Verdades e Mitos da Acne

Calcula-se que 80% das pessoas sofram de algum grau de acne em algum momento de suas vidas. Existem mais de 50 tipos de acne, mas a forma mais comum é chamada de acne vulgaris. As causas variam: bactérias, genes, hormônios, fatores locais dos poros, etc. Apesar das extensas pesquisas realizadas sobre o assunto, alguns mitos persistem e sempre há uma ponta de dúvida quando nada parece funcionar. Nestas horas, é bom separar o mito do fato.

 

Dá para curar a acne

Falso

A acne não é curável, ao contrário do apregoado em tantos anúncios de produtos para pele. Contudo, utilizando remédios adequados e seguindo uma dieta balanceada é possível controlar o avanço ou prevenir o desenvolvimento da doença.

 

A acne é pior na adolescência

Verdadeiro

A acne é uma doença das glândulas sebáceas da pele decorrente da obstrução dos poros, com surgimento de lesões conhecidas popularmente por espinhas. As lesões da acne geralmente ocorrem na face (mais comum), pescoço, dorso, tórax e ombros. Apesar de não ser uma séria ameaça à saúde, as cicatrizes permanentes podem desfigurar uma pessoa e serem motivo de ansiedade. A relação exata entre acne e adolescência é desconhecida, as variações hormonais típicas do período fazem com que as glândulas sebáceas aumentem seu tamanho em até três vezes – e esta pode ser uma pista valiosa.

 

Mulheres que não menstruam direito têm mais acne

Verdadeiro

Em algumas mulheres, a acne persistente é causada pela produção excessiva de andrógenos e isto pode ser diagnosticado a partir de alguns sinais, como: acne de início na idade adulta, hirsutismo (crescimento excessivo de pêlos em lugares onde antes não existiam), acne que piora no período pré-menstrual, ciclos menstruais irregulares e níveis sanguíneos elevados de certos andrógenos.

 

O estresse piora a acne

Verdadeiro

O estresse realmente pode agravar a acne em alguns indivíduos. Manter um padrão regular de sono é importante no controle da doença.

 

O sol ajuda a melhorar a acne

Falso

A princípio, o sol mascara a acne, desidratando as glândulas da pele, e parece melhorar o quadro geral. Contudo, o sol também danifica os folículos e causa entupimento dos poros, resultando em mais acne – este efeito em geral surge 3-4 semanas após exposição à luz solar.

 

Quanto mais sexo, mais acne

Falso

Um dos mitos mais famosos relaciona atividade sexual ao agravamento da acne. Isto, obviamente, não possui qualquer fundamento. Na verdade, o sexo pode reduzir os níveis de estresse e com isto diminuir a acne.

 

Pizza, chocolate e outras "guloseimas" podem causar surtos de acne

Falso

Menos de 2% dos casos de acne decorre de alergias alimentares. Na maioria das pessoas, porém, não existe uma associação específica entre determinados alimentos e acne - o que existe é uma relação entre acne e ingestão calórica. Dietas hipercalóricas aumentam os níveis de testosterona e a testosterona aumenta a produção de secreção nas glândulas da pele - que posteriormente se transformarão em lesões da acne.

Uma boa nutrição ajuda a manter a pele saudável. Alguns cientistas afirmam que cafeína e alimentos excessivamente salgados podem agravar a acne em certos indivíduos. Ainda, recomenda-se ingerir pouca gordura e pouco açúcar, aumentando a quantidade de frutas e vegetais – uma dieta rica em fibras vegetais e pobre em gorduras é excelente para a saúde do corpo como um todo. E beba bastante água – oito copos diários são o mínimo recomendado.

 

Exercício ajuda a melhorar a acne

Verdadeiro

Exercitar-se faz bem para a saúde, melhora a circulação sanguínea e oxigena melhor os órgãos do corpo – inclusive a pele, o maior deles. Tome apenas o cuidado de lavar o rosto após os exercícios para remover o suor e a secreção oleosa que contêm bactérias.

 

Pasta de dente ajuda

Falso

Aplicar pasta de dente nas lesões antes de dormir, à noite, faz parte da rotina de muitas pessoas portadoras de acne. A pasta desidrata as lesões. Os pesquisadores dizem, porém, que o flúor presente nos cremes dentais causam espinhas e podem irritar ainda mais o local da aplicação. A escolha é sua.

