Florais para cachorros

Muitas vezes, para podermos realmente tratar o problema de comportamento em um cão, precisamos da ajuda de um veterinário que possa prescrever remédios que irão auxiliar no processo de modificação do padrão comportamental.
Problemas como agressividade, medo de barulhos ou de causas desconhecidas, comportamentos ansiosos ou compulsivos, entre outros, são alguns exemplos onde a medicina veterinária é mais do que uma aliada.
Infelizmente nem todo mundo tem acesso a um veterinário que tenha este tipo de conhecimento específico (drogas usadas para auxiliar na mudança de comportamento), e também muitos donos preferem usar alternativas menos “alopáticas” com seus peludos.
O depoimento a seguir é de um veterinário que adotou esses florais no tratamento de seus pacientes:
Pode parecer “maluco” e contraditório, mas eu preciso confessar: se por um lado o conceito do funcionamento dos Florais me parece infundado, por outro, nos meus 9 anos de trabalho como comportamentalista de cães, tenho podido comprovar na prática como inúmeros cães se beneficiam com esta terapia. Não me pergunte como! Mas que na maioria dos casos, um Floral feito em uma farmácia de manipulação de confiança, escolhido corretamente, de acordo com o diagnóstico preciso das causas que originam o problema, FUNCIONA. E esta é uma experiência que eu pude comungar com vários veterinários que também receitam os Florais de Bach para seus pacientes.
Foi através desta constatação que passei a estudar com afinco o uso de florais e as suas recomendações. No início era bastante difícil, pois toda a literatura era voltada para problemas humanos e fazer a correlação com os caninos não é sempre assim tão fácil.
Se você se interessa por terapias mais naturais para o tratamento de alguns problemas comportamentais em seus cães, não deixe de ler o livro REMÉDIOS FLORAIS DE BACH PARA ANIMAIS.

Um livro super completo, facílimo de ser consultado (traz uma tabela com a essência indicada, o problema a ser tratado, e o efeito nos nossos bichos), com dicas para raças específicas, administração e dosagem, além de explicar como podemos combinar as várias essências entre si, para obter um melhor resultado. E o livro não fala só sobre problemas caninos, tem dicas também para gatos, cavalos, cabras, etc.

Descubra como você pode ajudar o seu bichinho a:

      • superar traumas de maus tratos anteriores ao período em que ele passou a viver com você
      • Medos de trovão, pessoas, outros animais, fogos de artifício, ou cuja a origem é identificável
      • Medos quando não conseguimos identificar nenhuma fonte real
      • Ser menos possessivo
      • Não sofrer por ansiedade
      • Não sofrer por solidão
      • Criar coragem e confiança
      • Ser mais flexível e tolerante com outros animais ou com novas situações
      • Deixar de ser agressivo por dominância
      • Controlar incontinência urinária
      • Controlar a hiperatividade
      • Melhorar o nível de sociabilidade
      • Não chorar, latir ou uivar durante a noite toda

É claro que quando se trata de saúde, nenhum livro pode substituir o trabalho e a importância de um veterinário, experiente e cuidadoso, e não é isso que estamos sugerindo. Mas os florais podem ajudar a acelerar o processo de correção de problemas comportamentais e até mesmo resolvê-los por completo, sem prejuízo para a saúde do seu bichinho.

Muitos cães saudáveis e em boas condições físicas causam aborrecimentos aos seus donos por problemas como incontinência urinária, indisciplina, latidos excessivos, agressividade, possessividade, mania de destruição, ou outros problemas desse tipo. Um problema de comportamento torna-se muitas vezes uma "doença terminal".
A correção do problema de comportamento muitas vezes salva a vida do animal da mesma forma que uma cirurgia ou outro procedimento médico, além de reduzir significativamente o sofrimento de todos os envolvidos.
Isso nem sempre requer terapias comportamentais de custo elevado ou qualquer mudança prolongada no comportamento do dono - em muitos casos isto pode ser feito de forma simples e barata usando-se remédios florais.

Origem dos florais

O sistema Florais de Bach é composto por 38 essências extraídas de flores silvestres que possuem propriedades curativas. Foi criado em 1930 pelo médico inglês Edward Bach.
Os animais domésticos reagem emocionalmente às condições do ambiente, das pessoas, de outros animais. Distanciados de seu ambiente natural e há milhares de anos convivendo com os humanos, não raras vezes mostram sinais de desequilíbrio emocional.

