dica que vamos dar agora!

 

HORTAS CASEIRAS ou HORTAS EM CASA – Elas trazem muitos beneficios pra nossa vida e acabam servindo de incentivo para a garotada que detesta comer legumes e verduras.

 

- Uma criança que acompanha o crescimento de uma mudinha até a hora de colher se sente muita mais motivada e interessada em experimentar aquela folhinha.

- É também uma forma de se manter ocupado com algo prazeroso, quem passa o tempo todo em casa, como os idosos, por exemplo, eles se sentem mais produtivos e úteis para o resto da família.

- Evita gastos maiores no supermercado, com essa crise interminável que vivemos e a mudança de clima constante, as lavouras estão produzindo cada vez menos, o preço desses alimentos estão ficando absurdos.

- Trás uma qualidade de vida maior pra família consumindo alimentos totalmente naturais, livres de agrotóxicos.

-  Deixa a casa mais agradável, mais bonita

- Um ar mais puro, ideal para quem tem problemas respiratórios.

 

Existem muitos outros benefícios que só quem já aderiu a ideia conhece!

Não é preciso ter um quintal em casa para fazer uma horta, existem meios alternativos, onde você pode plantar dentro de casa e em apartamentos, você pode ter aquele vasinho em qualquer cantinho desde que recebe um pouco de sol por algumas horas no dia, as plantas precisam da luz do sol mesmo que seja pouco.

É claro que é preciso também levar em conta o que você quer plantar, o tamanho do vaso e o espaço da casa.

 

VOCÊ PODE PLANTAR EM:

 

  • Direto na terra: ideal para quem tem quintal com espaço, nesse modelo tradicional as sementes ou mudas são plantadas direto na terra.
  • Vasos: vasos são alternativas práticas tanto para quem mora em casa quanto em apartamento, com várias opções de tamanhos, materiais, formatos e cores.
  • Embalagens recicladas: garrafas pet, latas de refrigerante ou alimentos, caixas de leite, potes de vidro. É uma saída barata, rápida e sustentável.
  • Floreiras: oferecendo um bom espaço, as floreiras são ótimas para uma horta compacta em pequenos espaços.
  • Caixas de madeira: espaçosos e baratos, caixotes de madeira e pallets podem ser boas escolhas.
  • Horta vertical: ideal para quem mora em apartamento, esse modelo consiste em montar a horta aproveitando espaços próximos a paredes. A horta vertical pode ser plantada em vasos, embalagens recicladas, estruturas de madeira e sapateiras.
  •  

     

    Seja qual for o utensílio que você for usar não deixe de fazer furos no fundo, para não encharcar a planta, ela pode acabar morrendo antes mesmo de florescer e dar frutosWilted rose, e principalmente PARA NÃO DEIXAR ÁGUA PARADA, coloque areia em volta se for o caso, ou escorra por completo.OK!

     

    Pequenos espaços podem render ótimas hortas, mas para que as plantas tenham um bom desenvolvimento é preciso observar a iluminação do local.

    “Para o cultivo de hortaliças precisamos de, no mínimo, cinco horas de luz do sol direta por dia, pode ser no período da manhã ou da tarde. Não coloque na sombra ou luz indireta”,

    aconselha Caroline Reyes, agrônoma da Embrapa Hortaliças (Brasília/DF).

     

     

    EBOOK - Hortas: 500 perguntas, 500 respostas

     

    O PRODUTOR PERGUNTA A EMBRAPA RESPONDE!

    É errado chamar as hortaliças de verduras e legumes?

    O que significa hortifrutigranjeiro?

    Qual o melhor tipo de adubo para uma horta caseira?

    Essas e outras 497 perguntas são respondidas pela Embrapa nesta publicação que serve tanto para agricultores quanto para quem quer ter uma horta na cidade.