 

É bom manter o rosto sempre limpo

Verdadeiro

Mas deve-se tomar cuidado com a "limpeza". Não lave exageradamente, uma vez que a pele precisa de um nível específico de pH para manter-se saudável. É importante observar que a acne não é causada unicamente por pele "suja", mas resulta de poros obstruídos infectados com bactérias – e isto é causado por uma série de fatores, não apenas sujeira. Limpar o rosto muitas vezes não é o suficiente para evitar a acne. Além disso, limpar erradamente pode agravar a doença.

Lave seu rosto duas ou três vezes por dia, no máximo, desde o queixo até a linha de cabelos na parte superior da testa, com movimentos circulares e delicados. Enxágue com bastante água morna e utilize uma toalha macia para secar a pele. Não utilize buchas ou esponjas.

A escolha adequada do sabonete é crucial. Sabonetes detergentes ajudam a diminuir a produção de sebo, mas em alguns casos podem piorar a doença. Via de regra, recomenda-se o uso de sabonetes leves. Não se recomendam adstringentes, a menos que a pele seja extremamente oleosa. Caso eles sejam recomendados, utilize-os apenas sobre os pontos mais oleosos.

 

Zinco é bom

Verdadeiro

O zinco é um mineral que tem mostrado resultados extremamente eficientes em vários estudos científicos – seu efeito pode ser comparado ao da tetraciclina. Mas cuidado: altas doses de zinco (acima de 100 mg de zinco por dia) são tóxicas. Recomenda-se uma ingestão diária de 50 mg, mas os resultados podem levar até 3 meses para aparecer. A acne pode piorar antes de mostrar sinais de melhora. O zinco não é a cura definitiva da acne, mas consegue bons índices de resposta em até 75% dos casos.

 

Tomar antibiótico é bom

Verdadeiro, mas depende do caso

Casos de acne moderada ou acentuada geralmente necessitam antibióticos por via oral para controlar a inflamação e a proliferação de Propionibacterium acnes (um tipo de bactérias normalmente presente na pele).

Algumas pessoas apresentam efeitos colaterais com o uso destes antibióticos, tais como sensibilidade exagerada à luminosidade, queimação no estômago, tonteira ou descoloração da pele, entre outros.

Não se deve administrar tetraciclina (um dos antibióticos comumente utilizados no tratamento da acne) a gestantes ou crianças com menos de 12 anos de idade, pois este medicamento pode causar descoloração dos dentes em desenvolvimento.

O tratamento com antibióticos geralmente leva de 4 a 6 meses para mostrar seus resultados mais definitivos e deve sempre ser realizado sob acompanhamento médico.

 

Espremer melhora

Falso

Em hipótese alguma esprema suas espinhas – isto só aumenta o risco de cicatrizes indesejáveis. Além disso, não colocar as mãos nos rosto talvez seja o remédio mais menosprezado na história do tratamento da acne. As mãos são uma fonte interminável de bactérias. Evitar este contato é especialmente difícil – em geral ele ocorre de maneira inconsciente – mas não menos importante que todos os outros remédios e "simpatias" que você utiliza.

 

Usar cosméticos não tem nada a ver com a acne

Falso

Cosméticos oleosos (p.ex.: batons) podem causar comedões, as lesões precursoras da acne. Produtos capilares como laquês, quando em contato com a pele, podem causar queimação ou prurido nas pessoas com acne, piorando a doença.

 

Não existe diferença entre cravos e espinhas

Falso

Ambos acometem o folículo da pele e são formados por acúmulo de partículas e secreção sebácea que obstruem e dilatam os poros. A diferença é que os cravos são aqueles pequenos pontos escuros ou brancos, representando a acne de grau 1, quando ainda não há inflamação, enquanto que as espinhas ocorrem a partir da acne de grau 2, com pequenas inflamações. A acne pode variar até o grau 4, com espinhas grandes que podem deixar cicatrizes e muitas vezes são doloridas. Os tratamentos cosméticos são apenas eficientes para a acne de grau 1 e 2; a acne mais severa é necessária ser tratada com a ajuda do médico.