O objetivo da Terapia Floral é o equilíbrio das emoções. As essências Florais de Bach são um método simples e natural de tratar por meio do uso de certas flores silvestres. As essências que tratam das desordens do temperamento do animal, e não da condição física individual.
Depois de praticar durante muitos anos uma medicina convencional e, também, numa linha homeopática, o Dr. Bach foi levado a perceber que o que caracterizava as desordens físicas não era tanto as muitas categorias de doenças, mas as condições mentais que as geravam. Com os animais também é assim.

Alguns anos depois ele estava apto a reconhecer essas condições mentais e descobriu uma essência floral para cada caso. Essas essências foram descobertas nas flores silvestres e nas árvores do campo.
As essências de Bach não usam o material físico da planta, mas a energia essencial que se encontra dentro da flor. Essa energia é extraída das flores pelos métodos solar  ou fervura e acondicionada em água. A substância sutil assim extraída é usada para tratar a causa da doença num nível também sutil. As essências de Bach tratam a causa mental da doença. Os remédios florais são energia. Eles tratam o doente e não a doença. As essências são vibracionais.

'Leia este livro e você conhecerá melhor não apenas o seu cachorro, mas também a si mesmo.'
- Julian Barnard, autor de Um Guia para os Remédios Florais do Dr. Bach, publicado pela Editora Pensamento.

Os remédios florais de Bach são uma das terapias naturais mais conhecidas e populares do mundo. Com este livro, qualquer pessoa pode aprender rapidamente como usar esse sistema seguro e eficaz para ajudar desde filhotes até cães adultos a superar uma grande variedade de problemas emocionais e de comportamento. Há até um capítulo que explica aos donos de cães como eles podem tratar a si mesmos com florais de Bach para prevenir o stress e a tristeza de seus companheiros da espécie canina.

Este livro prático e informativo apresenta aos leitores essa fascinante e valiosa forma de terapia e dá descrições detalhadas acerca dos 38 remédios do Dr. Edward Bach, criados na década de 1930. Ele também traz informações inestimáveis que lhe serão úteis pelo resto da vida e lhe possibilitarão ajudar todos os seus amigos caninos atuais e futuros. Os remédios florais de Bach são uma maneira suave, segura e eficaz de combater o stress mental, a agitação e os problemas emocionais do seu cão.
Com conselhos úteis sobre como usar os florais e histórias verídicas sobre cães que foram tratados com esse método, este guia prático para o público leigo permite que você inicie imediatamente o tratamento dos seus animais de estimação com florais de Bach.



Atendimento do terapeuta

É através da descrição que o dono faz do temperamento e comportamento de seu animal de estimação que a terapeuta pode identificar as emoções que o incomodam (medo, possessividade com o dono, dificuldade de aprendizagem, desânimo, impaciência, intolerância, hiperatividade, ciúmes,agressividade, tristeza, saudades etc.) e indicar as essências florais que irão ajudar a equilibrá-lo.

Alguns dados são necessários para a recomendação das essências adequadas:idade, tempo que está com o dono, está esterilizado ou não, como reage a pessoas e outros animais, estado de saúde, está tomando medicamentos,onde, como e com quem convive.
Uma fórmula de Florais de Bach pode conter até 6 essências colocadas num mesmo frasco conta-gotas de 30ml e deve ser manipulada por uma Farmácia Homeopática ou de Manipulação. Uma fórmula com 6 essências custa cerca de 15 reais.


Recomendações para uso

Para animais, pede-se que a fórmula seja manipulada sem nenhum conservante. O frasco deve ser guardado na geladeira (para conservar).
Para cães e gatos, 10 gotas devem ser colocadas no pote de água em toda troca da água, até que termine o conteúdo do frasco (no mínimo, duas trocas de água por dia). Caso o animal não tome água na vasilha, podem ser dadas 4 gotas diretamente na boca, 4 vezes ao dia.
Ao terminar o frasco, o dono deve relatar à terapeuta as mudanças que observou no comportamento ou disposição do animal. Dependendo do relato, novas essências podem ser indicadas.


