Os mais rápidos do mundo


Quase todo mundo gosta de velocidade, por isso sempre têm alguém tentando bater recordes. A idéia de ir mais rápido inspira a humanidade a ir além das suas fronteiras. Pensando nisso criamos uma lista com as coisas mais rápidas do mundo.


Usain St. Leo Bolt, de 23 anos, é um corredor jamaicano. Bolt é o recordista olímpico e mundial dos 100 metros rasos, tendo completado a prova em 9,69 segundos, a de 200 metros com 19,30 segundos e, na olimpíada de 2008, conseguiu o título com sua equipe na corrida 4×100 metros em 37,10 segundos.
O atleta é o primeiro a ganhar os três eventos na mesma olimpíada desde Carl Lewis, que conseguiu o feito em 1984. Além disso, Bolt quebrou recordes mundiais nas três provas. No dia 16 de agosto deste ano, ele conseguiu quebrar o próprio recorde, completando a prova de 100 metros em apenas 9,58 segundos.





No dia 16 de agosto, a empresa Barabus liberou informações sobre o TKR, um novo carro com 1005 cavalos de força, que, segundo a produtora do veículo, consegue atingir 98 quilômetros por hora em apenas 1,67 segundos. Além disso, o carro chega a uma velocidade de 430 quilômetros por hora, quase 50 a mais que o antigo carro mais veloz do mundo, o Veyron.



O “roadrunner” é um computador que foi construído pela IBM no Novo México, Estados Unidos, ao custo de mais de 130 milhões de dólares, quase 260 milhões de reais. Atualmente ele é o computador mais veloz do mundo, conseguindo realizar operações a 1.026 quadrilhões de cálculos por segundo.




No Japão, trens JR-Maglev MLX01 chegaram a 581 quilômetros por hora, usando imãs supercondutores ele flutua para atingir a super velocidade. O outro trem mais veloz do mundo também é japonês, e chega a 574,8 quilômetros por hora.




O Insano é o tobogã mais veloz em todo o mundo: ele tem 41 metros de altura, equivalentes a um prédio de 14 andares! Como consequência à sua altura e estrutura, as pessoas que têm coragem de ir no brinquedo descem dele numa média de quatro ou cinco segundos, em uma velocidade que chega a até 105 quilômetros por hora. Entendeu o porque do nome? E detalhe, fica aqui no Brasil, mais especificamente em Fortaleza no Ceará.




O K-222 foi colocado pela primeira vez ao mar em 28 de dezembro de 1963, na Rússia, e chegava a 44,7 nós náuticos (aproximadamente 80 quilômetros por hora). Entretanto, a velocidade do submarino trouxe vários problemas ao veículo, como ruídos excessivos.






A aeronave experimental X-15, criado pela Força Aérea dos EUA possuía motores de foguete. Não só atingiu o recorde de velocidade no início da década de 1960, mas também o recorde de altitude. Foram 80,47km de altura (o que qualificou os pilotos como astronautas) e uma velocidade de 7.273 km/h.





Geralmente, para não começar a girar para todos os lados, um helicóptero só pode chegar a pouco mais de 400 quilômetros por hora. Em 6 de agosto de 1986, um helicóptero Westland Lynx ZB500 modificado chegou a uma velocidade de 400,8 quilômetros por hora. sem sofrer um acidente, sendo assim considerado o mais veloz do mundo.





Em 3 de maio de 1999, durante a passagem de um tornado em Oklahoma, nos Estados Unidos, cientistas mediram a velocidade do vento em aproximadamente 470 quilômetros por hora. O tornado causou a morte de quatro pessoas e destruiu 250 casas. Antes disso, o vento mais veloz também tinha sido registrado durante a passagem de um tornado em Oklahoma, que chegou a 460 quilômetros por hora.
Mas há ventos ainda mais fortes em outros planetas. No planeta Netuno, por exemplo, os ventos podem chegar a mais de 1170 km/h.





A New Horizons é um veículo espacial da Nasa, que está viajando até Plutão. Ela deve ser a primeira nave a voar até Plutão e estudar as suas luas. Ela foi lançada em 19 de janeiro de 2006, e tinha uma velocidade de aproximadamente 16 quilômetros por segundo, ou 58 mil quilômetros por hora. Se continuar nesta velocidade, a New Horizons deve chegar a Plutão em 14 de julho de 2015.





Na física moderna, a luz é considerada a coisa mais veloz do universo, e, no vácuo, é atualmente definida como 299.792.458 metros por segundo. Se alguém pudesse viajar pela linha do equador, fazendo uma volta ao mundo, ela poderia fazer a viagem 7,4 vezes em apenas um segundo, na velocidade da luz. Embora ciência ainda não tenha descoberto nada mais veloz que isso, existe especulação sobre partículas superluminais, o que nos leva ao nosso primeiro colocado!





Táquions fazem parte e uma classe de partículas capazes de viajar mais rapidamente que a velocidade da luz. Elas têm propriedades estranhas, como, quando perdem energia, ganham velocidade. Consequentemente, quando elas ganham energia, perdem velocidade. A menor velocidade possível para os táquions é a velocidade da luz. Mas ainda estão apenas no campo da especulação.



Uma das consequências da sinistra física quântica é que os objetos podem ficar conectados, de maneira que o que ocorre com um, tem efeito no outro, um fenômeno chamado de “emaranhamento quântico”.
Cientistas em Genebra, na Suíça, utilizaram pares de fótons emaranhados. Estes pares foram separados e enviados através de fibra ótica para estações a cerca de 18 km de distância uma da outra. As estações confirmaram que cada par de fótons se manteve emaranhado; ao analisar um deles os cientistas puderam prever o que ocorreria com o seu parceiro.
Para que qualquer tipo de sinal pudesse viajar de uma estação para a outra a 300 trilhonésimos de segundo – a velocidade que as estações puderam detectar os prótons com precisão – qualquer tipo de fator X teria que ser ao menos 10 mil vezes mais rápido que a velocidade da luz. Mas este ítem permanece como bônus aqui nesta lista, pois os eventos “parecem acontecer fora do nosso espaço-tempo”, dando para nós a impressão de ocorrerem simultaneamente.







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...