 

Existem medicamentos que desencadeiam o processo acnéico

Verdadeiro

Existem vários medicamentos que podem produzir acne, e nesse caso, o quadro passa a se chamar acne medicamentosa. Em geral, o aparecimento é de repente e em lugares não comuns para a acne vulgar. Tais medicamentos são: iodetos, brometos, corticosteróides, hidrazidas e anabolizantes. Deve-se tomar cuidado também com compostos vitamínicos que contenham complexo B, pois em pessoas susceptíveis, eles podem desencadear quadros sérios de acne.

 

Há relação entre intestino preso e acne

Verdadeiro

De um modo geral, o intestino controla muitas funções da pele, pois secreta diversos hormônios que auxiliam no equilíbrio do organismo e, também, da pele. Pessoas com intestino preso podem sofrer de alterações de absorção de alguns nutrientes ou vitaminas essenciais, importantes para diminuir a inflamação da pele. O intestino preso também não consegue eliminar os radicais livres, moléculas de oxigênio com alto poder destrutivo de células, gerando mais inflamação.

 

O clima interfere na oleosidade da pele

Verdadeiro

Em climas mais quentes e úmidos, a pele pode se tornar mais oleosa, o que pode aumentar o quadro de acne ou, até mesmo, desencadeá-lo. Em climas muito secos ou frios, a pele pode sofrer de ressecamento e irritação, alteração que também pode levar a um quadro de acne, se o indivíduo utilizar produtos oleosos demais para amenizar o ressecamento.

 

A poluição das cidades aumenta a probabilidade se desenvolver acne

Verdadeiro

De um modo geral, pode piorar o quadro por ajudar a deixar a pele mais irritada e inflamada, com propensão a quadros de dermatites ou acne.

 

Limpeza de pele e pomadas resolvem o problema da acne

Verdadeiro, mas depende do caso

A limpeza de pele serve para remover os cravos ou comedões fechados, sendo que as espinhas já inflamadas não devem ser mexidas, uma vez que podem ficar marcadas. Se for uma acne leve da adolescência, o problema pode ser resolvido com limpezas e produtos tópicos adequados. Se for um quadro moderado, com inflamação, podem ser necessários o uso de antibióticos via oral, o uso de lasers e luzes para o tratamentos, como é o caso do MultiWaves – espectro de luz que tem propriedades anti-inflamatórias e melhoram a oleosidade – ou até mesmo o uso de isotretinoína, derivado da vitamina A, via oral. Em casos de acne da mulher adulta, uma investigação hormonal deve ser feita e, se houver suspeita, tratada com medicamentos via oral. Um desses medicamentos é a pílula anticoncepcional, sendo que algumas têm mais efeito que outras nesse caso.

 

Quem tem espinhas pode usar hidratante no rosto

Verdadeiro

Pode usar, desde que haja indicação. Em geral, quem tem acne tem a pele oleosa, e o hidratante pode ser dispensado, mas se quiser usar deve optar por formulações em gel ou loções oil-free.

 

Uma espinha espremida pode virar câncer da pele

Falso

Espinhas não devem ser espremidas, mas isso não origina o câncer da pele. Muitas pessoas espremem lesões que já eram um câncer da pele, pensando ser uma espinha. As lesões evoluem e, quando vão ao médico e recebem o diagnóstico, pensam que foi porque espremeram a "suposta" espinha.

 

Masturbação causa espinhas

Falso

O surgimento das espinhas ocorre na mesma época em que os jovens descobrem a sexualidade e a masturbação. Vem daí a crença.

 

Banhos quentes aumentam a oleosidade da pele

Verdadeiro

Em pessoas com pele oleosa, a água quente pode estimular a secreção de mais oleosidade nas áreas de pele oleosa.

 

Passar soro fisiológico na pele faz bem

Falso

Soro fisiológico é apenas água e sal, não tem qualquer efeito benéfico para a pele.

 

As fitas adesivas para tirar cravos funcionam

Verdadeiro

Mas funcionam apenas naquelas pessoas que tem cravos grandes, com ponta preta exposta. Para aqueles pontinhos escuros bem fininhos é melhor o uso de sabonetes abrasivos diariamente em leve massagem.

 

Usar maquiagem piora a acne

Falso

Isso acontece apenas se a pele for muito oleosa e a maquiagem utilizada for pesada e também oleosa. É aconselhado o uso dos produtos oil free e não comedogênicos – ou seja, que não obstruem os poros.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...