Culinária do Canadá

Geralmente, a culinária canadense mistura a base nativa com a influência de diversas comunidades de colonizadores que chegaram a essa terra com o passar dos séculos. Só em Toronto estão misturadas mais de 60 comunidades, apesar de a chinesa e italiana serem a de maior presença em relação a gastronomia.

No estado de Terranova, o bacalhau e a torta de barbatana são os pratos mais populares, enquanto no litoral atlântico pode-se experimentar peixes e frutos do mar. A cidade de Quebec é famosa por sua influência francesa na culinária e muitos dos restaurantes servem o mais famoso prato de frango gaulês com um toque americano.

Por outro lado, na região das savanas são típicas as excelentes carnes, enquanto na British Columbia o salmão é protagonista. Nos territórios do norte deve-se provar o bacalhau grelhado e a truta do Ártico. A cerveja canadense é de boa qualidade.

Há diferentes marcas e tipos, como as ale pilsner e as do tipo alemão. Além disso, são comuns também as cervejas artesanais, que muitas vezes têm até sabores. O vinho é produzido nas regiões de Ontário e British Columbia e tem uma qualidade aceitável.

O ice wine é uma espécie de vinho doce que é servido gelado, geralmente, para a sobremesa. A comida no Canadá é bem parecida com a do Brasil. Uma coisa bem comum por lá é o café grande com leite. É muito fácil encontrar as pessoas em cafeterias pedindo um coffee double double.

Trata-se de um café com o dobro de creme e o dobro de açúcar. Outra coisa comum no Canadá, mas com a qual os brasileiros não estão acostumados, é que os canadenses não têm o hábito de parar para o almoço.

Geralmente, são apenas 15 minutos ou meia hora em que as pessoas comem enquanto realizam outras atividades. Por esse motivo, elas levam o almoço para o trabalho e colégio. No Canadá a refeição considerada “do dia” é o jantar.

A refeição é servida mais cedo, por volta de 17h, já que anoitece mais cedo também por lá. Algumas das comidas típicas do país são o puttine, que é uma batata frita com queijo especial e molho, além do salmão defumado com xarope de Maple.

O maple é uma árvore da qual é retirada a seiva. Tem um gosto adocicado. Com essa seiva é feito um xarope, que é comumente utilizado para cobertura de panquecas e sorvete. No Brasil, a planta é conhecida como bordo.

O Canadá conta com uma excelente gastronomia que foi reconhecida mundialmente e ganhou tanta importância a arte culinária que pode-se optar por milhares de possibilidades, desde comida rápida, passando por comida internacional e tradicional, até a cozinha mais sofisticada.

 

A culinária em cada região

Muitas zonas rurais têm atrativos para os gourmets, pois falamos de um país rico em agricultura, que goza dos mais maravilhosos ingredientes, além de ter muitas especialidades culinárias regionais. Pode-se saborear alimentos próprios dos índios nativos: carne de veado, alce e búfalo, diferentes tipos de peixe, milho e arroz selvagem e uma grande variedade de bagas, entre elas o saskatoon.

Nas regiões mais antigas do Canadá é onde melhor tem conservado os costumes culinários, sobretudo em Quebec e nos Estados atlânticos. Cada Estado tem desenvolvido suas especialidades culinárias de acordo com os elementos de que dispõe.

As especialidades de Terranova são as línguas de bacalhau empadas e fritas com scrunchions, troços de toucinho de porco fritos; o peixe com brevis, as compotas feitas com bagas vermelhas, a sopa de coelho e de foca, sopa de mexilhões de Terranova, filés de bacalhau e lagosta empanadas, o alce cozido, o vinho de ruibarbo e o pastel de asa (elaborado com asas de focas jovens); são especialidades locais que às vezes só podem encontrar-se nos melhores restaurantes.

Na Ilha da Nova Escócia pode-se degustar típicos pratos de peixe fora do habitual como o Solomom Gundy, arenques crus adereçados com vinagre e especiarias. É também muito apreciado o robalo defumado, um prato de origem britânica.

Na ilha de Cabo Bretão elaboram um embuchado com especiarias e um prato do tipo holandês realizado com cortiças de porco fritas. Entre as sobremesas se prepara uma de origem escocesa com farinha de aveia, nata e açúcar.

New Brunswick é conhecida pelas verduras cozidas ou ao vapor, geralmente acompanhadas de manteiga. Em todas as ilhas prepara-se uma especialidade, o pastel de rappie, com batatas assadas e porco salgado, assim como uma sobremesa a base de fruta cozida e acompanhado de creme.

A cozinha de Quebec caracteriza-se por ser uma cozinha não muito forte e que trabalha sobretudo com produtos da região como o porco, aves e caça. Também introduz verduras nas sopas, das que são as mais famosas as de cebola e couve.

O prato mais tradicional é o tourtierre, pastel de batata e carne de caça como a perdiz, veado e coelho (normalmente é preparado com carne de porco). O mais temperado que pode-se saborear em Quebec é um paté de porco temperado com especiarias.

Montreal é conhecido principalmente pelo maravilhoso frango, as carnes defumadas e o famoso sanduiche de boeuf fume, pão preto ou de centeio com pepinos, mostarda e vitela defumada. Não deve deixar de comer o presunto assado no espeto, temperado com xarope de arce, que pode-se degustar no Vieux Montreal, além de desfrutar de um ambiente autêntico.

