Dia das crianças – Origem e costumes de cada país



O dia das crianças é reconhecido como Dia Internacional das Crianças em várias nações ao redor do mundo. Esse dia foi escolido para homenagear as crianças, cuja data efetiva de comemoração varia de país para país.

Proclamado pela primeira vez durante a Conferência Mundial para o Bem-estar da Criança em Genebra em 1925, sendo celebrado desde então o Dia Internacional da Criança a 1° de junho, adotado em países como Angola, Portugal e Moçambique. No Brasil, o dia das crianças é solenizado em 12 de outubro,dia também da Padroeira do país, Nossa Senhora de Aparecida.
A ONU reconhece o dia 20 de outubro como o Dia Mundial das Crianças, por ser a data em que foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos da Criança em 2000.
 

No Brasil

O dia 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924. Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes. Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto. A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos e doces no Brasil.

 

Em Portugal

Em Portugal, o dia das crianças é festejado no dia 1 de junho. 

Esta efeméride assinalou-se pela primeira vez em 1950 por iniciativa das Nações Unidas, com o objetivo de chamar a atenção para os problemas que as crianças então enfrentavam. Neste dia, os Estados-Membros reconheceram que todas as crianças, independentemente da raça, cor, religião, origem social, país de origem, têm direito a afeto, amor e compreensão, alimentação adequada, cuidados médicos, educação gratuita, proteção contra todas as formas de exploração e a crescer num clima de Paz e Fraternidade.
Oficialmente, o dia é assinalado pela Organização das Nações Unidas (ONU) a 20 de novembro, data em que no ano de 1959 foram aprovados pela Assembleia-Geral da ONU os Direitos da Criança. Na mesma data (20 de novembro), mas no ano de 1989, foi adotada pela Assembleia-Geral da ONU a Convenção dos Direitos da Criança que Portugal ratificou em 21 de setembro de 1990.

 

Nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, o dia das crianças é festejado no 1° domingo de junho, a data pode variar de estado para estado em nível nacional. Dia das Crianças e Juventude foi aprovado em 1994, quando o Legislativo do Havaí se tornou o primeiro estado do país a aprovar uma lei para reconhecer o 1° domingo de outubro como "Dia das Crianças". Nos Estados Unidos o presidente Bill Clinton proclamou o dia das crianças em 11 de outubro de 1998, em resposta a uma carta escrita por um menino de seis anos perguntando se ele iria aprovar o Dia das Crianças. "Dia Nacional da Criança" foi proclamado pelo presidente George W. Bush em 03 de junho de 2001.

 
No Japão
 
No Japão tem o dia dos meninos e o dia das meninas

No Japão, meninos e meninas são homenageados, tradicionalmente, em dias separados, havendo o Dia dos Meninos e o Dia das Meninas. O Dia das Crianças é posterior à Segunda Guerra, sendo comemorado no mesmo Dia dos Meninos (cinco de maio). A tendência moderna é que o koinobori se sincretize com a comemoração do Dia das Crianças e adquira um caráter cada vez mais decorativo, menos varonil, com a carpa representando a esperança dos pais de que suas crianças cresçam fortes e saudáveis.
O Dia das Crianças é o desfecho da Golden Week (Semana de Ouro) do japonês que junta três feriados nacionais: o Dia de Showa (29 de abril), o Dia da Constituição (3 de maio) e o Dia das Crianças (5 de maio). O dia 4 de maio é o Dia do Verde, dia que é "enforcado" sempre que os feriados do dia 3 e 5 caem num dia da semana. O 1º de Maio, embora não seja feriado nacional no Japão, também tem sido motivo de comemoração.
É costume do povo japonês de comemorar o Dia dos Meninos no dia cinco de maio hasteando birutas em forma de carpa “chamada “Koinobori”. O costume anterior à restauração Meiji chamava-se fukinagashi.
A data era comemorada por militares e civis, com os militares hasteando birutas que lembram vagamente uma lula e a plebe hasteando carpas simbolizando aguerrimento, tenacidade e obstinação, características essas que os pais apreciariam ver incorporadas em seus filhos varões.

