Como pintar um móvel

Quando os móveis começam a envelhecer eles ficam com uma aparência feia, opaca. Pintar os móveis é uma maneira fácil de recupera-lo e ter aquela aparência bonita de novo. Você pode aplicar esmalte para esconder defeitos na superfície e obter brilho.

Não é necessário mandar o móvel para um lugar especializado para fazer essa tarefa. Aqui explicamos como deve ser feita a pintura, quais tipos de esmalte existem para você não errar na escolha, quais requisitos são necessários antes de iniciar a pintura e as técnicas de aplicação.

Antes de iniciar certifique-se que a superfície do móvel está limpa e lisa. Certifique-se também que os materiais que deseja utilizar sejam compatíveis com o acabamento atual da peça. Isto é muito importante com acabamentos laqueados. Uma das escolhas mais comuns para decorar um móvel é aplicar esmalte.

 

Pintura

Ao contrário dos acabamentos transparentes, o esmalte pode ser utilizado sobre um acabamento antigo de um móvel de madeira. É resistente, bonito e fácil de manter. Cobre muitas falhas - baixa qualidade ou madeira sem atrativos, manchas e peças feitas com tipos de madeiras diferentes podem ser recuperadas com uma demão de esmalte brilhante.

Utilizada sobre madeira sem acabamento ou sobre um acabamento antigo, o esmalte pode criar uma peça muito interessante.

 

Tipos de esmalte

Quando se trata de móveis, nunca deve-se confundir esmalte com tinta. Tinta consiste de pigmentos em um "veículo" ou meio de aplicação. Um bom esmalte é composto por pigmentos em um verniz, laca ou a base de óleo. Enquanto que o esmalte é tão resistente quanto um verniz, a tinta cria um acabamento suave e não é recomendada para utilização em móveis. O esmalte a base de óleo geralmente é superior ao látex.

O esmalte está disponível em cores com alto brilho, semibrilho e opaco ou fosco. Caso esteja repintando um móvel para realçar um quarto, talvez você queira um acabamento brilhante, porém os móveis com melhor acabamento possuem um acabamento acetinado e não de alto brilho. Compre o esmalte em cores padronizadas ou mande fazer a mistura na loja de tintas.

 

Requisitos especiais

As superfícies a serem pintadas devem ser seladas com goma laca diluída. Antes de aplicar o esmalte, deve-se passar um primer em todas as superfícies. O esmalte brilhante enfatiza irregularidades, então, para cobrir superfícies com este tipo de esmalte elas devem ser muito lisas. O esmalte não pode ser utilizado sobre cera.

A menos que um móvel tenha entalhes intrincados já obstruídos pelo acabamento antigo, não é necessário remover a tinta ou o acabamento antigo antes de aplicar o esmalte. Para preparar uma superfície acabada de um móvel para passar esmalte, lixe para remover quaisquer irregularidades ou marcas muito óbvias. A superfície deve estar lisa, porém não é necessário remover completamente o acabamento antigo.

Limpe cuidadosamente a madeira lixada com um pano que não solte fiapos e aplique uma demão seladora de goma laca diluída. Deixe secar completamente e lixe a peça suavemente com uma lixa 7/0. Remova os resíduos com um pano que não solte fiapos. Para preparar um móvel sem acabamento, lixe e sele a madeira com qualquer tipo de acabamento e limpe com um pano que não solte fiapos.

 

Técnicas de aplicação

O móvel de madeira a ser pintado com esmalte deverá estar lixado e revestido com um acabamento de preenchimento, para uniformizar os poros abertos, com um selador, para criar uma superfície lisa. As superfícies acabadas só devem ser lixadas e seladas. Antes de aplicar o esmalte, limpe cuidadosamente o móvel com um pano que não solte fiapos.

Antes de aplicar o esmalte, você deve passar um primer no móvel, estão disponíveis no mercado vários tipos de primer. Geralmente esse primer é branco, então, utilize-o nessa cor ou tinja-o caso não combine com o esmalte. O primer nunca deve ser mais escuro que o esmalte.

Aplique o primer com um pincel limpo de boa qualidade, certifique-se que o primer está bem misturado. Pincele o primer de maneira lisa e uniforme no sentido dos veios da madeira, cobrindo completamente a superfície. Alise cuidadosamente a superfície para uniformizar quaisquer pontos mais espessos. As marcas do pincel quase desaparecerão após a secagem do primer.