    Faz parte da coleção 500 perguntas 500 respostas

     

     

     

     

    VEJA AS 20 HORTELIÇAS MAIS APROPRIADAS PARA SE PLANTAR DENTRO DE CASA

     

    1. Hortelã

    Como plantar: a hortelã pode ser plantada por mudas ou sementes, conforme a espécie. É aconselhado fazer o plantio em um local sem ação de ventos fortes, uma vez que estes podem prejudicar o crescimento da planta.

    Quando plantar: embora a planta seja resistente a mudanças de clima, o ideal é plantar durante a primavera ou outono, quando as temperaturas são mais amenas.

    Cuidados e quando colher: é preciso manter o solo adubado e irrigado, além de controlar o crescimento de ervas daninhas. A colheita pode ser feita a qualquer momento, tanto pela haste quanto apenas de algumas folhas. Ao colher pela haste, corte-a acima do primeiro par de folhas.

     

    2. Salsinha

    Como plantar: as sementes podem ser plantadas em recipientes com profundidade de, pelo menos, 30 cm, para favorecer o desenvolvimento das raízes. Para agilizar a germinação, uma dica é deixar as sementes de molho em água por um dia antes de plantá-las.

    Quando plantar: a salsa pode ser plantada em qualquer época do ano, de preferência aproveitando dias em que não faça calor ou frio excessivo.

    Cuidados e quando colher: mantenha o solo sempre bem irrigado e planeje adubações frequentes. A colheita pode ser feita, em média, de dois a três meses após o plantio. As folhas devem ser colhidas inteiras.

     

    3. Cebolinha

    Como plantar: pode ser plantada em sementes ou mudas. Caso as sementes não sejam plantadas diretamente no local definitivo, o transplante pode ser realizado depois de 30 a 40 dias.

    Quando plantar: durante todo o ano, dando preferência às épocas de clima ameno.

    Cuidados e quando colher: solo irrigado e adubado, com abundância de nutrientes. A colheita pode ser feita de dois meses e meio a quatro meses após o plantio. Colha as folhas inteiras, retirando-as pela base e nunca pela metade.

     

    4. Alecrim

    Como plantar: o alecrim pode ser plantado por sementes ou mudas. No caso das mudas, o transplante para lugar definitivo deve ser feito apenas quando o ramo atingir entre 15 e 20 cm.

    Quando plantar: plantas jovens não devem ficar expostas a temperaturas muito baixas, então prefira realizar o plantio em épocas mais quentes, como primavera ou verão.

    Cuidados e quando colher: resistente a secas, as regas devem ser mais frequentes na planta jovem e podem ficar mais espaçadas na planta desenvolvida. A colheita pode ser feita a partir do terceiro mês após o plantio, sem retirar mais da metade dos ramos de uma só vez para não prejudicar o crescimento.

     

    5. Manjericão

    Como plantar: pode ser plantado em sementes já nos lugares definitivos ou para ser transplantado com cerca de 10 a 15 cm. Mudas podem ser feitas a partir de ramos de plantas adultas; neste caso, o comprimento deve ser de em média 15 cm e o ramo deve ser mergulhado em água até que as raízes se formem.

    Quando plantar: o manjericão não tolera baixas temperaturas. O ideal é plantá-lo em épocas quentes, com temperaturas acima de 18º C.

    Cuidados e quando colher: as folhas podem ser colhidas após dois ou três meses do plantio. A irrigação deve ser constante, mantendo o solo sempre com umidade média.

     

    6. Alface

    Como plantar: a alface pode ser plantada em sementes diretamente no local definitivo ou transplantada posteriormente – nesse caso, o ideal é fazer a mudança quando a planta já tiver de quatro a seis folhas, com o solo bastante irrigado.

    Quando plantar: estações de clima ameno, como primavera e outono, são as mais indicadas para o plantio. Altas temperaturas podem impedir o desenvolvimento das sementes.

    Cuidados e quando colher: a melhor maneira de colher é cortando a planta pela base, deixando cerca de 2,5 cm de caule acima do solo para que as folhas possam voltar a brotar. A planta pode ser colhida entre 55 e 130 dias após o plantio.

