Seleção de Piadas de Caipira

Caipira são os mestiços de branco e índia, moradores da roça. É uma palavra de origem tupi usada desde os tempos coloniais brasileiros, no século XVIII. Minas Gerais é famosa por ter a maioria desses indivíduos morando lá.

E, como todo grupo de pessoas, os caipiras são muitas vezes vítima de preconceitos, mas para não levarmos para o lado ruim da história, vamos nos divertir um pouco com uma seleção de piadas.

 

Visitando a cidade grande

O caipira andando pela cidade grande, entra em uma estação de metrô. Logo ele viu um chegando e colocou o braço na frente do metrô e gritou:

- Ohhhhhhhhh!

E de repente o Páhhh, o metrô arranca o braço do caipira e outros membros do corpo. Meses e meses em coma e depois de muito tempo ele sai as ruas de novo, todo assustado e olhando para todo os cantos, desconfiado ele então vê em uma vitrine de uma loja infantil um trenzinho pequeno.

Ele arranca a arma da cintura e dá um monte tiros na vitrine. Nisso sai a dona da loja gritando:

- O senhor está louco. . . O que está fazendo. . .

Então ele responde:

- Tem que mata em quanto é pequeno, depois que cresce arrebenta a gente.

 

Não deu certo

Dois caipiras chegam na capital morrendo de fome e entram num restaurante chique. Não sabendo o que pedir, resolvem imitar o rico que estava na mesa ao lado. O rico da mesa pede uma entrada, os dois caipiras:

- Garçom, pra nóis também...

O  rico pede um prato lá todo especial, os dois caipiras:

- Garçom, pra nóis também...

O rico resolve repetir o prato, os dois caipiras:

- Garçom, pra nóis também...

Vai indo assim e os caipiras ainda tão morrendo de fome. O rico termina e diz ao garçom:

- Poderia arrumar-me um engraxate?

Os dois caipiras:

- Garçom, pra nóis também...

O rico ouvindo isto diz aos caipiras:

- Olhe, meus amigos, eu creio que um engraxate dá para nós três...

Os caipiras imediatamente:

- Não senhor!! O senhor come o seu que a gente come o nosso!!!

 

Número da sorte

O capiau, muito do pão-duro, recebe a visita de um amigo. A certa altura da conversa o amigo pergunta:

- Se você tivesse seis fazendas, você me dava uma?

- Claro, uai! - respondeu o mineiro.

- Se você tivesse seis automóveis, você me dava um?

- Claro que sim!

- E se você tivesse seis camisas, você me dava uma?

- Não!

- Porque não!

- Porque eu tenho seis camisas!

 

Difícil!

O sujeito chegou naquela cidade e ficou sabendo que o José queria vender um burrinho. Achando o bichinho muito simpático, ele perguntou:

- Qual é o nome dele?

- Num sei, não...

- Como não sabe? O bicho não é seu?

E o caipira:

- Só qui eu num sei qual é o nome dele... eu chamo ele de Zeca, sô.

 

Filme ou futebol

Um caipira foi visitar o compadre e tendo intimidade, entrou na casa sem bater. O compadre estava sentado num sofá assistindo televisão. O caipira então cumprimenta:

- Oi cumpadre, firme?

O compadre responde:

- Nada sô, futebor...

 

Rivalidade

O paulista em Minas, na hora do almoço se sentiu ofendido porque lhe serviram ao lado de outros pratos, abóbora cozida. Chamou o garçom e bateu forte:

- Ó mineiro, lá em São Paulo quem come isto aqui é porco.

E o mineirinho não pestanejou:

- Aqui também!

 

Isso que é amor

O mesmo cliente convida a moça a deixar essa vida:

- Let's get married! You love me and I love you!

- No, no, no! Cada um lava o seu!

 

Mais uma vez

O cliente (americano) convida a moça a repetir:

- 'Once more!'

E a moça responde:

- 'Uai, sô! Eu mor em Pyrcicaba!'

 

Que fora!

O mineirinho entra num boteco, e vê anunciando acima do balcão.

  • Pão de queijo…………......2,00
  • Sanduiche de galinha…..3,00
  • Punheta.........…………….10,00

Checando na carteira para não passar vergonha, ele vai até o balcão e chama uma das três garotas, que estão servindo bebidas nas mesas.

- Por favor.

- Sim? -pergunta ela com um sorriso lindo.

- Em que posso ajudar?

E ele pergunta:

- É ocê que toca as punhetas?

- Sou - responde a mulher com uma voz sexy.

O mineirinho então retruca:

- Então, ocê lava bem as mão, que eu quero um pão de queijo.

 

Amigo da onça

O amigo fala:

- Ó Zé sua muié tá te traindo com Arcides.

- Magina! Ela não me trai não. Cê tá enganado.

- Oia Zé toda vez que ocê sai prá trabaiá o Arcides vai pra sua casa.

Indignado com que o amigo diz, o Zé finge que sai de casa e se esconde dentro do guarda roupa. Passando umas horas, quem bate na porta? O Arcides. O Zé fica olhando pela porta do guarda roupa que está entreaberta e logo vê sua muiê levando o Arcides para dentro do quarto.

Então começa a sacanagem: tira blusa e os peito cai, tira a calcinha e a barriga cai. E lá de dentro do guarda-roupa o Zé põe as mãos no rosto e diz:

- Ai, meu Deus! Que vergonha do Arcides!!!

 

Esperteza mineira

Um mineirinho com sérios problemas financeiros vendeu uma mula para outro fazendeiro também mineiro por R$ 100,00, que concordou em receber a mula e no dia seguinte. Entretanto, no dia seguinte ele chegou e disse:

- Cumpadi, cê me discurpa mais a mula morreu.

- Morreu?

- Morreu.

- Intão me devorve o dinheiro.

- Ih... já gastei.

- Tudo?

- Tudin.

- Intão me traiz a mula.

- Morta?

- É, uai, ela num morreu?

- Morreu. Mais qui cê vai fazê com uma mula morta?

- Vou rifá?

- Rifá?

- É, uai!

- A mula morta? Quem vai querê?

- É só num falá qui ela morreu.

- Intão tá intão.

Um mês depois os dois se encontram e o fazendeiro que vendeu a mula pergunta:

- Ô Cumpadi, e a mula morta?

- Rifei. Vendi 500 biete a 2 real cada. Faturei 998 real.

- Eita! I ninguém recramô?

- Só o homi qui ganhô.

- E o que o cê feiz?

- Devorvi os R$ 2,00 real pra ele.

 

Fiscalização

Um fiscal do Ibama recebe uma denuncia e vai verificar. Dirige-se para a casa de um caipira. Chegando no local sem se identificar, vai logo travando um dialogo:

- Bom dia!

- Bom dia Fiscal!

- Como vai a luta?

- Difícil.

- Tem caçado muito?

- Tenho, a semana passada matei 20 periquitos.

- Vinte?

- Filho alcance as cabeças dos periquitos pro homem ver.

- E paca tem caçado muito?

- Só uma esta semana. Filho traz a cabeça da paca.

- E outros animais silvestres, tem caçado muito?

- Vários deles. Filho traz as cabeças dos outros bichos pro homem ver.

- Pensou, pensou e perguntou: Não tem passado por aqui nenhum fiscal do Ibama?

- Sim. Na semana passada. Filho traz a cabeça do fiscal para o homem ver.

- Até outro dia, obrigado pela atenção.

- Não tem de quê. Volte sempre.

 

Rapidinha

Como pia o pintinho em Piracicaba?

R: Pir... Pir... Pir...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...