Das sobremesas destaca-se a torta ao açúcar. Os amantes da comida temperada com especiarias podem desfrutar com a comida de Toronto. Pratos de panela, feijão, ervilhas, pão de milho e camarões e uma longa lista de delícias.

É muito popular nos Estados de Manitoba e Saskatchewam o arroz selvagem que se cultiva nas marismas. Costuma-se servir de acompanhamento os pratos de caça e de aves. Por outro lado, em Winnipeg distingue-se o frango com alho, de origem romena.

Calgary e seus arredores é um grande gosto para o paladar. Os restaurantes incluem estabelecimentos familiares com serviço rápido estilo norte-americano, comedores premiados pela sua qualidade, e comedores e restaurantes internacionais com uma variedade tentadora de cozinhas exóticas.

Não deixe de experimentar a famosa carne de vaca de Alberta. O desjejum com tortas cobertas com xarope de açúcar e toucinho crocante. Nesta zona abundam os restaurantes de diferentes nacionalidades devido à diversa população; pode-se eleger entre escandinavos, espanhóis, franceses, chineses, alemães, italianos, japoneses, vietnamitas, coreanos, mexicanos, gregos, tailandeses e latino-americanos, entre outros.

British Columbia caracteriza-se pelo salmão preparado de várias formas. Em Vitória pode-se degustar tanto pratos do estilo inglês como o roast beef, e pratos franceses. O maple syrup é, provavelmente, o mais famoso produto alimentício do Canadá.

Pelo interior do país são realizados festivais de maple syrup, e as crianças são levadas em excursão a estas verdadeiras florestas doces. Nesta época, o centro da vida das pessoas passa a ser o maple syrup, sendo a culinária por ele determinada.

Assim, podemos encontrar no Canadá desde panquecas com maple syrup até bolas de neve cobertas com maple syrup quente. Mas não é só de maple syrup que vive o Canadá. A sua culinária tem aspectos únicos, sendo o melhor arroz selvagem do mundo originário da região do Manitoba.

O mesmo se passa com o salmão, que é preparado sob muitas formas por todo o país. Dadas às dimensões do país, existe uma forte rivalidade entre o salmão que é pescado na costa leste e o que é pescado na costa oeste do Canadá.

Frutos secos e uma imensa variedade de cogumelos completam o leque de ingredientes da culinária canadense.

 

Refeições

Os Canadenses normalmente fazem três refeições por dia. De manhã o breakfast (café da manhã) que inclui cereal com leite, torradas com geleias de frutas, café em uma grande xícara que eles chamam de "mug", panquecas com mel ou similar e em algumas famílias fazem ovos fritos com bacon e um tipo de salsicha.

Mas a torrada com geleia e o cereal com leite são indispensáveis no café da manhã canadense. Ao meio dia é a hora do lunch (almoço). O Almoço canadense geralmente é muito prático e rápido. Os trabalhadores canadenses na sua maioria, não tem hora de almoço de uma hora por exemplo, como temos no Brasil.

Por isso, o almoço deles é realmente um lanche. Basicamente uma sopa (compra-se sopa pronta enlatada que é só esquentar) em um sanduiche. O Dinner ou supper (jantar) geralmente é servido cinco horas da tarde.

No Jantar se faz uma refeição completa que inclui carne, legumes e saladas. No Canada não se usa muito fazer arroz. O arroz é substituído pelo purê de batatas. A batata é base das refeições canadenses. Se faz de tudo com a batata.

O purê é o mais popular. Geralmente ele é servido com um molho que se chama Gravy. O gravy é composto de farinha de trigo frita com suco de carne. O frango é também bastante servido, pois o Canada é um grande produtor de aves.

Os canadenses gostam muito também de cenouras (come-las cruas) e pickles. Uma espécie de pepino curtido no vinagre. Existe uma vasta rede de fast food no Canada. Todos os nomes famosos de fast food você encontra no Canada.

Os hambúrgueres e batatas fritas (chamada de french-fries) são muito populares. A comida mexicana é bastante popular também. No supermercados você encontra qualquer ingrediente para fazer qualquer tipo de comida.

Existe uma seleção muito grande de ingredientes e frutas para se preparar desde um churrasco gaúcho até uma exótica comida indiana. A maioria dos produtos são importados. Como o Canada não possui muitas terras férteis (clima tropical) para o cultivo de vários legumes e frutas, tudo vem de fora.

Algumas frutas, como o mamão e o abacaxi, são extremamente caros! Laranja também é bastante caro, por isso, compensa mais comprar sucos concentrados ou frutas enlatadas. Tudo que se for comprar, é melhor fazer uma pesquisa de preços antes.

Muitas vezes, os preços nos supermercados variam muito. Uma curiosidade, é incrível como os caixas dos supermercados são simpáticos, de bem com a vida. Eles sempre cumprimentam o cliente com um "hi" (oi) ou com "How are you today?" (Como você vai hoje?).

É difícil encontrar um caixa de supermercado de mau humor ou sem dar pelo menos um sorriso! Comer em restaurante não é muito barato no Canada. É como no Brasil. Existem restaurantes de todos os tipos espalhados pelo o país.

Os garçons são sempre muito simpáticos com os clientes e a gorjeta não é incluída na conta. O cliente dá a gorjeta de acordo como foi atendido. Geralmente as gorjetas em um restaurante comum fica em torno de $2 à $5 dólares.

As cozinhas das famílias canadenses, são equipadas na maioria com fogão elétrico de quatro "bocas". Existe o fogão a gás nas lojas para vender, mas não são muito populares. A maioria usam aparelhos domésticos de 110 Volts.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...