Deixe o primer secar por pelo menos três dias, de acordo com as instruções do fabricante, lixe suavemente as superfícies com uma lixa 7/0. Remova quaisquer resíduos do lixamento com um pano que não solte fiapos.

Quando a base estiver pronta, aplique o esmalte. Utilize um pincel limpo de boa qualidade, do tipo especificado pelo fabricante do esmalte - misture-o bem o esmalte, mas com calma. Aplique o esmalte com pinceladas longas, suaves e uniformes, no sentido dos veios da madeira em faixas da largura do pincel. Utilize esmalte suficiente para cobrir a superfície, mas não tanto que deixe pontos mais espessos.

Após aplicar uma demão uniforme de esmalte em faixas, aplique mais esmalte no sentido inverso dos veios da madeira para nivelar e uniformizar a superfície. O esmalte deve ficar o mais uniforme possível, sem pontos espessos ou finos, porém, uma camada fina é melhor que uma grossa. As camadas espessas de esmalte tendem a demorar muito para secar e a permanecer moles por um longo tempo.

Para finalizar a superfície, passe esmalte no sentido dos veios da madeira utilizando um pincel quase seco. Mantendo o pincel com um pequeno ângulo em relação à superfície, pincele a superfície do esmalte suavemente para remover marcas de pincel e uniformizar a superfície. Trabalhe faixas ao longo do veio da madeira. À medida que trabalha, retire o pó e fiapos com um instrumento adequado. As marcas de pincel desaparecerão à medida que o esmalte seca.

Em superfícies verticais, o esmalte pode correr ou escorrer. Trabalhe com um pincel quase seco, aplicando o esmalte das superfícies secas para as molhadas. Quando acabar cada superfície, inspecione cuidadosamente se o esmalte correu ou escorreu. Com o pincel inclinado, e movendo-o apenas encostando as cerdas na superfície, faça o acabamento.

Mantenha as pinceladas em movimento enquanto passa por uma parte escorrida e enquanto a ponta do pincel deixa a superfície. Mantendo o pincel em movimento antes, durante e depois você evitará marcas. Inspecione com cuidado o esmalte enquanto ele seca, que pode correr ou escorrer mesmo depois descansar por 10 a 15 minutos. Retire os escorridos imediatamente.

O esmalte deve se aplicado com cuidado para evitar pontos espessos. Nos cantos externos, trabalhe da superfície plana em direção aos cantos, levante o pincel à medida que se aproxima do canto e antes que ele passe pela borda. Isto impede o acúmulo de esmalte ao longo das bordas. Nos cantos internos, trabalhe a uns 2 a 4 cm do canto, então passe o pincel, retire qualquer excesso e deixe-o secar sozinho.

Este método evita o acúmulo em superfícies planas. Os locais que tendem a acumular esmalte, como pequenos furos, só devem ser recobertos uma vez com esmalte e o excesso só deve ser retirado uma vez com o pincel. Retirar o excesso muitas vezes acabará formando uma protuberância.

Pincele no sentido do comprimento ao longo de degraus, eixos e outras curvas. Aplique antes o esmalte nos entalhes com um pincel quase seco e, então, faça o acabamento das superfícies planas com a ponta do pincel. Finalmente, com um pincel seco, passe nos entalhes e então nas partes planas, nivelando o acabamento e removendo excessos e escorrimentos.

Em portas de painéis em relevo, faça o acabamento dos painéis primeiro e então faça a estrutura plana. O acabamento se acumulará nas esquadrias da estrutura onde se encontram com o painel, portanto, remova o excesso com um pincel seco, trabalhando do canto para fora.

 

Secagem e segunda demão

Deixe o esmalte secar por vários dias ou de acordo com as instruções do fabricante. Então lixe suavemente a superfície com uma lixa 7/0 e um bloco de lixamento forrado e limpe o móvel cuidadosamente com um pano que não solte fiapos. Aplique uma segunda demão de esmalte, como descrito acima, e deixe secar completamente.

O esmalte pode ser acabado de várias maneiras. Para uma superfície resistente e brilhante, aplique uma terceira demão de esmalte, como descrito acima e lixe a segunda demão suavemente antes de aplicar mais esmalte. Ou deixe o móvel secar por pelo menos um mês e então aplique uma camada de cera em pasta e faça o polimento para obter mais brilho.

O esmalte é uma base comum utilizada no envelhecimento de móveis. Verifique a próxima seção para diretrizes de quando e como aplicar um visual envelhecido ou colorido à sua peça.

Fonte: casa.hsw.uol.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...