Tipos de fones de ouvido – Onde comprar?

Eles podem ser pequenos como os in-ear, ou maiores como os over-ear. E isso não tem muito a ver com a questão estética do aparelho, em muitos casos – já que muitas são as pessoas que escolhem o fone pela aparência e esquecem de levar em consideração a qualidade e a durabilidade. O tamanho dos fones de ouvido tem bastante influência na qualidade do som que ele reproduz.

De uma maneira geral, os auscultadores podem ser divididos nos tipos: circumaural (over-ear, em torno da orelha), supra-aural (on-ear, sobre a orelha), auricular (earbud, gomo de orelha), e intra-auricular (in-ear, dentro da orelha).

Além do tamanho, muitas são as características dos fones de ouvido. Para os que não curtem os fios, já existem os fones wireless. Porém, pelo fato de terem de utilizar outras formas de conectividade, estes fones perdem um pouco em qualidade do som.

 

Os fones também podem ser abertos ou fechados:

 

  • Os abertos possuem um som melhor, pois seus alto-falantes permitem que o som tenha contato com o ar, o que possibilita uma melhor qualidade do som, neste caso o incômodo está em o som ser afetado por ruídos externos.
  • Os fones de ouvido fechados não possuem este inconveniente dos ruídos, todavia o isolamento do som externo causa distorções e influenciam na qualidade do som.

 

Eles estão cada vez mais leves, práticos e bonitos.

E a tendência é a de inovarem mais, com o avanço de outras tecnologias, novos fones de ouvido vêm sendo desenvolvidos para atender as demandas. Por isso, existem fones mais propícios para games, outros para profissionais da mundo da música e para os apaixonados por música, é claro – já que cada estilo de música possui uma característica de reprodução própria e necessita de aparelhos que melhor se compatibilizem com cada uma delas.

 

Headphones

 

O termo headphone (literalmente fone de cabeça em inglês) refere-se a fones construídos para apoiarem-se na cabeça e emitirem som sobre a orelha. Muito do seu peso é suportado pela bandolete que assenta sobre a cabeça, e suas variedades podem ser fechado, abertos ou semi-abertos, são projetados para bloquear o som externo.

Os auscultadores circumaurais ou over-ear (do inglês, “em torno da orelha”) têm grandes apoios de espuma e são feitos para assentar em torno de toda a orelha.

Os auscultadores supra-aurais ou on-ear (do inglês, “sobre a orelha”) têm apoios que assentam sobre a orelha, resultando num menor isolamento do som externo. Apoiam-se diretamente sobre a orelha e em fones com projeto incorreto, causam desconforto no usuário após algum tempo de uso.

 

Earphone

 

O termo earphone (do inglês, “fone de orelha” ou “fone de ouvido”) refere-se a fones construídos para encaixarem-se na orelha e emitirem som diretamente no canal auditivo sem interação do som com o pavilhão da orelha. São pequenos e portáteis.

Os auscultadores auriculares ou earbuds (do inglês, “gomo de orelha”) é o tipo mais comum de “fones” e são frequentemente incluídos com dispositivos de áudio e telefones celulares devido ao seu custo reduzido. São colocados na concha do ouvido externo externamente à entrada do canal auditivo, virados para ela.

Os auscultadores intra-auriculares ou in-ear (do inglês, “dentro da orelha”), às vezes também chamados de auscultadores intra-canal ou canalphones (do inglês, “fone de canal”), são inseridos no canal auditivo de modo a proporcionar um melhor isolamento acústico. São em geral melhores que os earbuds em qualidade sonora, e seu isolamento é ideal para obter retorno sonoro claro e livre de interferências em apresentações musicais, mas podem não ser adequados quando o indivíduo precisa estar atento ao ambiente, como por exemplo ao praticar esportes na rua.

 

ATENÇÃO: Usuários de auscultadores que ouvem música em alto volume por mais de uma hora diariamente expõem-se a risco de diminuição permanente da capacidade auditiva após 5 anos.

 

Headset

É um conjunto completo que contém fone de ouvido, microfone e controlador de volume. Estes tipos de fones são bastante comum em lugares como lan houses, pois normalmente eles evitam que o som ouvido transpasse o próprio fone, além é claro de possuir microfone para conversas via mensageiros instantâneos ou VOIP.

 

Fones de ouvido no Buscapé

 

Qual o melhor tipo de fone de ouvido comprar?

Se fossemos pensar no nosso bolso, o melhor seria escolher por um preço acessível, mas saiba que não é o melhor, pois existem alguns fatores interessantes que devem ser levados em conta, mas com certeza o principal deles é a finalidade do produto, por exemplo, se será usado no computador ou em algum tocador de mídias portátil.

De qualquer forma, tente levar em conta algumas coisas como frequência do som (quanto mais abrangente a escala da frequência, melhor), sensibilidade (quanto maior melhor), potência (aqui já fica a seu critério, mas quanto maior mais alto sairá o som) e impedância (termo técnico que está ligado ao volume em que a música será ouvida: quanto maior a impedância, menos você terá que aumentar o volume).

 

Um estudo realizado pelo instituto FindTheBest e encomendado pela conceituada revista TIME constatou que a maior parte das marcas do segmento investem mais em publicidade do que em qualidade sonora, o periódico resolveu comparar quase 3 mil modelos de fones de ouvido (entre intra-auriculares de baixo custo e supra-auriculares para DJs) considerando análises publicadas em sites especializados (como CNET, WIRED e TechCrunch) e características técnicas divulgadas pelos fabricantes.

Com o primeiro critério pesando 80% e com o segundo pesando 20%, os pesquisadores deram uma nota de 0 a 100 para cada modelo analisado e, posteriormente, calcularam uma média para cada marca com base nessas pontuações individuais. O resultado, que você pode conferir no gráfico interativo abaixo, é chocante.

 

 

No estudo, marcas “de luxo” como Plantronics, Beats by Dr. Dre, Skullcandy, Koss, Creative e Philips aparecem com as piores notas no ranking (entre 57 e 72 pontos). De acordo com Ben Taylor, que dirigiu a pesquisa, essas fabricantes até possuem alguns modelos de boa qualidade em seus portfolios, mas também comercializam fones desconfortáveis e com baixa qualidade sonora. Ou seja, investem mais em marketing do que em aspectos técnicos.

Já na faixa intermediária, encontramos Bose, Apple, Panasonic, Audio-Technica, JVC e Sennheiser – tais marcas tiveram notas entre 73 e 78 pontos. Assim como no cenário anterior, Taylor destaca que as fabricantes possuem modelos excelentes no mercado (como o QuietComfort 15s, da Bose), mas que essa qualidade não se repete em todo o portfolio de cada uma delas.

AKG, Sony, Pioneer, Klipsch, Grado e Shure foram as marcas que mais pontuaram na pesquisa, com pontuações de 79 (AKG) e 90 (Shure). Essas seis fabricantes se destacaram por mostrar um padrão de qualidade consistente entre todos os seus dispositivos comercializados, sem distinção entre modelos de entrada e top de linha.

Vale ressaltar que o objetivo da pesquisa não foi o de comparar diretamente os melhores fones de cada uma das fabricantes, mas sim observar qual marca consegue oferecer um bom nível de qualidade para todos os modelos de seu portfolio.

  Veja no Magazine Luiza

Fonte: estacaogeek.xpg.uol.com.br/ blog.lojaedifier.com.br/ www.tecmundo.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...