 

O hasteamento dos kois

Koinobori

A figura acima ilustra um koinobori misto, com uma biruta samurai em cima, seguido de um koi preto (representando o pai), de um koi vermelho (representando o primogênito) e de um koi azul (representando um filho mais jovem). Se houver mais meninos na casa, o menino seguinte é representado por um koi verde, um outro por um koi violeta.
A haste é erguida no lado de fora da casa, a uma altura acima da linha do telhado para que todos os kois fiquem visíveis do entorno da casa. A dimensão dos kois pode variar de alguns centímetros a vários metros.
O koinobori é hasteado no final de abril para se estender até o Dia das Crianças. 

 
Hinamatsuri

O Festival de Bonecas ou "Dia das Meninas" é uma festa típica japonesa, que ocorre no dia 3 de março - terceiro dia do terceiro mês. Plataformas com panos vermelhos em degraus são dispostas para expor as bonecas, que representam o Imperador, a Imperatriz, serviçais, músicos com as vestimentas tradicionais do período Heian. 


Primeira plataforma - A fileira superior apresenta duas bonecas que representam o Imperador e a Imperatriz. (Dairi significa Palácio Imperial, Hina é menina ou princesa). As bonecas são usualmente dispostas diante de uma tela dourada com dobradiças.
Segunda plataforma - O segundo degrau traz três senhoras da Corte. Entre elas há um recipiente.
Terceira plataforma - No terceiro degrau estão cinco músicos. Cada segura um instrumento musical, menos o cantor, que segura um leque.
Outras plataformas - Na quarta, quinta e fileiras mais baixas uma variedade de mobílias em miniatura, ferramentas, carruagens, etc. são exibidas. Dois bonecos de ministros, são dispostos à direita e à esquerda, no quinto degrau.


O costume de exibirem-se bonecas começou durante o período Edo. Antigamente as pessoas acreditavam que as bonecas possuíam o poder de afastar os maus espíritos, e assim protegeria o dono.
O Hinamatsuri traz vestígios de um antigo costume japonês chamado “balsa da boneca” no qual bonecas feitas de papel eram colocadas num rio, que dirige-se ao mar, levando junto consigo os males ou os maus espíritos para proteger seus donos
Costumeiramente é bebido durante o festiva o amazake, uma versão de baixo teor alcoólico do sake feito de arroz fermentado. 


Algumas das comidas tradicionais servidas na ocasião são:

Hina-arare
 
Docinhos feitos com arroz glutinoso (mochigome) crocante e açucarado. A camada externa de açúcar tem as cores branca que representa a neve do final do inverno, verde que representa a grama nova e rosa, as flores de pessegueiro. Uma superstição popular diz que se a exposição inteira não for desmontada após o período do festival, a meninas de tal família não conseguem se casar futuramente.


Hishimochi

O hishimochi também é um doce colorido com as cores verde, branca e rosa, como o hina-arare, mas é feito com a massa do arroz glutinoso. A massa é disposta em três ou cinco camadas. O doce geralmente é colocado nos altares decorativos da festa.



Sakuramochi

O sakuramochi é um doce tradicional japonês (wagashi), feito com arroz glutinoso e anko (pasta de feijão azuki). O bolinho é rosado e envolto com uma folha de cerejeira em conserva. Existem duas versões do doce: uma é feita com os grãos de arroz inteiros (estilo Kansai) e outra é feita com a farinha do arroz grelhada como crepe (estilo Tóquio).


Tirashizushi

O tirashizushi é um tipo de sushi bem colorido, servido em uma tigela. Sobre a porção de arroz temperado, são colocados peixe cru, cogumelos, omelete em tiras, alga nori e o que mais o chef permitir.


















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...