     

    7. Couve

    Como plantar: em sementes ou mudas. Quanto maior o espaço disponível, maior será o desenvolvimento da planta. Caso opte por plantar em vasos, a recomendação é de que ele tenha pelo menos 25 cm de diâmetro.

    Quando plantar: a couve pode ser plantada durante todo o ano, mas se adapta melhor a épocas de clima ameno ou frio. No verão, a tendência é que o crescimento seja reduzido.

    Cuidados e quando colher: o solo deve ser mantido bem adubado e irrigado. Cortar a ponta do caule principal é uma medida que estimula o crescimento de brotos laterais. A colheita pode ser feita entre 10 e 16 semanas depois do plantio, deixando no pé algumas das folhas mais jovens para não barrar o desenvolvimento.

     

    8. Brócolis

    Como plantar: o brócolis se dá bem em pequenos espaços, podendo ser plantado em sementes ou mudas já no local definitivo.

    Quando plantar: pode ser cultivado durante todo o ano, mas se desenvolve melhor em clima ameno.

    Cuidados e quando colher: essa é uma planta exigente em nutrientes, é preciso manter o solo rico em matéria orgânica com adubagens frequentes. A colheita pode ser feita entre 60 e 110 dias após o plantio, dependendo da espécie.

     

    9. Espinafre

    Como plantar: o espinafre se adapta bem a pequenos espaços e pode ser plantado diretamente no local definitivo, em sementes.

    Quando plantar: se desenvolve melhor em clima ameno. Para regiões muito quentes, a melhor época para o plantio é durante o outono.

    Cuidados e quando colher: irrigação frequente é o principal cuidado com a planta, que é de trato simples. A colheita pode ser feita de 40 a 100 dias após o plantio. Se for colher apenas algumas folhas, retire sempre as mais externas. Caso vá colher a planta inteira, corte pela base deixando cerca de 2,5 cm de caule acima do solo para o rebrotamento.

     

    10. Agrião

    Como plantar: o agrião não exige muito espaço e pode ser plantado em sementes, no seu local definitivo.

    Quando plantar: outono ou primavera, quando o clima está mais ameno.

    Cuidados e quando colher: é bastante sensível a secas, por isso mantenha sempre o solo úmido. As folhas podem começar a ser colhidas entre 60 e 80 dias após o plantio.

     

    11. Repolho

    Como plantar: o repolho é plantado em sementes no local definitivo ou transplantado com cerca de 10 cm de altura. Quanto maior o espaço disponível, maiores serão as cabeças produzidas.

    Quando plantar: pode ser plantado durante todo o ano, uma vez que há variedades que se desenvolvem melhor no verão ou no inverno.

    Cuidados e quando colher: deve ser irrigado com frequência e exige luz direta. A colheita pode ser feita quando as cabeças estiverem bem formadas e firmes, o que acontece de dois a quatro meses após o plantio.

     

    12. Tomatinho cereja

    Como plantar: plantado em sementes. Caso opte por fazer o transplante, faça isso quando as plantas atingirem aproximadamente 10 cm de altura.

    Quando plantar: a melhor época para o plantio do tomatinho cereja é no início da primavera.

    Cuidados e quando colher: a colheita pode ser feita entre 60 e 70 dias após o plantio, quando os frutos estiverem maduros. Caso o peso dos frutos comece a envergar o caule, ate uma estaca para sustentar a planta.

     

    13. Cenoura

    Como plantar: plante a cenoura em solo profundo, leve e livre de pedras ou outros detritos. As sementes devem ser plantadas no local definitivo.

    Quando plantar: o plantio ideal é em épocas de clima ameno. Evite plantar em dias muito frios ou com temperaturas muito elevadas, acima de 30º C.

    Cuidados e quando colher: a colheita pode ser feita de dois a quatro meses após o plantio, conforme a espécie da cenoura. A irrigação deve ser frequente, sempre tomando cuidado para não encharcar o solo.

     

    14. Beterraba

    Como plantar: plante em solo leve e livre de detritos, em mudas ou sementes. Pode ser plantada em local definitivo ou transplantada, cuidadosamente, quando a planta atinge 5 cm de altura.

