Salvação da audiência

 

Sabe aquele programa que é meio caidinho, mas mesmo assim você assiste até o final só para conferir aquele quadro que você adora? Ou então aqueles quadros que muita gente já assistiu, mas não admite porque acha maior queimação?

Veja esta lista com 10 quadros que caíram no gosto dos telespectadores e elevaram a audiência das emissoras.

Misturar celebridades e dança é garantia de sucesso. A maior prova disso é o quadro Dança dos Famosos. Desde 2005, um elenco de 12 artistas se aventura ensaiando coreografias de diferentes ritmos e aos domingos se apresentam na pista do “Domingão do Faustão”. Apesar de não ser a salvação do programa, que tem um público fiel, não há dúvidas de que a competição eleva os índices de audiência da atração dominical.

 

Não é só a dança que atrai a audiência do público. No “Programa Raul Gil” o destaque é o quadro Jovens Talentos, que procura revelar novos cantores. Para se aproximar e gerar uma identificação com o público, além de dar oportunidade para novos cantores, o quadro exibe reportagens revelando um pouco mais da vida de cada candidato. A atração acompanha o apresentador Raul Gil em todas as emissoras por onde ele passa desde 2007.

 

Parece que Marcos Mion nasceu para fazer graça. Desde os tempos do programa “Piores Clipes do Mundo”, o apresentador já se destacava ao flagrar pequenos detalhes nos vídeos e tirar sarro das situações. No comando do “Legendários”, quadro de maior sucesso do programa é Vale a Pena Ver Direito, Mion fez o maor sucesso fazendo análises hilárias de acontecimentos recentes.

 

No programa “Silvio Santos”, o quadro Pergunte para Maisa ganhou o público por sempre mostrar o ponto de vista da criançada, além de contar com a menina prodígio que, com seu excesso de sinceridade e espontaneidade, sempre foi um imã para atrair a atenção dos telespectadores. Na atração a estrela mirim respondia dúvidas sobre os mais diversos assuntos enviadas pela garotada de todo o Brasil.

Maisa já está crescidinha e tudo indica que no futuro ela será uma das grandes artistas do SBT.

 

Quem nunca se pegou usando os bordões “Tô pagando!” e “Grana eu tenho, só me falta-me o gramour!”? Não há dúvidas de que a ex-prostituta que casou com um senador para entrar na alta sociedade caiu no agrado do público. A muito tempo, Lady Kate, personagem de Katiuscia Canoro, tem sido o grande destaque do humorístico da Rede Globo.

 

No Dança Gatinho, Dança!, Rodrigo Faro se caracterizava como algum artista e divertiA o público com sua performance no palco do programa “O Melhor do Brasil”. Sempre que algum casal se beijava no Vai Dar Namoro, o apresentador fez a alegria dos telespectadores imitando algum músico. Foi mico atrás de mico - e ponto no ibope atrás de ponto no ibope...

 

A maior prova de que o público adora um barraco é o Teste DNA, exibido pelo “Programa do Ratinho”. O programa é marcado pelas brigas para provar ou confirmar a paternidade. Depois de fazer muito suspense, o apresentador revela o resultado do exame ao som de “Parabéns pro papai” ou “Ele não é o pai”.

 

O quadro Teste de Fidelidade era o carro chefe do programa “Eu Vi na TV”, comandado por João Kléber. Na atração, uma das partes de um casal tinha sua fidelidade testada, sendo seduzida por um ator ou atriz, enquanto eram filmados por câmeras escondidas. Apesar de sempre ter havido questionamentos sobre a veracidade dos casais envolvidos, o sucesso foi tanto que o apresentador exibe o quadro no mesmo formato em Portugal.

 

A Banheira do Gugu foi extinta do programa após o quadro ser considerado inadequado para o horário por apresentar cenas de quase nudez. Mas, antes disso, a atração deu o que falar. O quadro, exibido no programa “Domingo Legal”, consistia em uma competição entre homens e mulheres, composta basicamente por celebridades. Era comandada pelo apresentador Gugu Liberato, que jogava sabonetes em uma banheira fazendo com que os integrantes, vestindo trajes de banho, tentassem pegar o maior número de sabonetes em um minuto.

 

Tiazinha e Feiticeira foram personagens marcantes do extinto programa “H”, exibido pela Rede Bandeirantes, nos anos 90. O apresentador Luciano Huck apostou em quadros que chamaram atenção do público masculino. A máscara e o chicote faziam parte da caracterização de Suzana Alves, a Tiazinha, que se apresentava no palco para depilar com cera quente partes dos corpos dos participantes do quadro, que eram escolhidos no público. Após sua saída do programa quem passou a ocupar seu lugar foi Joana Prado, a Feiticeira, que continuou o sucesso e usando biquínis minúsculos e um véu cobrindo o rosto levando o público à “Loucura, loucura, loucura”.

Fonte: entretenimento.br.msn.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...