Observações
  • Florais não possuem componentes químicos e não têm contra-indicações.
  • Outros animais podem tomar da mesma água.
  • Os florais tratam as emoções e não substituem o tratamento médico.
  • Consulte sempre um veterinário.
  • A cirurgia de castração é indicada uma vez que muitos comportamentos – reclamados por donos de cães e gatos – cessam com a castração.
  • Caso fiquem configurados problemas comportamentais, consulte um especialista.
Deolinda Eleutério (Terapeuta Holística) formada pelo Instituto Dr. Bach em FLORAIS DE BACH EM ANIMAIS.

===========================  =========================

Florais no tratamento da sarna

Existem florais que podem ajudar na cura das sarnas em animais. Essências florais utilizadas como auxiliares no tratamento da sarna: crab apple, walnut, sweet chestnut, white chestnut, pine, wild oat, impatiens, rescue.

A terapia Floral de Bach e a Aromaterapia, devem ser usadas conjuntamente – além do tratamento prescrito pelo médico veterinário.
Óleos essenciais utilizadas como auxiliares no tratamento da sarna:
oe de tea tree, oe de lavanda, oe de bergamota, oe de calêndula, oe de camomila romana, oe de petitgrain, oe de ylang ylang.

OFICINA DE ERVAS - Farmácia fitoterápica

=============  ==============

Reescrevendo minha essência com os Florais de back

Você já deve ter ouvido dizer que os animais sentem quando seu dono não está bem, e isso é verdade, e esse também é um dos motivos para deixar os bichinhos tristes e até depressivos, a agitação do dono pode sim deixar os cachorros e gatos nervosos e agressivos.
Não importa a dificuldade que você esteja enfrentando, aí dentro de você existem todas as ferramentas necessárias para que você seja exatamente a pessoa que deseja ser!
Este livro te dará 38 possibilidades transcritas em mensagens positivas, de estimular suas qualidades adormecidas, baseadas nos maravilhosos Florais do Dr Bach!




Aromaterapia

Por meio dos cheiros os animais podem reconhecer e localizar alimentos, fugir de predadores e encontrar parceiros para o acasalamento. Nessa hora, os animais liberam uma secreção com algumas substâncias que atraem o parceiro – são os feromônios.
Mas nem todos os animais sentem os cheiros da mesma maneira. Os que possuem um sistema olfativo extremamente desenvolvido são chamados de hipermacrosmáticos, como, por exemplo, o ornitorrinco, o gambá, o canguru e o coala. O porco também tem um excelente olfato, embora menor que o do grupo anterior. Ele e todos os animais carnívoros e ungulados (mamíferos cujos dedos têm cascos) são considerados macrosmáticos.

O sistema olfativo dos humanos e dos primatas é pouco desenvolvido, ou seja, nós e os macacos somos microsmáticos. Existem também alguns animais que não possuem esse sistema, como o golfinho e a baleia, que são anosmáticos (não sentem cheiros).
Todos os animais respondem ao tato, ao afago. Neurologistas descobriram que, quando a mãe lambe os filhotes, provoca modificações químicas neles. Se o filhote é separado de sua mãe, diminuem seus hormônios de crescimento. Para esses filhotes, o melhor tratamento foi uma massagem mais vigorosa, com um pincel, que simulava a língua da mãe.

A Aromaterapia é a utilização terapêutica dos óleos essenciais, que são compostos voláteis extraídos das plantas por processos que variam desde a destilação até a extração por solventes. Os óleos essenciais são considerados os “hormônios” da planta – sua síntese. São, quimicamente, bem diversificados, assim como possuem diferentes atuações.

O termo Aromaterapia foi criado em 1928, por René Maurice Gattefossé, químico francês.
Os animais, por terem o olfato muito desenvolvido (e o tato também), reagem  muito positiva e rapidamente ao tratamento. É considerada uma terapia complementar, embora seja um tratamento bastante antigo, que surgiu da fitoterapia e que é comumente usada em conjunto com esta. É utilizada no tratamento das mais variadas enfermidades e desequilíbrios, sendo considerada uma terapia holística.


Florais prontos
Se você já conhece bem o(s) motivo(s) e os sintomas de seu animal, e os sintomas são fracos, não é necessário que você procure por um especialista. Em petshops já existem florais prontos em frascos de 30 ml no mínimo, para que o próprio dono administre em seu bichinho de estimação.

Conheça os florais da PETLOVE


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...