    Quando plantar: a beterraba não se desenvolve bem em altas temperaturas, mas consegue suportar o frio quando adultas. Prefira, então, plantar em épocas de clima ameno, como o início do outono.

    Cuidados e quando colher: não deixe as raízes ficarem expostas, para fora da terra. Dependendo da espécie de beterraba, a colheita pode ser feita de dois a seis meses após o plantio.

     

    15. Rabanete

    Como plantar: plante as sementes de rabanete em solo leve e livre de detritos no local definitivo. Lembre-se de selecionar um recipiente com profundidade adequada ao tamanho das raízes da espécie semeada.

    Quando plantar: especialmente em épocas de clima ameno, mas existem espécies resistentes a outras condições climáticas.

    Cuidados e quando colher: não deixe o solo secar completamente, faça regas frequentes. A colheita acontece após 25 a 80 dias do plantio, conforme a espécie.

     

    16. Morango

    Como plantar: pode ser plantado em vasos e outros recipientes facilmente por não possuir raízes profundas. É mais comum o plantio de mudas, mas também pode ser platado em sementes.

    Quando plantar: prefira dias frescos e nublados para realizar o plantio, especialmente na época que compreende o fim do verão até o fim do outono. O morango desenvolve melhor os frutos quando as temperaturas não são muito elevadas.

    Cuidados e quando colher: para produzir mais frutos, corte os estolhos assim que eles surgirem. Colha quando os frutos estiverem maduros, o que ocorre de 60 a 80 dias após o plantio.

     

    17. Abóbora

    Como plantar: plante as sementes em solo rico em matéria orgânica. Caso opte por não plantar diretamente no local definitivo, faça o transplante quando os ramos tiverem três folhas.

    Quando plantar: crescem melhor em climas quentes, portanto prefira plantar quando o inverno já tiver acabado, especialmente no início da primavera.

    Cuidados e quando colher: mantenha o solo úmido, com irrigações frequentes. A colheita acontece cerca de quatro meses após o plantio.

     

    18. Abobrinha

    Como plantar: plante as sementes de abobrinha no local definitivo ou transplante quando o pé tiver pelo menos três folhas. A abobrinha pode ser plantada em vasos, mas se desenvolve melhor em canteiros.

    Quando plantar: em épocas quentes, que são mais adequadas para o crescimento da planta. Não plante em temperaturas menores que 15º C.

    Cuidados e quando colher: os frutos devem ser colhidos quando bem desenvolvidos, mas sem estarem completamente maduros. Após o plantio, o tempo é de 45 a 80 dias até a colheita.

     

    19. Pepino

    Como plantar: o ideal é que as sementes sejam plantadas no local definitivo. Caso o plantio seja feito em vasos ou outros recipientes, indica-se que eles tenham pelo menos 30 cm de diâmetro e profundidade.

    Quando plantar: o pepino se desenvolve melhor em altas temperaturas, então prefira realizar o plantio após o final do inverno.

    Cuidados e quando colher: mantenha a planta longe do vento. Os frutos devem ser colhidos quando bem desenvolvidos, mas antes do amadurecimento completo, o que acontece de 30 a 70 dias após o plantio.

     

    20. Batata

    Como plantar: separe um batata saudável e deixe em local iluminado até que nasçam os brotos; a batata pode ser plantada no solo quando os brotos atingirem cerca de 2 cm. Caso plante em sementes em uma sementeira, transplante para o local definitivo quando a planta tiver pelo menos quatro folhas.

    Quando plantar: cresce melhor em clima ameno e não desenvolve tubérculos em temperaturas muito altas. Plante no início da primavera ou, em regiões muito quentes, no início do outono.

    Cuidados e quando colher: não regue nas duas semanas que antecederem a colheita. Colha quando as plantas estiverem amareladas, o que acontece de 14 a 16 semanas após o plantio.

     

    Fonte: www.dicasdemulher.com.br

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...